31 março, 2016

Sailor Burgers & Beers realiza segundo "Burger no Quintal"


No dia 02 de abril, sábado, o Sailor Burgers & Beers realiza o segundo encontro do evento Burger no Quintal, das 14h às 19h. O chef Felipe Bellim prepara em grill a céu aberto e visível aos frequentadores, durante a tarde, um novo burger.
Bellim apresenta nessa edição o Hereford (R$ 35): um burger com identidade, como esse bovino é conhecido, e experimentação, graças aos acompanhamentos propostos. A raça tem origem inglesa e foi desenvolvida nos pastos da Argentina e Uruguai, chegando depois ao sul do país. Sua carne é saborosa, tenra e sem exagero de gordura.

Os acompanhamentos garantem paladar marcante. O queijo é o brie. Acrescente shitake defumado, um chutney de laranja kinkan com cerveja La Trappe Witte e finalizando, farofinha de castanha de caju (foto abaixo).


Foto: Marília Jacobson

Quanto à harmonização com cervejas artesanais, estão indicadas a italiana Baladin Wayan (R$ 34), com 5.8% de teor alcoólico, e a holandesa La Trappe Witte (R$ 28), com teor alcoólico de 5.5%, pelo gerente e beer sommelier, Digão Cachate.

A experiência do burger Hereford será oferecida apenas no dia. Já os itens do cardápio estarão disponíveis, mas preparados na cozinha.  Um show acústico acontece durante o evento com o multinstrumentista Piero Vieira e seu set pop rock.

Serviço:
Burger no Quintal
Local: Sailor Burgers & Beers
Data: 02/04 (sábado) - 14h
Endereço: Rua Vupabussú, 309 – Pinheiros
Tel: 11 3031-1267
Horários:
De terça a quinta, do meio-dia às 15h e das 18h à 1h
Sexta, do meio-dia à 1h
Sábado, do meio-dia à 1h
Domingo, da 13h à 23h
Não abre às segundas

30 março, 2016

Cervejaria Blondine lança seu novo rótulo - Nelson Sauvin


A cervejaria Blondine, de Itupeva (SP), lança no próximo sábado o seu novo rótulo, a Blondine Nelson Sauvin, uma Red IPA com 6,5% de teor alcoólico, 61 IBUs (Unidade de Amargor) e com receita assinada pelo cervejeiro Fernando Baggio. A cervejaria conseguiu uma importação exclusiva do raro lúpulo Nelson Sauvin, da Nova Zelândia e produziu um único lote dessa cerveja, que será vendido em chope e garrafas de 310 ml.

O lançamento oficial da Blondine Nelson Sauvin acontece no dia 2 de abril (sábado), no Empório Alto dos Pinheiros, a partir das 15h.
Confirme sua presença na página do evento.

Serviço:
Lançamento da Blondine Nelson Sauvin
Data: 02/04 (sábado) - 15h
Local: Empório Alto dos Pinheiros
Endereço: Rua Vupabuçu, 305 - Pinheiros
São Paulo - SP

Vídeo & Fotos: All Beers nos bastidores da cervejaria Bohemia


Na semana passada, o All Beers foi convidado para acompanhar de perto os bastidores da cervejaria Bohemia, na cidade de Petrópolis (RJ). Em nossa segunda visita na fábrica (veja a primeira aqui), fomos mais longe dessa vez, entramos em salas que não são abertas ao público, degustamos novos projetos e alterações de receitas e acompanhamos cada parte do processo que envolve uma grande cervejaria.

Pense em uma fábrica grande e muito bem estruturada, assim é a Bohemia. Cada detalhe é pensado e produzido nos mínimos detalhes, tanto na produção de cervejas como no design da cervejaria. Uma das primeiras frases que ouvi durante a visita foi de que a Bohemia pode também ser Craft!

Grandes maquinários, ótimos profissionais, insumos de qualidade e história. Todos esses elementos fazem parte de uma grande cervejaria, que agora quer compartilhar sua paixão pelo produto para seus consumidores e também aos apaixonados por cerveja artesanal. Se a Bohemia é craft ou será algum dia, só o tempo dirá, mas que algo grande está acontecendo em suas instalações, isso é fato!




Queremos entender exatamente essa nova filosofia da empresa, em ser craft e cuidar dos mínimos detalhes em tudo que envolve a Bohemia. Por isso começamos nossa visita e documentamos em fotos e vídeo esse passeio para você leitor do All Beers.

Anfitriões
Todo o passeio foi guiado por José Felipe (Wäls), um dos responsáveis pela nova filosofia da empresa, junto com Ricardo Amorim e também pela cervejeira Sybilla Geraldi.

Laboratório & Estrutura
Começamos exatamente nesse ponto, no laboratório de análises e entendendo o cuidado com a qualidade que cada produto e insumo deve ter dentro da cervejaria.
Visitamos também um enorme galpão utilizado para o armazenamento do malte e dos lúpulos. Em seguida passamos pelo setor de envase que na hora estava com a Bohemia Caã-Yari nas esteiras.

Entrada proibida
Em alguns setores como a sala dos tanques, a entrada é proibida para visitantes e restrita para alguns funcionários. Não tivemos autorização para filmar, mas segue um registro em foto.


Degustações
Tivemos a oportunidade de degustar em primeira mão algumas mudanças, principalmente nas receitas da Bohemia Jabutipa e da Caã-Yari.
A Jabutipa degustada direto do tanque estava muito mais aromática do que a versão anterior. O lúpulo usado continua sendo o mesmo (Cascade), mas segundo José Felipe, a quantidade do dry hopping está muito maior agora. O Amargor também está mais pronunciado.

José Felipe tirando do tanque a nova Bohemia Jabutipa

A Caã-Yari está menos adocicada que a primeira versão e com a erva-mate mais destacada. Segundo José Felipe, depois dessa versão que degustamos, ainda fizeram mais uma pequena alteração na receita.

A Bohemia 14 Weiss foi elaborada para o consumidor que quer tomar algo refrescante em um dia quente. Uma weiss com baixo teor alcoólico, praticamente uma Session Weiss, com corpo mais leve que uma típica cerveja de trigo alemã, boa drinkability! No aroma, uma típica weiss com aroma frutado (banana)!

Bohemia Aura Lager, uma vienna lager que já teve uma alteração na receita das que foram apresentadas durante o Festival Brasileiro da cerveja, em Blumenau. Coloração acobreada, translúcida, boa base de malte e com 8 dias de maturação. Extremamente fácil de tomar, boa vienna! Não farei um comparativo pois não experimentei a primeira versão. 


Bohemia 838 Pale Ale, foi uma receita que José Felipe buscou inspiração nas tradicionais receitas inglesas. Cobre no visual, translúcida, seca na boca e amargor presente que permanece no aftertaste. O lúpulo utilizado na receita foi o australiano, Ella.

Novo projeto para o Tasting Room
Está nos planos da Bohemia uma série de chopes servidos no Tasting Room da cervejaria, algo limitado e exclusivo (produção de dois barris por lançamento), algo similar ao que já acontece na cervejaria Wäls, em Belo Horizonte.
Experimentamos a primeira receita, elaborada pelas mulheres da cervejaria (Sybilla Geraldi e Pamella Malta), uma cerveja de trigo com gengibre e maracujá, muito refrescante e aromática!


Inclusive já existem os growlers da Bohemia para os visitantes que querem levar a cerveja para casa (foto abaixo).


Mulheres no comando
Como citamos acima, foi muito bom perceber que as mulheres estão presentes em todas as etapas importantes e de grande responsabilidade na cervejaria. Seja na produção, na segurança, nos laboratórios, em tudo!

Sybilla Geraldi (cervejeira) e Pamella Malta (controle de qualidade)

Restaurante e Cave Bohemia
O restaurante que fica dentro da cervejaria será totalmente reformado nos próximos meses, com instalações mais modernas e muito mais didático para o público entender melhor cada estilo, insumos e tudo que envolve a cerveja artesanal.
A Cave Bohemia foi aberta ao público recentemente e em breve faremos um post sobre ela. No local ficam os barris utilizados para envelhecer a Bohemia Reserva (veja aqui o lançamento da safra 2012) e também uma loja com souvenirs e produtos locais, inclusive cervejas artesanais de pequenos produtores.


Nosso passeio termina por aqui, veja o vídeo abaixo para ter uma melhor noção do que acontece nos bastidores de uma grande cervejaria que está de olho no mercado craft nacional e apostando todas suas fichas em um produto de melhor qualidade.

Nos bastidores da cervejaria Bohemia
from All Beers on Vimeo.

Able - Conheça o novo Sommelier virtual de cervejas


Que tal ter um sommelier de cervejas virtual full time à sua disposição? O Able é um aplicativo mobile criado para ampliar a experiência do consumidor de cervejas artesanais. Por meio de um sistema inteligente interativo de fácil navegação, a ferramenta sugere os rótulos perfeitos para o paladar de cada cervejeiro em um determinado momento.

Funciona da seguinte forma: o cliente baixa o aplicativo - disponível para os sistemas operacionais Android e iOS -, e no momento do cadastro responde a um questionário, que servirá de base para a definição das características dos estilos que melhor se enquadram ao seu paladar. Além disso, também são consideradas condições climáticas do local onde está sendo feita a análise. Com esses dados, o sistema consegue indicar os rótulos que mais se adequam ao consumidor.

Após a consulta, é possível comprar os rótulos sugeridos diretamente pelo aplicativo. Os produtos serão entregues gelados no endereço solicitado em alguns minutos. O cliente avalia no seu perfil Able as cervejas degustadas e estabelece uma pontuação de 1 a 5,  processo que  possibilitará ao sistema aperfeiçoar as futuras indicações. Os rótulos serão rotativos, para que sempre se tenha novidades, porém o consumidor que tiver preferência por um produto poderá indicar por meio do aplicativo para que ele permaneça sempre em sua lista de indicações.

Não vamos pela maioria e mesmo que tenhamos uma demanda pequena para algo podemos ter em nosso portfólio em quantidade necessária”, afirma Francisco Silva Neto, criador do aplicativo.


O Able contará ainda com a inteligência humana associada ao sistema virtual, utilizando informações apenas para otimizar, evitando mecanizar o processo.
A seleção das cervejas que estarão disponíveis em nosso portfólio, por exemplo, é feita por sommeliers de cervejas experientes que identificam os rótulos de acordo com o perfil dos consumidores”, ressalta Francisco.

Além disso, o Able garante sempre os melhores preços e rótulos.
Como não exageramos ao comprar perfis de produtos sem demanda, não precisamos liquidar o estoque com preços abusivos ao mercado. Isso tem um milhão de benefícios. O primeiro é que podemos trabalhar com maior eficiência e cobrar menos sempre. Outro, é mudar para a próxima super-sensação que você estava esperando mais rapidamente”, conclui o criador da ferramenta.

Instale o Able agora no seu celular!
Google Play
App Store


O aplicativo foi desenvolvido em Boston, nos Estados Unidos, na empresa United Beverages of America LLC. Mais informações sobre o sistema operacional do Able estão disponíveis no site: http://able.cool/sobre/

29 março, 2016

Degustação: Treze/De Molen Brazilian Wood


Degustação do rótulo colaborativo entre as cervejarias Treze (São Paulo) e De Molen (Holanda). A Brazilian Wood é uma Saison com caldo de cana, 7,5% de teor alcoólico e maturada com chips de madeira Cabreúva, que é utilizada pelos tradicionais alambiques mineiros e o Sassafrás, que é uma madeira potente mas que foi usada de forma moderada durante a produção.

O rótulo é lindo e merece um destaque especial! Criado pela designer Vanessa Carpanezzi, traz uma xilogravura entalhada em uma tábua de Sassafrás (a mesma usada na produção da cerveja).

Marrom no visual, creme bege de média formação e duração. Dois elementos ficam em grande destaque no aroma, a madeira e algo extremamente frutado, bem aromática!
No paladar, corpo médio, chocolate, toffee, frutas maduras, madeira e leve acidez, muito complexa! O final é adocicado, discreto aquecimento na garganta e cremosa na boca! Um grande saison com alma de cachaça! Parabéns!

Cervejarias promovem Anti-Reinheitsgebot no aniversário de 500 da lei


Em 23 de abril de 1516, o duque da Bavaria promulgou a Reinheitsgebot, ou Lei da Pureza Alemã, limitando os ingredientes da cerveja a malte de cevada, lúpulo e água, focada no controle tributário e comercial. Hoje, ela é colocada como referência de qualidade da cerveja, o que em nada tem a ver com o histórico e o texto da lei. Focado na liberdade criativa, o cervejeiro da Freigeist, Sebastian Sauer, convocou seus amigos de todo o mundo. A resposta brasileira foi a criação do Dia da Cerveja Impura.

No dia 23 de Abril, data em que a Lei de Pureza Alemã completa 500 anos a 2cabeças, Morada Cia Etílica, Maltes Catarinense e Freigeist Bierkultur proclamam o Dia da Cerveja Impura, anunciando diversos eventos espalhados pelo Brasil, incluindo o lançamento de uma cerveja (cerveja?) inédita. Batizada de Bizarro, a bebida fermentada não leva água, malte de cevada nem lúpulo.

"Sempre buscamos usar os ingredientes que imaginamos fazer a cerveja ficar melhor. Não faz sentido valorizar e se prender a uma diretriz que nunca se destinou a preservar a qualidade. O próprio Sebastian relata a dificuldade que é para o alemão aceitar estas inovações, o que é uma luta diária dele por lá", afirma Bernardo Couto, da 2cabeças.

Rótulo da Bizarro
A anti-cerveja da 2cabeças, Morada Cia Etílica, Maltes Catarinense e Freigeist Bierkultur

A Bizarro é uma anti-cerveja, desenvolvida para contestar os limites, com ingredientes como chimarão, água de coco e sidra de maçã no lugar da água. O malte de cevada foi totalmente substituído por malte de arroz e malte de aveia, especialmente desenvolvidos para este projeto pela Maltes Catarinense. O lúpulo não entra na receita, que conta com losna, semente de coentro, zimbro e erva mate torrada. Uma bela adição de mel para provocar e para finalizar, apenas leveduras selvagens: French Saison e Brettanomyces.

"O processo criativo para chegar a esta anti-cerveja foi muito divertido. Entendemos que era o momento de nos posicionarmos a favor da liberdade acima de tudo. Nos dias de hoje a cerveja está mais viva, jovem e ousada do que nunca. Precisamos contribuir para que ela continue evoluindo",  celebra André Junqueira, da Morada Cia Etílica.

A anti-cerveja será lançada no dia 23 de Abril, em diversos eventos pelo Brasil. Já estão confirmadas ações em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. Os eventos serão divulgados na página: https://www.facebook.com/diadacervejaimpura/

"Way Invasion" com 11 rótulos em chope na São Paulo Tap House


Nesta terça e quarta-feira, dias 29 e 30 de abril, a cervejaria paranaense Way Beer vai promover a primeira edição do Way Invasion São Paulo Tap House, na capital paulista. O evento, que será realizado no São Paulo Tap House, contará com uma degustação guiada de cervejas e com um bate-papo especial com o sócio-proprietário da Way Beer, Alejandro Winocur.

Terça-feira (29), a partir das 20h30
A Sommelière Paula Yunes, embaixadora da Way Beer em São Paulo, comanda a degustação guiada com 11 rótulos: Gose, Dry Hopping Berliner Weiss, Brett IPA, Sakipa, Wit, Double APA, IPA, Amburana, Sour Me Not, Red Ale, APA.
A inscrição custa R$ 85,00.

São Paulo Tap House (aka SPTH)

Quarta-feira (30), a partir das 20h30
Alejandro Winocur, sócio-proprietário da Way Beer, vai comandar um bate-papo sobre Sour Beers e Wild Ales. Além disso, será promovida uma harmonização especial dos chopes Gose, Berliner, Brett IPA e Sour Graviola respectivamente com uma salada mix, joelho de porco assado, frango a passarinho com molho especial e queijo com goiabada cascão.
A inscrição custa R$ 75,00.

Confirme sua presença na página do evento.

Serviço:
Way Invasion São Paulo Tap House
Datas:
Local: São Paulo Tap House
Endereço: Rua Girassol, 340 - Vila Madalena.
Os convites podem ser adquiridos no bar ou no site www.spth.com.br. Mais informações pelo e-mail saopaulotaphouse@gmail.com ou pelo telefone (11) 3530-6602.

28 março, 2016

Degustação: Tupiniquim Monjolo Imperial Porter Barrel Aged


Degustação de mais um rótulo da série barrel aged da cervejaria gaúcha Tupiniquim, dessa vez foi a Monjolo Imperial Porter BA.

A Monjolo é uma Imperial Porter que nessa série foi envelhecida em barris que anteriormente continham Whisky. Com 10,5% de teor alcoólico, visual bem escuro, creme bege de baixa formação e duração, quase ausente.
Muito complexa no aroma! Madeira, tostado, caramelo e frutas escuras! Praticamente uma aula prática de cerveja maturada, em cada momento você identifica algo novo!
No paladar, corpo alto, aquecimento na garganta e a complexidade do aroma se repete na boca! Madeira, café, frutas, caramelo e álcool muito bem inserido.

Definitivamente uma linda cerveja da Tupiniquim e que venham outros rótulos da série Barrel Aged!
Leia também a degustação da Saison Au Vin BA.

Freising Bier lança sua "Saison Citra" em São Paulo


A Freising Bier, de Itatiba (SP), é uma cervejaria formada por mulheres, com a mestre cervejeira Gláucia Puccinelli, formada pela Universidade Técnica de Munique (Weihenstephan) assinando todas as receitas!
A história da cervejaria começou em 1994, quando Gláucia foi para Alemanha aprender todas as técnicas necessárias para transformar seu sonho em realidade.
Aos poucos foi nascendo a Freising Bier, que inclusive já conta com um brewpub, aberto desde 2008 (imagens abaixo). No local é possível degustar diversos rótulos da cervejaria, nos formatos chope e garrafa: Pilsen, Dunkel, Stout, Pale Ale, Royal Weiss, Australian Sparkling Ale, Belgian strong Ale, IPA Triple Hop, Rustic Golden Ale, ESB, British Golden Ale, Saison Citra e a Brut.

Para mais informações da cervejaria e brewpub, entre aqui.


Aos poucos a Freising vai conquistando o mercado nacional e hoje lança sua Saison Citra em garrafa, no Empório Alto dos Pinheiros.- confirme sua presença na página do evento.
A Freising Saison Citra é dourada, apresenta notas cítricas e tropicais, que remetem ao maracujá. Com 5,5% de teor alcoólico, 30 IBUs (Unidade de Amargor), final seco, leve acidez e com amargor moderado.

Serviço:
Lançamento da Freising Saison Citra (com quatro opções de chope da cervejaria nas torneiras).
Local: Empório Alto dos Pinheiros
Data: 28/03 (segunda-feira)
Horário: 19h
Endereço: Rua Vupabuçu, 305 - Pinheiros
São Paulo - SP

Cervejaria Júpiter lança seu novo rótulo - Bretta


A cervejaria Júpiter, de São Paulo (SP), apresenta essa semana sua primeira Saison, a Bretta. O estilo é oriundo das fazendas da Walônia, no sul da Bélgica, onde era feita nos meses frios e guardada para ser consumida nos meses quentes. A levedura utilizada foi a Brettanomyces Trois e apresenta suave acidez, aroma de frutas amarelas (maracujá e abacaxi) e toques rústicos - típicos da levedura selvagem.

Produzida com malte de cevada, malte de trigo e centeio, 100% lúpulo Amarillo, com 32 IBUs (Unidade de Amargor) e 6,2% de teor alcoólico.

"A Júpiter Bretta deve desenvolver mais características selvagens com o tempo pois a cerveja passou por um processo de refermentação na garrafa", comentou Victor Marinho, cervejeiro responsável pela receita.

O lançamento oficial acontece em duas datas, dia 28/03 (20h) no Empório Alto dos Pinheiros (Rua Vupabuçu, 305) e dia 29 de março (20h), na Choperia São Paulo (Rua dos Pinheiros, 315).

24 março, 2016

Degustação: Amazon Beer/Bodebrown/DeBora Cupulate Porter


A Páscoa está chegando e que tal uma ótima opção para harmonizar com seu chocolate?
Essa cerveja colaborativa foi feita pela Amazon Beer (Belém), Bodebrown e DeBora Bier (Curitiba). A Cupulate Porter é uma cerveja escura com adição do Cupulate da Amazônia, chocolate feito com a semente do Cupuaçu (Theobroma Grandiflorum) ao invés do tradicional Cacau (Theobroma Cacao).

Com 5,9% de teor alcoólico, creme bege de boa formação e duração. No aroma, uma pancada de chocolate, muito aromática! No paladar, corpo leve e chocolate bem destacado. Um amargor aparece no início do gole e se transforma em um leve adocicado. O aftertaste é puro chocolate, uma ótima porter nacional!

Urbana lança seu novo rótulo - Boo Grapefruit


A cervejaria Urbana, de São Paulo (SP), lança seu novo rótulo, a Boo Grapefruit. Uma variação da Boo original, uma American Wheat com 4,5% de teor alcoólico e 22 IBU (Unidade de Amargor).
Com adição de suco de grapefruit e uma infusão das cascas para dar mais aroma ao conjunto.

O lançamento acontece hoje no Empório Alto dos Pinheiros, confirme sua presença na página do evento.

Serviço:
Lançamento da Boo Grapefruit
Data: 24/03 (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Empório Alto dos Pinheiros
Endereço: Rua Vupabuçu, 305 - Pinheiros - São Paulo

Cervejaria Colorado: Nova fábrica, Chope Cauim 016 e Campanha "Orgulho de ser 016"


A cervejaria Colorado pisou no acelerador em 2016 e já apresenta algumas novidades e ações muito importantes! A primeira delas é a nova fábrica em Ribeirão Preto (SP) que deve ficar pronta ainda no primeiro semestre.

A segunda novidade é o chope Cauim 016, com dry hopping de lúpulos franceses, 4,2% de teor alcoólico, um pouco menor do que a Cauim tradicional. Para tomar esse chope você precisa se deslocar até Ribeirão Preto, pois a venda acontece apenas na cidade. Existem planos para que essa versão seja engarrafada, mas nada oficialmente divulgado.

A terceira novidade é o movimento contra o mosquito Aedes Aegypti. Iniciada pela Cervejaria Colorado neste sábado, a campanha pretende movimentar os quatro cantos da cidade de Ribeirão Preto. A ideia é convocar a população a se mobilizar contra a dengue e o zika vírus, limpando suas casas e convidando seus vizinhos a fazer o mesmo ao colocar uma garrafa virada em frente às portas das casas. Desta maneira um morador pressionará o outro e o movimento ganhará corpo, chegando no objetivo final que é o de acabar com os focos de dengue na cidade.

Tudo começou com um mutirão formado por funcionários da Colorado, habitantes de Ribeirão e autoridades locais, que visitaram mais de 15 ruas da cidade convidando a população a virar qualquer objeto que pudesse acumular água: pneus, vasos, garrafas etc. Logo depois todos marcaram sua atitude virando uma garrafa na porta de sua residência, convidando seus vizinhos.

Mais de 500 pessoas aderiram imediatamente a ação e viraram tudo! Agora é a vez das redes sociais se engajarem no tema com uma parruda campanha nas principais plataformas digitais. As microcervejarias da região, Lund, Walfänger, Princesinha, Weird Barrel e o evento Slow Brew Brasil, já aceitaram o convite e aumentaram o coro virando tudo no Instagram e Facebook.

E agora o All Beers também entra nessa campanha!


#Vireojogo #OrgulhoDeSer016

Nossa região tem um dos piores índices de avanço do mosquito aedes aegypti, não poderíamos ficar de fora dessa campanha” comenta Marcelo Carneiro, fundador da Cervejaria Colorado. “Não se trata de uma ação desta ou daquela marca, mas sim de um movimento de uma cidade contra uma epidemia” complementa Carneiro.


Após a grande adesão ao mutirão de sábado, a campanha parte para sua segunda fase: com vídeos sobre a ação, posts nas redes das cervejarias e “invasões” nas casas dos cervejeiros participantes e seus amigos.

Quer aderir o movimento e virar esse jogo? É simples:

1- Vire tudo que possa acumular água e acabe com os focos na sua casa, prédio e condomínio
2 - Coloque uma garrafa de ponta cabeça na porta de sua casa, mostrando a seus vizinhos que você já fez sua parte e os convidando a fazer o mesmo
3 - Convoque seus familiares e amigos, postando uma foto da garrafa em frente a sua porta e use as hashtags #Vireojogo #OrgulhoDeSer016 e os marque na foto.

23 março, 2016

Degustação: Mill Street Coffee Porter, Stock Ale e Lemon Tea Beer (Canadá)

Degustação de três rótulos canadenses da cervejaria Mill Street, que chega no Brasil via Cerveja Store.


Mill Street Stock Ale
Uma Golden Ale com 5% de teor alcoólico, amarela no visual, translúcida, creme claro de boa formação e duração. No aroma, algo floral e o malte ficam em destaque. Na boca, corpo leve, refrescante e boa drinkability. Um adocicado moderado aparece e fica no aftertaste.


Mill Street Lemon Tea Beer
Com 5% de teor alcoólico, dourada no visual, turva, creme claro de boa formação e duração. No aroma, o limão e algo herbal ficam em destaque. No paladar, corpo leve, cítrico, cremosa, refrescante, limão e ervas. Com leve aquecimento o limão fica bem destacado.


Mill Street Coffee Porter
Com 5,5% de teor alcoólico e adicão de café Balzac durante a produção. Escura no visual, creme bege de boa formação e duração. No aroma, café, tostado e chocolate.
No paladar, corpo leve, aveludada, tostada e o café está bem inserido e nítido! Algo frutado também foi perceptível, junto com o aftertaste de café! Boa Coffee Porter!

A volta da "Cantillon Brabantiae" em 2019!


Foi em 1991 que Jean-Pierre Van Roy lançou uma Gueuze especial (5% ABV) em homenagem ao rei belga Baudouin (7/09/1930 – 31/07/1993) - aka Duke of Brabant, que se chamava "Cantillon Brabantiae".
O blend dessa gueuze foi feito com três safras de lambics (1987, 1989 e 1990) e lançada no início da década de 90. Rapidamente se tornou uma relíquia devido ao único lote produzido e inclusive era possível encontrar algumas garrafas no Ebay para venda.

Maturada em barricas de Port Wine e refermentada em garrafas, um novo lote foi anunciado pela cervejaria belga Cantillon, que comprou 50 barris no final da temporada 2015/2016, que já foram devidamente preenchidos.
Segundo a cervejaria, se tudo correr como esperado, após 2 anos de maturação nestes barris e 1 ano de fermentação secundária na garrafa, uma nova "Brabantiae" será lançada em 2019, 28 anos após o primeiro e único lote. Vamos aguardar!

A Cantillon é uma cervejaria cultuada mundialmente e chega no Brasil via WBeer. No site da importadora, existe um setor com dicas especiais de rótulos surpreendentes, feito pelo Beer Hunter, Diego Cartier. Recentemente dois rótulos da Cantillon foram indicados por ele, a Cantillon Vigneronne e a Cuvée St Gilloise. A procura por elas foi alta e o estoque acabou em 1 hora.

"O cuidado com que a Cantillon trata suas criações é inspirador. No mundo das lambics, eles são a cervejaria mais fiel e tradicional dessa família de cervejas selvagens, que são produzidas por fermentação espontânea. É um dos estilos mais incomuns do mundo por ter características marcantes que despertam todos os sentidos e proporcionam experiências sensoriais marcantes e inesquecíveis.", comentou Diego.

Se vo nunca experimentou uma Cantillon, não perca tempo!


Cervejarias Barco e Saint Bier anunciam sociedade


Os gaúchos da Barco e os catarinenses da Saint Bier agora são sócios. Em meio a um momento em que diversas aquisições mundiais acontecem, surge uma sociedade dentre da cerveja artesanal brasileira.
Essa aliança foi anunciada oficialmente ontem e juntas, Barco e Saint Bier vão trabalhar no desenvolvimento, produção, marketing e logística para chegar ao consumidor de forma mais competitiva e profissional.

A Barco continua com sua gestão, com seu foco de trabalho e seu propósito na busca por cervejas e cervejeiros apaixonados, agora com o apoio e suporte da Saint Bier nas operações.

22 março, 2016

Cervejaria Nacional produz sazonal sem lúpulo com brassagem aberta ao público


No dia 18 de abril, as torneiras da Cervejaria Nacional vão receber a Magrela, uma receita que não leva lúpulo, sendo substituído por uma seleção de ervas, flores, folhas e raízes, como erva-doce, cravo, canela, pimenta-do-reino, coentro, louro, gengibre e noz-moscada, além de aveia, trigo, cevada crua, mel e açúcar mascavo. Toda essa mistura ajuda a preservar a cerveja, além de garantir muitos aromas e sabores, neutralizando o dulçor e perfumando a bebida.

Para entender melhor esse processo, clientes e apaixonados por cerveja poderão acompanhar a brassagem da sazonal no dia 3 de abril (domingo), a partir das 13h. Trata-se de uma oportunidade única de acompanhar de perto a produção, colocando a mão na massa e tirando dúvidas com o mestre cervejeiro da casa, Guilherme Hoffmann. Para participar é necessário fazer inscrição pelo telefone: 3034-4318.
Se hoje em dia parece estranho uma cerveja sem adição de lúpulo, durante o século 8 a utilização dessa mistura de ervas, chamada gruit, era muito comum em praticamente toda a Europa. Em determinadas regiões, os bispos possuíam o gruitrecht, direito de fornecer o gruit – um monopólio lucrativo e um segredo guardado a sete chaves. Com o tempo, o uso do lúpulo foi gradualmente adotado, por conta da dificuldade em estabelecer as proporções corretas dos ingredientes.

A Magrela tem 0 IBU, por conta da ausência do lúpulo, 6,5% de teor alcoólico e uma cor dourada intensa. Foram produzidos 500 litros, que poderão ser degustados na Cervejaria Nacional em pints de 320 ml (R$ 17) e 550 ml (R$ 25) até terminarem. Como já é tradição, na noite do lançamento, a colaborativa será servida em sistema double, com horário estendido, das 17h às 0h.

Brassagem aberta - 03 de abril
Lançamento da cerveja - 18 de abril


Serviço:
Cervejaria Nacional
Endereço: Av. Pedroso de Morais, 604, Pinheiros
Telefone: 11 4305-9368
Telefone para reservas: 11 3034-4318
Horário de funcionamento: segunda a quarta-feira, das 17h a 0h, quinta a sábado, das 12h a 0h e domingos, das 13h às 21h

21 março, 2016

Cerveja Avós anuncia sua produção comercial


A cerveja paulista Avós invade as geladeiras e torneiras, de bares e empórios, com lançamento duplo: uma India Pale Ale, batizada de Vó Maria, a Baixinha Porreta e uma Hoppy Lager que leva o nome de Vó Maria e o Seu Lado Zen. O evento que anuncia as novidades acontece no dia 23 de março, às 18h, no Empório Alto dos Pinheiros. Na data, o bar recebe o criador da marca, o publicitário e cervejeiro Junior Bottura, que apresenta a chegada de suas receitas a diversos pontos de venda espalhados pelo território paulistano, ambas em garrafas de 310 ml. Para garantir frescor, as cervejas são condicionadas em cadeia refrigerada completa, mantidas sob a mesma temperatura da fábrica até os distribuidores.

A Vó Maria, a Baixinha Porreta (preço sugerido entre R$21 e R$24,50), apresenta 7% de teor alcoólico e 65 IBUs que conferem amargor intenso e elegantemente equilibrado. No nariz ela traz aroma cítrico que remete a frutas amarelas como maracujá e manga.

Já a Hoppy Lager (preço sugerido entre R$17 e R$21), chamada de Vó Maria e o seu lado Zen, apresenta cor dourada e espuma branca, corpo baixo, com 4,9% de teor alcoólico e refrescante. Com amargor sutil garantido por seus 18 IBUs, elaborada com o mesmo dry hopping da Baixinha Porreta, técnica que adiciona os lúpulos durante a etapa fria do processo de produção e confere riqueza de aromas.

Com alma cigana, produzida na Cervejaria Dádiva, no interior de São Paulo, a Avós é fruto da paixão pela cerveja caseira e uma celebração ao vínculo que teve com suas avós e bisavós. Suas receitas de DNA caseiro foram adaptadas para produção, em escala comercial, pelo cervejeiro e consultor Victor Marinho.
O cuidado se estende também à identidade visual da marca, que estampa os rótulos de suas garrafas com ilustrações criadas à mão e executadas em preto e branco. As bem humoradas caricaturas da Vó Maria brincam com dois traços de sua personalidade: o temperamento forte, ela não leva desaforos para casa, e a serenidade - ela pratica ioga três vezes por semana. A arte harmoniza as duas versões de Maria, com porrete na mão e em posição de meditação, com o estilo de cada cerveja.

Confirme sua presença na página do evento.


Serviço:
Lançamento cerveja Avós
Dia 23 de março no EAP - Empório Alto dos Pinheiros – às 18h
Rua Vupubassu,305
Telefone: 3031-4328

18 março, 2016

"Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2015" apresenta o vencedor da melhor Irish Red Ale


Foi anunciado na semana passada, em cerimônia no Pavilhão Eisenbahn, em Blumenau, o ganhador do concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2015. Com apresentação de Juliano Mendes (foto abaixo), fundador da cervejaria, e com a presença de Alexandre Candido, gerente de marketing de cervejas especiais da Brasil Kirin, o público acompanhou a cerimônia que consagrou o carioca Leandro Marques como o campeão deste ano.


O Concurso é promovido pela Eisenbahn e para 6ª edição foi escolhido o estilo Irish Red Ale. Leandro conquistou o prêmio após 8 meses de concurso e enfrentando mais de mil inscritos.
O concurso é uma iniciativa da Eisenbahn, cerveja especial produzida pela Brasil Kirin, que tem o objetivo de estimular e trazer novidades para o mercado, abrindo portas para produtores caseiros de todo o Brasil. Esse ano o desafio foi grande. Eleger a melhor cerveja estilo Irish Red Ale feita em casa não foi uma tarefa fácil para os jurados que encontraram um alto nível dos candidatos”, afirma Alexandre Candido, gerente de marketing de cervejas especiais da Brasil Kirin.

Ao longo das competições, foram escolhidas cinco receitas autênticas elaboradas na fábrica da marca, em Blumenau, proporcionando uma oportunidade única para os cervejeiros conseguirem espaço para suas criações com uma avaliação profissional feita com os melhores do mundo no assunto.


Quem quiser experimentar a cerveja Eisenbahn Irish Red Ale campeã do concurso terá a oportunidade em breve. A empresa produzirá uma edição limitada que estará disponível nos principais bares, pubs cervejeiros, empórios e casas noturnas selecionadas pela Brasil Kirin.

São Paulo Tap House promove brassagem aberta e lançamento da Freising Bier


A São Paulo Tap House, vitrine das cervejarias artesanais brasileiras, em parceria com a Prazeres da Casa – Brewshop, realiza neste domingo (20/03), às 12h, a segunda edição de sua Brassagem aberta. Durante toda a tarde o mestre cervejeiro Sergio Rossi mostrará o preparo de uma cerveja artesanal e estará à disposição dos curiosos clientes para explicar seu processo de produção e tirar dúvidas.

Será preparada no dia a "A lot of grains beer", uma Witbier que leva em sua receita a casca de laranja e a semente de coentro, além do centeio, aveia, cevada em flocos e trigo espelta (trigo vermelho). A iniciativa da cervejaria acontece bimestralmente.

A choperia apresenta também até o dia 20/03, a cervejaria Freising Bier com o lançamento Saison Citra. No domingo será possível aproveitar a promoção do chope em dobro, que oferecerá o "double" da Freising Pilsen e Freising Australian Sparkling Ale. E até o final de março a cerveja em garrafa (750 ml) estará à venda por R$ 36.

Serviço
São Paulo Tap House
Gratuito
Endereço: Rua Girassol, 340 – Vila Madalena
Telefone: 11 3530-6602
Horários: Terça-feira das 18h à 0h, Quarta a Sexta das 18h às 1h, Sábado das 12h à 1h e Domingo das 12h às 22h. Segunda fechado.
http://www.spth.com.br

Erdinger Alkoholfrei patrocina edição 2016 da competição "UB515 Brasil Ultra Triathlon"


A cerveja não alcoólica pode ser uma grande aliada dos atletas por conter inúmeras substâncias que fazem bem à saúde, como vitaminas, aminoácidos e minerais. Assim, é saudável que atletas de alto desempenho incluam a bebida em sua dieta, especialmente após treinos e competições. E por oferecer tais benefícios e já se destacar como patrocinadora de importantes eventos esportivos mundiais, a Erdinger (através da importadora Bier & Wein - sua representante oficial no Brasil), com a Erdinger Alkoholfrei - sua versão não alcoólica - será a patrocinadora oficial da etapa 2016 da competição UB515 Brasil Ultra Triathlon - Campeonato Sul Americano de Ultra Distância.

As provas ocorrerão nos dias 1, 2 e 3 de abril - entre Ubatuba e Rio de Janeiro - sendo que esta, que é 3ª edição do evento, passa a se chamar: “Erdinger Alkoholfrei UB515 Brasil Ultra Triathlon”, sendo a única prova de triathlon da América do Sul com a mesma distância do Ultraman. A prova no Brasil é disputada nos mesmos moldes do Mundial no Havaí, ou seja: no primeiro dia os atletas nadam 10 km e pedalam 145 km; no segundo, pedalam 276 km; e no terceiro, correm duas maratonas (2 x 42,195 km) totalizando 84,4 km de corrida.

A ideia do desafio em solo brasileiro partiu de Cory Foulk, americano que é uma lenda do Ultraman, Alexandre Ribeiro, que é o maior vencedor de todos os tempos da competição, com seis títulos no Havaí e Alexandre Luna, finalista do Ultraman de 2008.

"Ficamos sinceramente surpresos com o volume de candidaturas que recebemos para 2016 - o maior até agora nos três anos do UB515. Entretanto, muito mais importante que números é a nossa percepção que o evento cumpre seu objetivo maior que é o de usar o triathlon como um meio para potencializar, em todos os envolvidos no evento, os valores do autoconhecimento, da solidariedade, da humildade, da valorização da família e da amizade”, disse Alexandre Luna, diretor de prova.

Para o também diretor de prova Cory Foulk, que irá competir na prova brasileira pelo 3º ano seguido, o UB515 não é uma competição sobre tempo, distâncias ou equipamentos, é sobre pessoas.
"Como Diretor de Prova do UB515 eu acredito que é nossa obrigação atrair novas pessoas para o evento. Pessoas únicas que são como os fios que irão compor o lindo tecido que é a prova, sua experiência única, seu sonho. O Erdinger Alkoholfrei UB515 Brasil Ultra Triathlon é sobre ligar as pessoas à terra, à essência espiritual da qual todos nós viemos”, destaca.

Sobre a Erdinger Alkoholfrei

Esta cerveja apresenta as características sensoriais de uma cerveja de trigo alemã, sendo ainda isotônica e não alcoólica. Uma bebida ideal para atletas e para todos que buscam qualidade de vida.
Rica em vitaminas (especialmente B12 e B9), minerais, importantes amino-ácidos e apenas 25 Kcal a cada 100ml. Essa quantidade de calorias, inclusive, é menor do que a mesma quantidade de suco de maçã.

A Erdinger Alkoholfrei contém:


•   Potássio, Magnésio e Fósforo;
•   Vitaminas do Complexo B: B2, B3 e B6;
•   Ácido Fólico: 100 ug por 500 ml (1 lata), o que corresponde a 50% da dosagem diária recomendada;
•   Vitamina B12: 0.65 ug por 500 ml (1 lata), o que corresponde a 26% da dosagem diária recomendada;
•   Baixo teor calórico: 125 Kcal por 500ml (1 lata)
•   Oligo-elementos;
•   Todos os aminoácidos essenciais;
•   Polifenóis: 150 mg por 500ml (1 lata);
•   Carboidratos de fácil absorção;
•   Dextrinas de absorção lenta;
•   Fibras solúveis;
•   Sem gorduras e sem colesterol.


Conheça o cronograma e trajeto do UB515

Dia 1 - 1 de Abril (6ª-feira)
Largada: 06h00

Desafio: 10 km de natação na Praia do Iperoig em Ubatuba - SP + 145 km de ciclismo na BR-101/Rodovia Rio-Santos, entre as cidades de Ubatuba - SP e Paraty - RJ.

Dia 2 - 2 de Abril (sábado)
Largada: 06h00

Desafio: 276 km de ciclismo, com largada em Paraty - RJ, seguindo em direção ao Rio de Janeiropela BR-101/Rodovia Rio-Santos. Em Mangaratiba, entrada na RJ-149/Serra do Piloto, indo até a cidade de Rio Claro. Retorno em Rio Claro para Mangaratiba, retomando a BR-101/Rodovia Rio-Santos até a chegada na cidade de Itaguaí.

Dia 3 - 3 de abril (domingo)
Largada: 06h00

Desafio: corrida de 84,4 km na cidade do Rio de Janeiro, iniciando no bairro de Barra de Guaratiba e finalizando no bairro da Barra da Tijuca.

Como participar

Assim como no Havaí, para participar da prova não basta querer, tem que ser aceito pela organização. Este procedimento é o mesmo que acontece em outras provas de Ultraman realizadas pelo mundo, onde a preferência é dada aos atletas mais experientes em ultradistâncias.

Fizemos entrevistas individuais com todos os atletas e quando não foi possível de forma presencial, via Skype. O processo de avaliação das candidaturas é necessário, sobretudo, para a segurança dos participantes, além de analisarmos seus currículos esportivos”, revela Alexandre Ribeiro, Diretor de Prova.

Conheça o perfil completo de todos os 31 atletas que foram selecionados  e mais detalhes sobre a competição.

17 março, 2016

Delirium Café São Paulo apresenta: Noite Carioca


Na noite de sábado, dia 19 de março, o Delirium Café São Paulo em parceria com a Praia Distribuidora fará uma festa especial: a primeira edição da "Noites Cariocas", que promoverá a cultura cervejeira carioca em São Paulo.

A temática carioca estará presente em todos os aspectos. Comidas típicas, música regada a Tim Maia e Jorge Ben - com o DJ Fábio Rein - e muita cerveja artesanal do Rio de Janeiro.
Confira abaixo a relação de chopes exclusivos que estarão disponíveis no evento:

- Hija de Punta Lager - American Premium Lager
- Hocus Pocus Interstellar - American IPA
- 3 Cariocas Session Ipanema - Session IPA
- W*Kattz Saison - Saison
- Labirinto Trip - American Pale Ale

Além dos chopes, vários outros rótulos cariocas também estarão disponíveis em garrafas de 600ml, sem falar dos sorteios durante a noite.

Serviço:
Noite Carioca
Data: 19/03 (sábado)
Local: Delirium Café São Paulo
Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 589 - Pinheiros

“Paulistânia Desvairada” harmoniza os sons paulistanos na Sensorial Discos


A cerveja Paulistânia declara sua paixão pela cidade de São Paulo, saudando o movimento cultural, urbano e as múltiplas expressões artísticas. A conceitual Sensorial Discos, espaço que oferece extensa e diversificada oferta de programação musical para todos os públicos e gêneros, compartilha os mesmos ideais e recebe a segunda edição do projeto “Paulistânia Desvairada”, no próximo dia 18 de março (sexta-feira).

A cerveja Paulistânia é produzida pela Bier & Wein Importadora em três versões – Clara, Escura e Vermelha, e escolheu a Sensorial Discos como o espaço onde o drinkability cervejeiro brindará a música paulistana em todos seus tons alternativos.

A segunda edição do evento “Paulistânia Desvairada” destaca o lema de atuação da cerveja - “Um brinde a todas as cidades, da cidade de todos! ” e apresenta as bandas Guaiamum (folk) e The Lonesome Duo (folk, blues).

Serviço
Paulistânia Desvairada
Data: 18 de março de 2016 (sexta-feira)
Horário: das 20h00 às 00h30
Valor de Entrada: R$ 12,00
Censura: 18 anos
Capacidade: 95 pessoas
Local: Sensorial Discos
Endereço: Rua Augusta, 2389 (Jardins - São Paulo /SP)
Telefone: (11) 3333-1914

Bohemia apresenta seus três novos rótulos: 14 Weiss, 838 Pale Ale e Aura Lager


Lançados oficialmente na semana passada durante o Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC), a Bohemia divulga a imagem dos seus três novos rótulos: 14 Weiss, 838 Pale Ale e Aura Lager.

Homenageando os 173 anos de Petrópolis, a Bohemia resgatou elementos pouco conhecidos da cidade pelo público para criar as cervejas que vão contar fatos da cidade.

Inspirado no nascer do Sol, que todos os dias aparece entre as montanhas, a Bohemia Aura Lager faz alusão à aurora petropolitana.  Uma Vienna Lager, clássico estilo que tem a mesma essência acolhedora de Petrópolis. Possui notas de malte e suave aroma de lúpulo. Harmoniza com carnes e legumes grelhados, frango assado, comidas alemãs e queijos curados.

Poucos sabem, mas Petrópolis foi também casa de veraneio de Santos Dumont. Personalidade única, e um dos maiores inovadores do Brasil e do mundo, para homenageá-lo criamos a Bohemia 14 Weiss, cerveja de trigo, refrescante e leve como os voos do 14-Bis. Com aroma frutado, que lembra banana e cravo por conta da sua fermentação, seu paladar tem o equilíbrio perfeito entre o toque adocicado do malte e uma sutil citricidade. Harmoniza com massas, saladas, frutos do mar e banana caramelizada.

838 metros é a altura da cidade de Petrópolis em relação ao nível do mar e que inspirou a criação da Bohemia 838 Pale Ale.  A Bohemia apresenta uma cerveja de amargor presente com aromas intensos de lúpulo, passando por notas cítricas e frutadas até uma sutil nota de malte caramelo.  Harmoniza com comidas condimentadas e apimentadas, carnes grelhadas, frutos do mar e torta de limão como sobremesa.

Os lançamentos devem chegar em abril no Empório da Cerveja e depois nos pontos de venda em todo país.

16 março, 2016

Avelar Jr – Coluna 13: Santa Causa, Santa Cerveja


Jornais e sites de notícias publicaram, meses atrás, um litígio judicial entre moradores da pequena cidade de Marengo (próxima de Chicago) e freiras da Fraternidade de Notre Dame, uma ordem católica tradicionalista. O motivo da discórdia é o interesse das freiras em ampliar as suas instalações na cidade.

Desde 2005, as freiras operam, em um enorme terreno na zonal rural, um convento, um mosteiro e uma padaria, cujos produtos fazem sucesso nas feiras da região. Os problemas começaram quando elas decidiram, recentemente, construir uma cervejaria e uma vinícola, com espaço para loja e degustação. Os moradores da redondeza reclamaram alegando que o novo empreendimento vai tirar o sossego do lugar e que as freiras deveriam procurar uma área comercial. A discórdia foi parar nos tribunais. As freiras perderam em primeira instância, mas recorreram, alegando preconceito dos moradores. O fato de já existirem duas vinícolas na região é a justificativa delas.


O assunto sumiu dos noticiários locais, mas continua vivo nos tribunais e nos fóruns on line de cervejeiros. Mereceu, inclusive, uma pequena nota na revista Beer Advocate, no mês passado (foto acima). Sejam católicos, protestantes, judeus ou ateus, os cervejeiros tem apoiado em peso a causa das freiras. Afinal, não existe nada mais aglutinador do que uma boa cerveja. Não tenho dúvida de que os conflitos mundiais seriam muito fáceis de serem apaziguados se, ao invés do frio e impessoal plenário da ONU, fossem discutidos em uma mesa de bar.
Em defesa das freiras de Marengo temos as tradicionais abadias da Europa, cujas tripels, dubbles e quads são indissolúveis da história da cerveja. Até mesmo os monges trapistas americanos abriram sua cervejaria a pouco mais de dois anos, a Spencer Brewery (foto abaixo).


Quando começo a falar demais sobre cerveja, sempre me vem à cabeça uma frase do Louis Armstrong. Certa vez pediram para que ele definisse o que era jazz. A resposta foi simples e direta: "Man, if you have to ask what jazz is, you'll never know". (Cara, se você tem que perguntar o que é o jazz, você nunca saberá).

As freiras estão enganadas ao alegarem preconceito dos moradores locais. O grande problema dos seus vizinhos é que, provavelmente, eles não sabem o que é cerveja de verdade. Apresentar-lhes uma garrafa da Orval ou da Chimay Grande Réserve seria muito mais eficiente do que pilhas de processo.

Fonte: http://www.chicagotribune.com/news/ct-nuns-sue-over-convent-expansion-plan-met-20151221-story.html

Veja as demais colunas do Avelar Jr.

Semana St. Patrick's 2016: Cateto Pinheiros


No Cateto Pinheiros também vai rolar o St. Patrick's Day, que acontece no dia 17 de março (quinta-feira). O bar estará fechado para festa e com o ingresso você ganha 1 camiseta do 1° St. Patrick's Day no Cateto, 2 chopes (de 300 ml - cortesia) a sua escolha, show com Toro & Américo, mandando folk punk rock country!

Chopes - valor promocional de R$ 12,00

Dogma Touro Sentado
Dama/Tupiniquim Tupi
Landel Session Tripel
Dama Imperial Coffee IPA


Para comer, opções de pratos típicos irlandeses! Garanta seu ingresso aqui!
Confirme sua presença na página do evento.


Serviço:
St. Patrick's no Cateto Pinheiros
Endereço: Rua Francisco Leitão 272
Data: 17/03 (quinta-feira)
Horário: 18h
Entrada apenas para maiores de 18 anos

Cateto Pinheiros from All Beers on Vimeo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...