01 setembro, 2014

Degustação: Selva/Continente África


Degustação da cerveja África, sazonal e colaborativa das cervejarias gaúchas Selva e Continente. Uma Foreing Extra Stout, com 7% de teor alcoólico, 40 IBUs e adição de sorgo (ingrediente tradicional do continente africano).

No visual, uma cerveja escura, bonita, com creme bege de média formação e duração, bem cremosa.
No aroma, frutas vermelhas e tostado. No paladar, corpo médio, tostado, toffee e frutado. 
Bem complexa! No aftertaste é possível sentir o equilíbrio do amargor e adocicado, bem interessante. Uma boa Foreing Extra Stout!

Cervejaria Belhaven (Escócia) chega no Brasil


A cervejaria escocesa Belhaven chega no Brasil com três rótulos, Twisted Thistle, Wee Heavy e Scottish Stout, via importadora Boxer do Brasil.

Belhaven Twisted Thistle é uma IPA com 5,3% de teor alcoólico, com os lúpulos Challenger e Cascade. 
Como curiosidade, o nome vem de uma planta espinhosa (thistle) originária das regiões montanhosas da Escócia. Segundo uma lenda antiga do país, durante uma noite, vikings foram impedidos de saquear a Escócia devido aos espinhos da planta que machucavam suas pernas desprotegidas, permitindo assim que o exército escocês se reagrupasse e repelisse os escandinavos. 

Belhaven Wee Heavy é uma strong scotch ale com 6,5% de teor alcoólico. 

Belhaven Scottish Stout é uma cerveja produzida com um blend triplo de maltes, com 7% de teor alcoólico. Lúpulos Challenger foram utilizados na receita.

Conheça um pouco da cervejaria Belhaven:

IPA Day Brasil 2014: Veja como foi o evento, destaques e fotos


A expectativa para edição de 2014 do IPA Day Brasil era grande, devido ao sucesso da edição passada.
Com a estimativa de 2000 pessoas, 37 IPAs e novo local, o evento no geral foi um sucesso. 


Destaques

O destaque da festa foi a estreia da Weird Barrel, a camiseta da nova cervejaria parecia uniforme no evento! Sobre as cervejas, fizeram bonito também, a Weird Barrel Pirate's Flip trouxe o gengibre como destaque em uma Session IPA de 3,8%. Boa, principalmente para o calor do dia e para quem prefere algo menos alcoólico.
Para aqueles que gostam de álcool, a Weird Barrel Naughty Grog, uma Black IPA com rum estava bem potente, principalmente o aroma de torrado e café estavam destacados. Parabéns!

Entre as novidades (pelo menos para o estado de São Paulo), devo destacar a Noi Amara, de Niterói/RJ que estava bem aromática, com dry hopping forte de lúpulo Galaxy e apresentou o amargor necessário de uma imperial IPA, muito boa!


Boas opções e novidades que também foram degustadas: Suméria Olivia IPAlito, Opera Valquíria, Dama Fellas, Burgman IPA Hop, Tupiniquim Anunciação e Cuesta Indiana. Claro que outras grandes cervejarias estavam presentes e com chopes já consagrados em eventos como a BodeBrown, Way Beer, Seasons, Júpiter, Tormenta, Backer, Invicta, Colorado, Dortmund, Urbana, entre outras.


Mudanças para 2015

Algumas falhas aconteceram durante o evento e as filas foram as campeãs de reclamação. O novo espaço foi pequeno para a disposição dos stands, ficou muito complicado por exemplo chegar até o palco.



Anderson e Amanda do blog Maria Cevada


Marcelo - Cervejaria Suméria

Dama Bier presente no evento

área externa

Los Pollos Hermanos

André da Cervejaria Urbana e Victor Marinho

Burgman e Cervejaria Nacional

Foto do encerramento

No geral a Academia de Ideias Cervejeiras está de parabéns, o saldo final novamente foi super positivo, que venha o IPA Day Brasil 2015!

29 agosto, 2014

IPA Day Brasil 2014: Preparado para um sábado amargo?


Falta pouco para começar o IPA Day Brasil 2014, que acontece amanhã (sábado, 30 de agosto)! Ingressos esgotados, 2.000 pessoas degustando mais de 6.000 litros das 37 melhores IPAs do Brasil!

Confira a lista completa: 

- Backer 3 lobos Pele Vermelha
- Bodebrown Cacau IPA
- Bodebrown Montefort Rye IPA
- Bodebrown Perigosa
- Burgman IPA Hop
- Cervejaria Nacional Mula IPA
- Cevada Pura IPA
- Colorado Indica
- Colorado Vixnu
- Cuesta Indiana
- Dama Imperial Coffee IPA
- Dama IPA
- Dortmund Matanza IPA
- Dortmund The White IPA
- Invicta 1000 IBU
- Invicta 6 O´Clock
- Invicta Imperial IPA
- Jupiter IPA
- Landel Session IPA
- Maniba Black Metal IPA
- Noi Amara
- Opera Valquiria IPA
- Seasons Green Cow
- Suméria Olivia IPAlito
- Therezópolis Jade
- Tormenta Hoppy Day
- Tupiniquim Extra Fancy IPA
- Tupiniquim Polimango DIPA
- Tupiniquim Anunciação IPA
- Tupiniquim Lost in Translation IPA Brett
- Urbana A Piscadinha
- Urbana Refrescadô de Safadeza
- Urbana La Sorciere
- Way Brett IPA
- Way IPA
- Weird Barrel Naughty Grog
- Weird Barrel Pirate´s Flip


INFO
IPA Day Brasil 2014
Data: 30 de agosto - sábado
Início: 12h
Espaço Santo Antônio
Rua Monte Alegre, 100 - Ribeirão Preto/SP

28 agosto, 2014

Cervejaria Hornbeer (Dinamarca) chega no Brasil


Podemos afirmar que uma invasão dinamarquesa está chegando no Brasil, pelo menos de cervejas! 
A Hornbeer chega nos pontos de venda na segunda quinzena de setembro, via importadora Beer Concept.

As tarefas são bem divididas entre o casal responsável pela cervejaria, Jørgen Rasmussen faz a cerveja e sua esposa, Gunhild Rasmussen é artista plástica e faz os rótulos.

Com notas bem altas no site norte-americano Rate Beer, chegam 13 diferentes rótulos por aqui, veja quais são:



Hornbeer Happy Hoppy Viking - Double IPA | 9,2% ABV - Rate Beer 94
Hornbeer Fundamental Blackhorn - Imperial Stout | 11% ABV - Rate Beer 99
Hornbeer DryHop - Hopped Lager (Amarillo Single Hop) | 5% ABV - Rate Beer 91
Hornbeer Summer - Witbier | 4,6% ABV
Hornbeer Framboise - Fruit Beer | 5% ABV
Hornbeer Røgøl - Smoked Ale | 5,7% ABV



Hornbeer Viking Chili Stout - Imperial Stout | 10% ABV - Rate Beer 98
Hornbeer Barley Wine - 10% ABV - Rate Beer 91
Hornbeer Caribbean RumStout - Imperial Stout | 11% ABV - Rate Beer 99
Hornbeer Grisk - IPA | 6,4% ABV - Rate Beer 95
Hornbeer Oak Aged Cranberry Bastard - Fruit Beer | 8,2% 
Hornbeer HopHorn - Black IPA | 9,3 ABV - Rate Beer 98
Hornbeer Black Magic Woman - Imperial Stout | 10% ABV - Rate Beer 99

Conheça um pouco da Hornbeer:

Divulgada a arte da Stillwater Clássica Tropical, produzida no Brasil


Brian Strumke, da cervejaria norte-americana Stillwater esteve recentemente no Brasil produzindo suas cervejas na Tupiniquim, em Porto Alegre.
A arte do primeiro rótulo foi divulgada, a Stillwater Clássica Tropical, é a primeira cerveja produzida oficialmente no Brasil pela cervejaria.

Uma saison com 4,5% de teor alcoólico, com manga e Brettanomyces (leveduras selvagens). A Clássica Tropical será vendida apenas no Brasil pela Beer Legends.

27 agosto, 2014

Degustação: Limburgse Witte (Bélgica)


Degustação da Limburgse Witte (Bélgica), novo rótulo da importadora United Beers.

Uma witbier com 5% de teor alcoólico, coloração típica do estilo, palha, turva, creme claro e cremoso de boa formação e duração.
No aroma, o cítrico da laranja está bem destacado, coentro, muito aromática. 
No paladar, corpo leve, refrescante, adocicada no final do gole, frutada e ótima drinkability. No aftertaste, um leve adocicado permanece. 
Boa witbier! 

Cervejaria Invicta comemora 3 anos e lança Bavarian IPA com flor afrodisíaca


Para comemorar três anos de vida, a cervejaria Invicta (Ribeirão Preto/SP), lança a Invicta Damiana IPA, que utiliza uma flor também conhecida como Turnera Diffusa, nativa da América Central, México, América do Sul e Caribe, é famosa por suas propriedades afrodisíacas.

Rodrigo Silveira, mestre cervejeiro da Invicta disse que além dessa curiosidade, a flor apresenta características que lembram algumas ervas e chás como camomila por exemplo.

A receita foi desenvolvida apenas com lúpulos alemães e teve a colaboração da sommelier Amanda Reitenbach, que colaborou em todo o processo além de sugerir a criação de uma Bavarian IPA, que determinou na escolha dos lúpulos Perle e Hallertau além de Hallertau Mandarina e Hallertau Mittelfruh para Dry Hopping. 

O rótulo e comunicação foram criados por Bruno Couto e Yumi Shimada.
A cerveja deve chegar em setembro nos pontos de venda de todo país.

Cervejaria Amager (Dinamarca) chega no Brasil


A cervejaria dinamarquesa Amager Bryghus desembarca no Brasil nos próximos dias e deve chegar nos pontos de venda na segunda quinzena de setembro, via importadora Beer Concept.

Presença frequente na lista das melhores cervejarias do mundo, pelo site norte-americano Rate Beer, a Amager chega por aqui com diversos rótulos, 20 no total. São poucas caixas, algumas edições limitadas, seis rótulos da série "Sinner Series" e várias colaborativas com ótimas cervejarias.

Sinner Series (foto acima)

Amager The Sinner Series Envy - IPA | 6,5% ABV - Rate Beer 97
Amager The Sinner Series Gluttony - Double IPA | 9,4% ABV - Rate Beer 98
Amager The Sinner Series Lust - Belgian Strong Ale | 9,2% ABV - Rate Beer 81
Amager The Sinner Series Pride - Imperial Stout | 10% ABV - Rate Beer 98
Amager The Sinner Series Sloth - American Pale Ale | 6% ABV - Rate Beer 95
Amager The Sinner Series Wrath - Saison | 6,5% ABV - Rate Beer 80


(Foto: Tap House)

Colaborativas:

Amager/Surly Todd - The Axe Man - IPA | 6,5% ABV - Rate Beer 95
Amager/Prairie Tulsa Twister - Saison | 7,5% ABV - Rate Beer 94
Amager/Jester King Danish Metal - Imperial Stout | 10% ABV - Rate Beer 95
Amager/Grassroots Shadow Pictures - Double IPA | 8% ABV - Rate Beer 98



Amager/Three Floyds Arctic SunStone - American Pale Ale | 6% ABV - Rate Beer 98
Amager Kåååd - IPA | 6% ABV - Rate Beer: 98
Amager/Against The Grain The Great - Big Kentucky Sausage Fest - Imperial Brown Ale | 7,7% ABV - Rate Beer 92
Amager/Cigar City Xiquic And The Hero Twins - Imperial Stout | 9% ABV - Rate Beer: 98
Amager/Port Brewing Wookiee IPA - - IPA | 7,2% ABV - Rate Beer 98



Amager No Rice & Curry - Pale Lager | 5% ABV - Rate Beer 88
Amager/Hoppin’ Frog Frog Hops To Amager - Imperial Stout | 8% ABV - Rate Beer: 99



Amager Hr. Frederiksen - Imperial Stout | 10,5% ABV - Rate Beer: 100
Amager Summer Fusion - California Common | 3,5% ABV - Rate Beer 91
Amager The Days Of Barley And Roses (Niepoort Ed) - Barley Wine | 10% ABV - Rate Beer 97

Conheça um pouco mais sobre a Amager Bryghus:

26 agosto, 2014

Degustação: Brains SA Gold (Inglaterra)


Degustação da inglesa Brains SA Gold, versão lata e encontrada com exclusividade no Mr Beer.
No visual, translúcida, creme claro de média formação e duração.
No aroma, o adocicado do malte aparece em destaque. No paladar, corpo leve, refrescante, levemente adocicada que fica até o aftertaste.

Conhece a cerveja Malvadeza?



Se você mora ou conhece bem a cena cervejeira de Porto Alegre/RS, com certeza conhece a cerveja Malvadeza, certo?
Nascida em 2007, o Malvadeza Pub foi o primeiro brewpub do Rio Grande do Sul (primeiro bar do Estado a possuir cerveja de fabricação própria e de comercialização exclusiva no estabelecimento).

Hoje o brewpub oferece 5 estilos diferentes e desde o começo do ano terceirizaram uma parte da produção na cervejaria Heilige, em Santa Cruz do Sul/RS, engarrafaram as cervejas e nos próximos dias devem chegar em São Paulo. Todas as cervejas já são regularizadas no MAPA para venda.

A proposta segundo Diego Machado, um dos sócios proprietários do pub é a qualidade, por isso a produção e envio para outros estados será reduzida. Para São Paulo, um local certo que a Malvadeza deve chegar é o Empório Alto dos Pinheiros, previsão para final de agosto e início de setembro.


Os cinco estilos produzidos pela Malvadeza

Malvadeza Americana (APA)
Malvadeza Pale (Pale Ale)
Malvadeza Stark (Red Ale)
Malvadeza Ipafú (IPA)
Malvadeza Branca (WITBIER)

Para contato: cervejamalvadeza@gmail.com

Falando em Malvadeza Pub, recentemente eles fizeram uma cerveja para banda Rosa Tattooada, que já abriu show dos Guns n' Roses em São Paulo na década de 90. 
Nota do autor: "Devo confessar que estava lá e os dois shows foram muito bons!"

Veja o novo clipe da banda gravado dentro do pub:

Delirium Café São Paulo: Veja o vídeo das obras em andamento


Veja as primeiras imagens em vídeo das obras em andamento no Delirium Café São Paulo, que tem previsão de abertura para o final de setembro.

O Delirium Café São Paulo fica na rua Ferreira de Araújo, 589, no bairro de Pinheiros (próximo ao metrô Faria Lima, linha Amarela).

Veja as fotos da obra e alguns detalhes de como o bar vai funcionar.


All Beers visita o Delirium Café São Paulo (em obras) from All Beers on Vimeo.

25 agosto, 2014

Novidades no IPA Day Brasil 2014


Entramos na semana do IPA Day Brasil 2014, com ingressos esgotados, serão 37 IPAs diferentes divididas em 8 stands no dia do evento. 
Para engrossar a lista, uma novidade de última hora, a estreia da nova cervejaria Weird Barrel, de Ribeirão Preto/SP, com duas IPAs:

Weird Barrel Pirate´s Flip (Flip era o nome de uma bebida pirata que continha, entre outros ingredientes, o gengibre)

Estilo: Session IPA com gengibre
Álcool: 3,8%
IBU: 45
Lúpulos: Galena e Cascade

Weird Barrel Naughty Grog (Grog era uma bebida a base de rum criada pelo Almirante Edward Vernon, o famoso Old Grog. Naughty, que em inglês significa desobediente, maldoso e mal criado)
Estilo: Black IPA envelhecida em barril de Rum
Álcool: 7,8%
IBU: 45
Lúpulos: Galena e Amarillo e dry hopping com Amarillo.

Se você quiser levar cerveja para casa, o Mr Beer estará com uma loja oficial dentro do evento.


Veja a lista completa de IPAs do evento:

- Backer 3 lobos Pele Vermelha
- Bodebrown Cacau IPA
- Bodebrown Montefort Rye IPA
- Bodebrown Perigosa
- Burgman IPA Hop
- Cervejaria Nacional Mula. IPA
- Cevada Pura IPA
- Colorado Indica
- Colorado Vixnu
- Cuesta Indiana
- Dama Imperial Coffee IPA
- Dama IPA
- Dortmund Matanza IPA
- Dortmund The White IPA
- Invicta 1000 IBU
- Invicta 6 O´Clock
- Invicta Imperial IPA
- Jupiter IPA
- Landel Session IPA
- Maniba Black Metal IPA
- Noi Amara
- Opera Valquiria IPA
- Seasons Green Cow
- Suméria Olivia IPAlito
- Therezópolis Jade
- Tormenta Hoppy Day
- Tupiniquim Extra Fancy IPA
- Tupiniquim Polimango DIPA
- Tupiniquim Anunciacao IPA
- Tupiniquim Lost in Translation IPA Brett
- Urbana A Piscadinha
- Urbana Refrescadô de Safadeza
- Urbana La Sorciere
- Way Brett IPA
- Way IPA
- Weird Barrel Naughty Grog
- Weird Barrel Pirate´s Flip


All Beers no IPA Day Brasil 2013 from All Beers on Vimeo.

Avelar Jr - Coluna 06: Cervejas envelhecidas


Reunião de família é a mesma coisa, tem sempre um avô contando o mesmo caso três vezes, uma tia reclamando de joanete e um primo chato com as mesmas piadas sem graça. Reunião de cervejeiros também tem suas peculiaridades. Quem nunca ouviu a seguinte frase, um dia há de ouvir: "a melhor cerveja do mundo é aquela que se toma olhando a chaminé da cervejaria”. 

Não podemos esquecer que cerveja, futebol e política são os assuntos que todo mundo (acha que) entende, então frases como estas acabam se tornando uma unanimidade. O que me força a recordar mais uma vez o velho Nelson, que já  nos alertava da burrice da unanimidade.

A cerveja, no que concerne a grande maioria dos estilos, realmente deve ser consumida mais fresca possível. O tempo costuma afetar negativamente tanto o lúpulo quanto o malte, mas existem exceções e é sobre elas que eu gostaria de falar.

Alguns estilos se beneficiam com a maturação do produto final, se feita de maneira adequada, tornando-se uma cerveja bem diferente da original. Este ano Patrick Dawson lançou o livro Vintage Beer - a taster’s guide to brews that improve over time, para explicar este processo que, aparentemente, parece ser simples, mas que envolve alguns detalhes importantes. 
Abaixo estão algumas regras bem básicas sobre envelhecimento de cerveja:

1) A cerveja deve ser armazenada em um local com pouca claridade e a temperatura ideal é em torno de 15ºC.
2) O tempo mínimo deve ser de um ano e o máximo vai depender do estilo da cerveja.
3) Cervejas com carbonatação natural (bottle conditioned) envelhecem melhor
4) A graduação alcoólica da cerveja a ser maturada deve ser de pelo menos 8%. Mas existem algumas exceções, como as lambics, que envelhecem bem mesmo tendo uma graduação alcoólica menor.
5) As cervejas de trigo não são boas opções, os estilos com malte torrado envelhecem melhor.
6) O lúpulo, em geral, não se beneficia com o maturamento.
7) A cerveja deve ser mantida na posição vertical, ao contrario do vinho, para que os sedimentos fiquem no fundo da garrafa
8) Os melhores estilos de cerveja para maturação são, na ordem: English Barley Wine, Old Ale, American Barley Wine, Imperial Stout, Belgian Quads, Flanders Red, Brown Ale e Guezes.

Este é um assunto fascinante e cheio de detalhes importantes para quem quer formar a sua adega de cervejas artesanais.  Para se aprofundar no tema eu recomendo o livro do Dawson, que infelizmente não está disponível em português. (fica aí a dica para as editoras brasileiras). 

Nos Estados Unidos tem crescido o número de bares e lojas que oferecem cervejas envelhecidas. Esta é uma opção mais cômoda, mas que doe no bolso. O preço destas bebidas envelhecidas supera em muito os anos em que elas ficaram no estoque.



Sierra Nevada Big Foot
Muitas vezes, quando se escreve sobre cerveja, é necessário fazer grandes pesquisas teóricas, para entender todo o processo. Mas, não podemos esquecer a pesquisa empírica, que é essencial e é também a melhor parte.
Pouco tempo atrás fiz um pequeno experimento com a Bigfoot, da Sierra Nevada Brewery,  uma das maiores, melhores e mais tradicionais cervejarias americanas.

A Bigfoot é uma cerveja no estilo American Barley Wine, fabricada na Califórnia desde 1983. Sem querer me extender demais no vocabulário cervejês, a Bigfoot é bem robusta, com aroma e sabor do álcool bem evidente (com 9,6% ABV não poderia ser diferente), mas o que mais chama a atenção é o amargor cítrico dos lúpulos americanos. Poderia ser confundida com uma double IPA se não fosse pela grande presença de malte, que serve de suporte para esta cerveja. Um exemplo clássico do estilo.

Esta cerveja, mais maturada, tende a perder um pouco o amargor do lúpulo e o malte tende a sobressair. Seria como se ela perdesse um pouco da sua semelhança com a double IPA e se aproximasse mais de uma English Barley Wine, desenvolvendo um sabor mais licoroso e com a presença do álcool menos nítida. Ano passado, para completar 30 anos desta cerveja, a Sierra Nevada lançou uma versão ainda mais encorpada, envelhecida em barris de  whisky.

O tempo ideal de maturação da Bigfoot é de 4 a 5 anos. A versão que eu experimentei tinha apenas um ano e por isso todas características descritas não estavam ainda bem desenvolvidas. Eu senti uma leve perda no aroma e sabor do lúpulo, mas pouca diferença no malte que precisaria de mais tempo para incorporar um protagonismo maior nesta cerveja. 

O importante foi a lição aprendida. Eu ainda preciso desenvolver muito a maior qualidade e também o maior desafio para quem quer apreciar cervejas envelhecidas: a paciência. Manter  cervejas de qualidade em casa e resistir a tentação de abri-las não é fácil.

Cheers

22 agosto, 2014

Semana na Cerveja - 5 fatos que aconteceram nos últimos dias e você deveria saber


- Novidade em lote limitado da Brooklyn no Brasil, a Brooklyn Cuvée Noire, uma imperial stout com 10,6% de teor alcoólico chegou essa semana nos pontos de venda e deve acabar logo.
Nota 96 no Rate Beer, ela leva fermento belga, açúcar Demerara das Ilhas Maurício e fica maturando por seis meses em barris de carvalho. A cerveja é distribuída pela Beermaniacs no Brasil.

- A cervejaria Anhangava, de Curitiba/PR lançou seu novo rótulo, a Vevuí, uma american wheat com os lúpulos Citra e Amarillo.


- Nasceu essa semana uma nova cervejaria em Ribeirão Preto, a Weird Barrel Brewing. Os responsáveis são Rafael Moschetta e João Becker, criadores da Academia de Ideias Cervejeiras,  idealizadores do IPA Day Brasil e ambos tiveram longa experiência dentro da cervejaria Colorado. Alguma dúvida de que vem coisa boa por aí?

- A Mistura Clássica lançou seu novo rótulo em edição limitada, a Burn Baby Burn, uma Smoked Porter com 5,2% de teor alcoólico.

- Conheça o Cheers, novo canal de vídeo sobre cerveja feito por Júlia Bondan, Drei Filmes e Pub Garagem 23. Logo abaixo o episódio sobre cervejas ciganas:

Fim da parceria entre importadora Tarantino e Have a Nice Beer


Em novembro de 2013 a parceria entre importadora Tarantino e o Clube de Cervejas Have a Nice Beer foi anunciada e agora, agosto de 2014, ela chega oficialmente ao fim.

Alguns boatos já estavam circulando nos bastidores do meio cervejeiro e ontem, o All Beers conversou com Gilberto Tarantino por telefone sobre o fim da parceria, que segundo ele terminou de forma amigável.

Segundo Gilberto, foram diferentes pontos de vista e de projetos que levaram ao fim da parceria. 

Sobre as marcas da Tarantino, apenas a Faxe (Dinamarca) ficou com a Have a Nice Beer e Wine.com. As demais marcas como Brewdog, Mikkeller, Founders, Rogue, North Peak, Anderson Valley, Jolly Pumpkin, entre outras, continuam no portfólio da importadora.

A Tarantino continua suas operações e já anunciou oficialmente seu novo parceiro, a Interfood (Duvel, La Chouffe, Vedett, Youngs, Wells, entre outras marcas).

O estoque da Tarantino continua sendo vendido normalmente e os contâiners da nova parceria com a Interfood devem chegar já no final setembro, início de outubro. Segundo Gilberto, o primeiro será de Brewdog, seguido por Mikkeller, Rogue e Anderson Valley.

O All Beers conversou também com Rafael Borges, um dos sócios do Have a Nice Beer, que confirmou o rompimento amigável da parceria.
Rafael aproveitou para adiantar que o clube de cervejas vai investir em importações e que em breve teremos novidades.

21 agosto, 2014

Quer trabalhar nos bares da Brewdog no Reino Unido?

FOTO: Jassy Earl Photography/Brewdog Bar Glasgow

Algumas opções de trabalho foram divulgadas pela Brewdog em seus bares no Reino Unido. Cansou de procurar emprego por aqui? Vai passar um tempo na Europa? Quem sabe uma chance para você que sonha em trabalhar com cerveja e já está com viagem marcada!

Veja as fadas disponíveis:

General Manager, BrewDog Birmingham
General Manager, BottleDog Kings Cross
UnderDog Manager, BrewDog Shoreditch
Duty Manager, BrewDog Sheffield
Duty Manager, BrewDog Aberdeen
Kitchen Team, BrewDog Shoreditch
Kitchen Team, BrewDog Shepherd's Bush
Bar Staff, BrewDog Sheffield
Bar Staff, BrewDog Shepherd's Bush
Bar Staff, BrewDog Shoreditch
Bar Staff, DogTap
Trainee Assistant and General Managers, Nationwide

Para tentar uma dessas vagas, mande seu CV em inglês e uma carta pessoal para o e-mail:  barjobs@brewdog.com
Não esqueça de colocar no título a vaga de seu interesse e boa sorte!


BrewDog Bars - legenda em português from BrewDog São Paulo on Vimeo.

Degustação: Blue Moon (EUA)


Degustação da cerveja Blue Moon (EUA) que chegou na semana passada aqui no Brasil, via importadora/distribuidora Brasart.

No visual, turva, palha, creme claro de média formação e duração.
No aroma, cítrico, a laranja se destaca e também o mel. No paladar, a aveia adicionada na receita trouxe um corpo médio para cerveja. Boa drinkability, refrescante e levemente adocicada. Com um leve aquecimento, o cítrico da laranja começou a ficar mais intenso no final do gole. Boa cerveja.

Fica a sugestão de colocar uma rodela de laranja na cerveja,  indicação da cervejaria no rótulo.

Wäls/Anderson Valley Victorious Dubbel entra na fase de refermentação


A cerveja Victorious Dubbel feita pela Wäls em parceria com Fal Allen da Anderson Valley (EUA) e com as participações internacionais de Pete Slosberg (Wicked) e Sean Paxton (Brew Your Own/Beer Advocate) segue para fase de refermentação no dark room da cervejaria.

A cerveja leva ameixas em sua composição e será lançada em Setembro, com lote único. 
Wäls/Anderson Valley Victorious Dubbel é uma comemoração dos títulos alcançados pelas duas  cervejarias na categoria Dubbel, no World Beer Cup 2014 nos Estados Unidos. A Wäls ganhou ouro e a Anderson Valley o Bronze.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...