28 março, 2017

Debs Dezotti – Coluna 09: Beer Paring em Blumenau

Tive a oportunidade de participar de um Beer Paring em Blumenau, evento paralelo ao Festival Brasileiro da Cerveja, no dia 10/03.
...é um evento que aborda a harmonização de cerveja com comida de forma completa, desde combinações simples até algo mais elaborado e específico, explorando de maneira prática e teórica a versatilidade que a cerveja oferece em todas as suas conexões em termos gastronômicos. A missão do Beer Pairing é entregar ao seu público, por meio de diferentes formatos de evento, uma experiência especial e inesquecível em termos de harmonização de cerveja.” - palavras do pessoal do BeerParing.


Antes de falar sobre o jantar em si, gostaria de compartilhar algumas informações sobre harmonização que foram passadas no dia.
A primeira foi sobre corte, que é quando algum elemento da cerveja “quebra” algo presente no prato. As formas de corte são por Álcool, Amargor, Acidez e Carbonatação. Para ficar mais “palpável”, é quando, por exemplo, a carbonatação e amargor da cerveja “quebram” a gordura presente no prato.


As formas de interação estavam escritas no papel de mesa, com 4 tipos, que são:
- Semelhança, neste caso procure por sabores similares no alimento e na cerveja. Exemplo: Uma Stout, com notas de café, é combinada com uma sobremesa de café… (Hummm);
- Contraste, interação entre sabores contrastantes no alimento e na cerveja. Por exemplo: uma Tripel, adocicada, é combinada com queijo salgado como parmesão;
- Complementação. Uma Kriek combinada com um bolo de chocolate;
- Por último, mas não menos importante, a interação cultural. Quando uma combinação vinda de costumes de povos ou, até mesmo, da criatividade da sua família. Por exempolo: Em Portugal, comem bolinho de bacalhau enquanto tomam café. Então que tal uma Coffee Beer com pratos que levam bacalhau?


Com tudo isso dito, precisamos ficar atentos em alguns pontos! Não podemos deixar nenhum dos sabores cobrir totalmente o outro, o sabor não deve ficar desagradável (quando por exemplo peixes e frutos do mar dão um sabor metálico quando se encontram com o lúpulo) e precisamos lembrar que a textura também é relevante.

Bom, agora podemos começar!
Para praticar a harmonização dê um gole na cerveja, dê uma garfada na comida e dê outro gole em seguida. Teste os dois jeitos: Deixando a cerveja interagir com um pouco da comida na boca ou engolindo e depois bebendo o segundo gole.

Vamos ao jantar que foi conduzido pela Sommelière Inglesa Melissa Cole com pratos preparados pelo Chef Belga Fred de Maeyer.


Primeiro prato: Salmão mi-cuit, aspargo e molho bearnaise acompanhado da Bruxa 1, uma Belgian Blond, uma cerveja forte clara.


Segundo prato: Ovo poché, abobrinha tostada e creme de cogumelos com a cerveja X-bacon Rauchbock da Seasons. A ideia veio da presença de ovo no prato, que no café da manhã é muito comum vir acompanhado de bacon na Inglaterra.


Terceiro prato: Polvo com risoto de pesto de manjericão, com cítricos, presunto cru crocante acompanhada da Saison Celsons, também da Seasons.


Calma que ainda tem mais um prato e depois a sobremesa (Hummmm… =} )
Paleta de cordeiro, couve rasgada na manteiga de alho e especiarias com a cerveja Wee Heavy Wood Aged Series em dornas de amburana - cachaça weber haus - 2014 da BodeBrown, uma strong scotch ale.


E agora, a sobremesa! Mousse de caramelo com flor de sal, chantilly de mascarpone e speculoos, acompanhada de uma Coffee Beer - Hop Arábica da Morada.


O importante, e principal dica, é praticar! E para isso devemos fazer testes e entender cada elemento do prato e da cerveja e como eles interagem entre si, pode ser que um sabor seja ressaltado enquanto outro simplesmente suma! As “brincadeiras” são infinitas, assim como o gosto das pessoas. Então na próxima refeição, preste atenção no que irá comer e escolha uma cerveja bem diferente e aprecie (ou não hehe) o resultado...


Fotos: Leo Laps

Veja as demais colunas da Debs Dezotti.

Gerente de exportação da Chimay faz sua primeira visita ao país

Hélio Jr., João, Leonardo Gama da importadora Buena Beer e
Hugues Glatigny, gerente da Chimay.

Na semana passada, o gerente de exportação da cervejaria trapista Chimay, Hugues Glatigny, esteve no Brasil pela primeira vez para acompanhar o desenvolvimento da marca no país e ainda conhecer importantes pontos de venda. Hugues, que já trabalha com a Chimay na América do Norte, agora também será responsável pela América do Sul e já afirmou que volta ao país em novembro para conhecer outros centros importantes do país. Em sua primeira passagem, esteve no Rio de Janeiro junto com os representantes oficiais da marca no Brasil, a importadora Buena Beer.

A visita é fundamental para conhecer os desafios do mercado nacional e desenvolver em parceria, estratégias para o contínuo desenvolvimento de uma marca sinônimo de qualidade e tradição.” Comentou Leonardo Gama, gerente geral da importadora.


Nos três dias que ficou no país, eles visitaram importantes pontos como Delirium Café e Delirium Tap House (ambos bares referência de cervejas especiais e principalmente de cervejas belgas na cidade do Rio de Janeiro), L´Entrecote Paris, Deli Delícia, Pub Escondido, Birreria, entre outros.

A Chimay é a cerveja trapistas mais vendida e reconhecida do mundo, presente em mais de 50 países e no Brasil elas são exclusivas da importadora Buena Beer desde 2013.

27 março, 2017

Bar Câmara Fria tem novidade da Wäls com exclusividade


O Câmara Fria, speakeasy de cervejas artesanais da Companhia Tradicional de Comércio, é o único bar de São Paulo que recebe a novidade fresca e lupulada da mineira Wäls. No dia 28 de março, a casa engata em uma de suas torneiras o filho primogênito do novo projeto da cervejaria, que promete animar os hopheads com um lançamento diferente de India Pale Ale a cada 50 dias. Quem abre os trabalhos é a receita batizada de Fresh IPA, com cadeia refrigerada completa para garantir ainda mais riqueza no buquê de aromas e no sabor.

De visual âmbar claro, espuma branca e cremosa, a Fresh IPA entrega ao paladar amargor marcante, elegantemente equilibrado e notas que remetem a frutas amarelas cítricas e leve toque floral. Para garantir tal experiência, o pelotão de choque selecionado para compor o blend de lúpulos foram: Cascade, Amarillo, Citra, Mosaic e Galaxy. Com 6,7% de teor alcoólico e 12g de lúpulos por litro.
Enquanto durar o barril da Fresh IPA, o chope pode ser degustado em copos de 150 ml (R$7), 250 ml (R$10) ou Growler de 1,9 L (R$61).


Para acompanhar as boas opções de chopes artesanais e confortar os estômagos, pizzas com massa da Bráz em tamanho “brotinho” são assadas dentro do salão e chegam com  quatro diferentes coberturas – mussarela, calabresa, portuguesa e CF, a de assinatura da casa, que muda sazonalmente. Do irmão Original, sobe a Coxinha da Hora, servida, como o nome indica, a cada hora cheia. Queijos e embutidos, acompanhados de pão assado na hora, compõem tábuas especiais. Itens de salumeria como a delicadamente untuosa e levemente defumada Pancetta Italiana DOP fazem uma boa dobradinha com queijos de pequenos produtores como o Fernão, semiduro, intenso e picante, maturado por 12 meses.

Serviço
Rua Graúna, 137, Moema – São Paulo
Telefone 5093-9486
Funcionamento: de terça a quarta das 18h às 2h / quinta a sábado das 18h às 3h
https://instagram.com/camarafria

24 março, 2017

Stella Artois traz ao país ação que promove o acesso à agua potável e convida brasileiros a fazerem parte deste legado


Stella Artois e Water.org, co-fundada pelo ator Matt Damon e Gary White, convidam os consumidores a deixarem sua marca e fazer parte da geração que está contribuindo para mudar o cenário de falta de água potável. A campanha global Buy a Lady a Drink, que já beneficiou 14 países, chegou ao país no Dia Mundial da Água com o objetivo de impactar e engajar os brasileiros sobre a questão.

Para contribuir com a ação, Stella lança três cálices exclusivos e de edição limitada que terão as vendas integralmente revertidas à Water.org. Com o mote #1Cálice5anos, a iniciativa garante que, a cada item vendido no país, cinco anos de água serão fornecidos a comunidades mapeadas pela ONG, com implementação prevista para o segundo semestre de 2017.



Os cálices, inspirados na arte local do Brasil, Camboja e Uganda, apresentam arte exclusiva de artistas de cada região beneficiada. No Brasil, a cerveja convidou Fernando Chamarelli, artista autodidata, que mescla estilos e inspirações que resultam em grandes obras surrealistas.  Segundo o artista, seu cálice representa a importância do recurso hídrico nas regiões que serão impactadas pelo projeto.

Desde o lançamento da campanha Buy a Lady a Drink, há dois anos, Stella Artois ajudou mais de 800 mil pessoas a terem acesso a água tratada. Uma delas é a Elizabeth, uma jovem costureira, mãe de North Kapuonja, do Quênia. Por meio do programa comunitário capitaneado pela Water.org, o acesso à água limpa possibilitou a jovem a deixar de caminhar até seis horas por dia para coletar água para sua família. Em todo o mundo, as mulheres gastam um total de 200 milhões de horas coletando água diariamente. O apoio de Stella Artois contribui para o aumento da qualidade de vida dessas mulheres, permitindo-as a dedicarem o seu tempo aos seus sonhos, como o de Elizabeth, que voltou a costurar.

Eu tenho quatro filhas e é muito difícil imaginar elas terem que andar muitas horas todos os dias para pegar água, assim como milhares de mulheres fazem diariamente”, afirma Matt Damon, co-fundador da Water.Org. “Precisamos colocar um ponto final neste caminho. Com a parceria com Stella Artois, estamos convidando consumidores ao redor do mundo a nos ajudar com isso”, completa.

Matt Damon

Dados da water.org indicam que a cada 90 segundos uma criança perde a vida devido a uma doença relacionada à agua. Para ajudar a reverter este cenário, até 2020, Stella Artois tem como objetivo fornecer, em parceria com a ONG, água limpa a 3,5 milhões de pessoas. “A água é essencial para a nossa vida. E também parte fundamental do nosso legado de 600 anos de história e da Stella Artois que produzimos hoje. É um recurso compartilhado que acreditamos que precisa ser conservado e, principalmente, acessível a todos. Queremos convidar nossos consumidores a fazer parte dessa geração que marcará essa mudança e a deixarem o seu legado no mundo”, ressalta Daniel Feitoza, gerente de marketing de Stella Artois.

Para sensibilizar ainda mais pessoas a contribuírem para esta causa, Stella Artois lançou uma campanha digital na qual Matt Damon apresenta a história de Elizabeth, veja abaixo:



Os cálices poderão ser comprados em www.1calice5anos.com.br, pelo valor de R$19,90.
Acesse www.stellaartois.com.br/1calice5anos

Sobre Stella Artois
Stella Artois acumula tradição há mais de 600 anos, sendo que os primeiros relatos relacionados à história da Stella Artois datam de 1366, na cidade de Leuven, na Bélgica. Em 1926, a Cervejaria Artois decidiu desenvolver uma cerveja especial para celebrar o período natalino. Quando o produto ficou pronto, surpreendeu por sua extrema claridade e por este motivo foi chamada de Stella ("estrela" em latim). É a primeira cerveja belga do mundo e está presente em mais de 80 países.

Sobre o Water.org
Há 20 anos, a Water.org atua no desenvolvimento e soluções para a crise global da água. Fundada por Gary White e Matt Damon, a Water.org é pioneira em iniciativas voltadas para garantir que todas as pessoas tenham acesso à água potável e saneamento - dando esperança às mulheres, à saúde das crianças e às comunidades. Water.org transformou positivamente a vida de cerca de cinco milhões de pessoas em todo o mundo, garantindo uma vida melhor para as gerações futuras.
Saiba mais em water.org; www.watereuity.org; Facebook.com/water.

A viagem dos sonhos de muitos apaixonados por cerveja virará um livro


O esperado livro com as histórias do publicitário e especialista em cervejas Edson Carvalho, conhecido por Viajante Cervejeiro, que viajou pelo Brasil entre 2014 e 2016 conhecendo cervejarias e bares de cervejas artesanais precisa do seu apoio para ser produzido.
O livro que já tem nome, "De carona até o próximo bar", será produzido através de financiamento coletivo, pelo site Catarse, e já pode ser apoiado.


O conteúdo da obra será uma compilação das inúmeras histórias que o Edson vivenciou durante sua jornada, contadas em forma de crônicas e recheadas com fotos desses momentos.

A obra contará histórias de aventuras e de superação, como os três dias em que passou viajando pela BR319 no norte do país, na Amazônia, em época de chuva, sujo de barro e sem banho. Ou como a do dia em que pegou uma inusitada carona com um piloto de test drive pelas estradas da Bahia com o intuito de ir conhecer um bar em Porto Seguro. Você poderá ler relatos sobre as viagens de barco pelos rios do Norte do país e sobre o dia em que o Viajante Cervejeiro bebeu com jacarés no Pantanal. Tudo isso, para chegar ao seu destino e provar os mais variados tipos de cervejas artesanais do país.


Aventura, drama, paixões passageiras e intensas, histórias hilárias de ressacas (como não poderiam faltar) e muito mais.

Para apoiar e ajudar a conclusão desse projeto, acesse www.catarse.me/viajantecervejeiro, escolha a sua cota e colabore.

Sobre o Viajante Cervejeiro

O Viajante Cervejeiro é um blog (www.viajantecervejeiro.com.br) criado pelo Edson Carvalho, publicitário e especialista em cervejas.  O blog dá dicas de onde encontrar cervejas artesanais pelo Brasil e pelo mundo.

Dádiva comemora aniversário com festa aberta ao público na fábrica neste sábado


Folk, traditional jazz e dixieland da Família Bonagente, exposição da artista plástica pernambucana Anna Guerra, Flash Day de Tattoo, lançamento de coleção de t-shirts da Siamese e cardápios selecionados da Máfia do Brownie e Cateto Beber & Comer Artesanal são algumas das atrações do evento.
Para quem gosta de cerveja artesanal, a dica para este final de semana é participar da festa de aniversário da Dádiva, que acontece neste sábado (25/03), na fábrica da cervejaria em Várzea Paulista, aproximadamente 60 km da capital paulista.


A Dádiva estará comemorando seus três anos de muitas brassagens, desafios e inovações no segmento com um evento aberto ao público, no período das 11h às 18h, reunindo arte, gastronomia, compras e apreciadores da marca que hoje é destaque em estilo e conteúdo na cena cervejeira paulista.
Para a ocasião, a cervejaria apresentará em primeira mão sua edição comemorativa Dádiva 3 engatada em torneiras para consumo de chope no local e abastecimento de growler, ao lado de alguns de seus best sellers, como Dádiva Premium Lager, Dádiva Venice Beach e a colaborativa Pink Lemonade - parceria com a 2Cabeças, e os lançamentos de 2017: Dádiva Sourdade e Dádiva Carmel Beach.

Apostando em harmoniosas combinações gastronômicas, o evento contará com delícias da Máfia do Brownie e opções de cardápio variado do Cateto - Beber & Comer Artesanal, com tainha curada e finalizada na churrasqueira, legumes confitados sobre base de pão de fermentação natural, risoto de pato com queijo da Canastra, focaccia de polvo com chorizo espanhol, sanduiche de lombo de cordeiro defumado com chimichurri de hortelã e torta de abóbora com queijo, banana e mel.

Dentre as atrações da festa, ainda tem muito folk, country, blues, traditional jazz e dixieland da Família Bonagente, exposição da pernambucana Anna Guerra, colaboradora artística no rótulo da cerveja ELA e convidada especial da Dádiva para pintar uma tela comemorativa aos 3 anos da cervejaria, Flash Day de Tattoo e lançamento oficial da nova coleção de t-shirts da Siamese (conheça as novas estampas cervejeiras da marca).


A Cervejaria Dádiva fica localizada em Várzea paulista, entre as Serras do Cristal e do Japi. Para chegar ao local, o caminho mais fácil é digitar Cervejaria Dádiva no Waze. Para mais informações, ligue (11) 94316-1718 ou acesse @cervejariadadiva nas redes sociais.

Serviço
Evento 3 anos de Cervejaria Dádiva
Local: a Cervejaria Dádiva fica localizada em Várzea paulista, entre as Serras do Cristal e do Japi. Para chegar ao local, o caminho mais fácil é digitar Cervejaria Dádiva no Waze
Horário: das 11h às 18h
Entrada: evento aberto ao público, com entrada franca
Venda de chope: Dádiva 3, Dádiva Sourdade, Dádiva Premium Lager, Dádiva Carmel Beach, Dádiva Venice Beach e Pink Lemonade - R$10,00 / copo de R$ 300ml
Recarga de growler: de R$ 20,00 a R$ 25,00 / litro

Atrações:
Música ao vivo com Família Buonagente https://www.facebook.com/bonagente/?fref=ts
Exposição da artista plástica pernambucana Anna Guerra http://annaguerraartes.blogspot.com.br/?m=1
Lançamento da nova coleção Siamese T-Shirt https://www.facebook.com/siamese.tshirts/?fref=ts /
Flash Day de Tattoo com a The Siamese Tattoo Ateliê https://www.facebook.com/thesiamesetattoo/?fref=ts

Cardápio do Cateto - Beber & Comer Artesanal
: preço sob consulta no local
Tainha & Salada: Tainha curada finalizada no churrasqueira com queijo Crotin e ovas. Acompanha salada de rúcula, pepinos, rabanetes, alcaparra, alface romanesca temperados com azeite e páprica defumada
Tostata de Legumes: Tostada de legumes confitados na churrasqueira (tomates holandês, mini berinjela e mini abobrinha) e queijo mogiana. Servido no pão de fermentação natural
Risoto de Pato & Canastra: Risoto de lenha com pato, laranja e queijo canastra
Pulpo & Chorizo: Focaccia de polvo com chorizo espanhol e dill servido no pão de fermentação natural
Lamb Sandwich: Sanduba de copa de lombo de cordeiro defumada na churrasqueira, queijo feta  e chimichurri de hortelã no pão eggsponge
Pumpkim Pie: torta de abóbora defumada na churrasqueira com queijo, banana e mel
https://www.facebook.com/catetoartesanal/?fref=ts

Cardápio de sobremesas Máfia do Brownie: chocolates, doces e sorvetes com preço sob consulta no local
https://www.facebook.com/mafiadobrownie/?fref=ts

23 março, 2017

Câmara Fria festeja as cervejas premiadas da mineira Wäls


A cervejaria mineira Wäls voltou do evento cervejeiro mais esperado do ano, Festival Brasileiro da Cerveja, com a bagagem carregada de medalhas. Ao todo oito cervejas da marca, inscritas no concurso, receberam medalhas e para brindar a premiação, essa semana, o Câmara Fria, speakeasy de cervejas artesanais da Companhia Tradicional do Comércio, resolveu engatar alguns rótulos premiados da cervejaria mineira, incluindo a especial Dubbel Bourbon.
Veja a lista abaixo:


Para embalar a experiência e confortar os estômagos, pizzas com massa da Bráz em tamanho “brotinho” são assadas dentro do salão e chegam em quatro diferentes coberturas – mussarela, calabresa, portuguesa e CF, a de assinatura da casa, que muda sazonalmente.


Do irmão Original, sobe a Coxinha da Hora, servida, como o nome indica, a cada hora cheia. Queijos e embutidos, acompanhados de pão assado na hora, compõem tábuas especiais. Itens de salumeria como a delicadamente untuosa e levemente defumada Pancetta Italiana DOP fazem uma boa dobradinha com queijos de pequenos produtores como o Fernão, semiduro, intenso e picante, maturado por 12 meses.

ServiçoCâmara Fria
Rua Graúna, 137, Moema – São Paulo
Telefone 5093-9486
Funcionamento: de terça a quarta das 18h às 2h / quinta a sábado das 18h às 3h
Capacidade: 40 lugares
https://instagram.com/camarafria

Pistonhead Full Amber chega no Brasil


A importadora Get Trade acaba de trazer um novo lote para o Brasil da cerveja Pistonhead, feita pela cervejaria sueca Brutal Brewing, do grupo Spendrups. Em atividade desde 2011, a cervejaria  relativamente jovem tem como missão criar produtos inovadores, lançando agora seu terceiro rótulo, a Pistonhead Full Amber.

Se trata de uma Amber Lager, com 6% de teor alcoólico, IBU 35, maltes Dark Caramel, Crystal e Pilsner e os lúpulos Centennial, Magnum e dry hopping de Cascade e Citra. Apresenta sabor de malte bem definido, caramelo, amargor mais pronunciado, leve aroma cítrico e toffee, com um corpo leve e final seco.


Retornam também as cervejas Pistonhead Kuston Lager (lata 330ml - 4.6% ABV, 27 IBU, Pilsner Lager) e a Pistonhead Flat Tire (lata 330ml – 4.5% ABV 26 IBU, Hop Lager).


O lançamento será nesta quinta feira, dia 23/03 no EAP – Empório Alto dos Pinheiros. A cerveja também chega nessa semana em diversos pontos de venda em São Paulo e na próxima semana em outros estados brasileiros.

Avelar Jr – Coluna 17: Uma casa na árvore


Qual criança nunca sonhou com uma casa na árvore?

Nate Lanier, Damien Goudreau, Dean Rohan
e Jonathan Weisbach realizaram este sonho. Na verdade, um pouco tarde, mas a espera compensou. Os quatro amigos montaram a Tree House Brewing, uma cervejaria que produz algumas das mais cobiçadas cervejas nos Estados Unidos.
Tudo começou de maneira bem amadora. Um celeiro abandonado no quintal da casa de Nate foi a primeira sede da cervejaria dos quatro amigos. O sucesso se espalhou pela vizinhança, pelo estado de Massachusetts e pelo país.

Até 2013 a produção era de 500 barris por ano. Para o ano que vem a expectativa é de 30 mil barris, já na nova instalação, programada para começar a operar em julho deste ano.
A nova cervejaria vai manter o clima bucólico de fazenda e facilitar bastante a vida de quem quer experimentar a Julius IPA, a Doubleganger double IPA ou a Good Morning Imperial Stout.


Atualmente, conseguir uma destas cervejas não é das tarefas mais fáceis. As cervejas são vendidas somente na cervejaria, embaladas em latas de 16 oz (473 ml) ou em growlers, e a fila começa a se formar antes mesmo de abrirem as portas.
Gary Dzen, colunista do jornal Boston Globe, gosta de lembrar que fila é sempre um bom sinal quando estamos procurando alguma coisa para comer ou beber. A longa espera é inconveniente, mas geralmente compensa. Não é à toa que um lanche no McDonald’s é tão rápido.

Foi com este espírito otimista que eu viajei mais de 100 quilômetros para conhecer a Tree House Brewing. Sabia que iria esperar um tempo na fila, mas não me liguei de que deveria ter chegado mais cedo. Na minha vez a Doubleganger já tinha esgotado, mas pelo menos saí de lá com seis latas da Julius e duas latas da Sap IPA (limite máximo por pessoa).


Nate Lanier, mestre cervejeiro e um dos fundadores, não consegue suprir a demanda pelos seus produtos. Situação semelhante de algumas outras cervejarias da região da Nova Inglaterra, como a Hill Farmstead, The Alchemist, Lawson’s Finest Liquids, Bissel Brothers e Trillium Brewing. Todas elas famosas pelas cervejas lupuladas e com uma característica própria da região: as famosas New England IPA’s.
O estilo não é reconhecido pelas principais associações cervejeiras, mas já conquistou o público. Uma IPA de coloração opaca, nublada, muito aromática, acentuado sabor frutado e reduzido índice de amargor (principalmente se comparada com as tradicionais west coast IPA’s). Características que se encaixam perfeitamente na Julius IPA, a flagship da Tree House Brewing.

Ficou animado? Está afim de experimentar a Julius e outras excelentes cervejas? Recomendo um guarda-chuva. A fila é longa, demorada e a primavera na Nova Inglaterra costuma ser chuvosa.
Cheers ;-)

Leia as demais colunas do Avelar Jr.

22 março, 2017

Siamese: Novas estampas com o tema cerveja artesanal + cinema


Que tal ver personagens clássicos do cinema lançando seus próprios rótulos? A marca Siamese, que já é conhecida por suas artes inspiradas em filmes e séries, está lançando uma coleção toda com o tema "Cervejas Artesanais"!


Entre as camisetas que já compõe o catálogo e os lançamentos que chegaram essa semana à loja online, são 7 estampas com personagens promovendo suas Cervejas Especiais. A ideia veio do Diretor de Criação da marca Henrique West, que é amante da cerveja artesanal e aspirante a cervejeiro caseiro. A Siamese possui cerca de 100 estampas disponíveis em camisetas e posters no site, e o universo cervejeiro também é referência em algumas outras artes que você encontra por lá.


As estampas já estão disponíveis, mas o lançamento oficial não poderia rolar sem uma boa cerveja, e o evento escolhido foi a Festa de 3 Anos da Cervejaria Dádiva, onde os convidados poderão adquirir as peças com preço especial e ainda curtir as 6 torneiras engatadas na fábrica.

- Popeye The Sailor Man - Masc
- Indiana Jones IPA - Masc

- Wonka Chocolate Stout - Masc
- Elvira The Mistress - Masc

- Marilyn Monroe Hollywood - Masc
- General Zod Kryptonite IPA - Masc
- Death Star Imperial Stout - Masc | Fem

A Siamese informou que os modelos femininos estarão disponíveis em breve, com nova modelagem.

Ficou interessado, entre agora no site da Siamese e conheça todas as estampas!

Dama Bier apresenta suas novidades: Reserva N°7 e Maresia


A cervejaria Dama Bier, de Piracicaba (SP), lança duas novidades nos próximos dias, a Dama Reserva N°7 e a Dama Maresia. Conheça cada um dos rótulos:

-
Dama Reserva N°7 | Doppelbock Wood Aged Barrel | 10,5% ABV
Criada para comemorar o aniversário da cervejaria, a edição de 7 anos foi maturada em barris de carvalho e umburana que anteriormente repousaram outras bebidas e desta vez guardou uma cerveja do estilo Doppelbock durante 12 meses.
Após este período de amadurecimento, o Mestre-Cervejeiro junto do Bier Sommelier da Dama Bier montaram o blend de diferentes barris até chegar no néctar que resultou na Reserva N°7, que segundo a cervejaria, está transbordando complexidade. Com coloração marrom e reflexos avermelhados, apresenta no aroma notas de frutas passas, perfil maltado e tons amadeirados. No palato as mesmas frutas passas, sutil dulçor, notas amadeiradas e um curto aquecimento alcoólico.

Apesar da validade de um ano e dois meses, esta edição limitada é uma cerveja de guarda, que bem acondicionada, pode ficar ainda mais complexa ao longo dos meses ou anos.

- Dama Maresia | Session Sour com Cranberry e Hibiscos | 4,5% ABV
O aroma oferece notas herbais, sutil frutado, terroso e leve dulçor. Sabores herbais, hibisco, frutado (maça) e uma moderada acidez.
A ilustração ficou por conta da ilustradora Karina Carbonaro, sócia da Rubineto Brew Design. Ela traz em sua arte referências de músicas indie, o estilo boho, moda contemporânea e a paixão por cervejas únicas. Assim como o aroma da Maresia, sua intenção foi criar uma ilustração capaz de nos transportar a outro lugar, cheio de tranquilidade e boas energias.
Esta novidade trata-se de uma edição única, não será produzida novamente.

Priscilla Colares: Coluna 08: Juicy is the New Black


Double Dry Hopped Double India Pale Ale… tudo isso para descrever o novo lançamento da nanocervejaria Koala San Brew, a cervejaria mineira mais trend das terras do pão de queijo.

A cerveja se trata de uma Double IPA com 7.9% de ABV. O primeiro lote tem base de lúpulo de Columbus, Chinook e Citra. Bastante lupulada (cerca de 20g/L), essa cerveja possui características tropicais e de pinho verde. E claro, super turva como manda a moda!

A cerveja foi lançada no dia 18/3 na KSB em chope e em latas de 473ml, juntamente com copo exclusivo de cristal feito pela Cristal Blumenau. A ideia é fechar o verão com chave de ouro com mais um lançamento super aguardado pelo público “beer geek”!

O nome do rótulo homenageia as duplas sessões de cinema que aconteciam nos Estados Unidos na década de 30 e 40.
Depois do lançamento, a cerveja poderá ser encontrada nos pontos de venda da Koala em Beagá e para quem não está em Minas haverá lançamento em chope e lata no dia 24/3 no EAP - Empório Alto dos Pinheiros em São Paulo (R. Vupabussu, 305 - Pinheiros) e no dia 31/3 no Hocus Pocus DNA no Rio de Janeiro (R. Dezenove de Fevereiro, 186 - Botafogo).

Acompanhe as novidades da KSB no Facebook e Instagram!

Veja as demais colunas da Priscilla Colares.

21 março, 2017

Tudo que você precisa saber sobre o Slow Brew Brasil São Paulo


Chegou a hora de movimentar a capital paulista com as melhores cervejas artesanais de todo Brasil e também do exterior em um único local! Com essa mentalidade o festival cervejeiro itinerante mais conhecido do país, o Slow Brew Brasil, aterrisa em São Paulo no dia 18 de novembro, no espaço Pro Magno. Em 2016, o evento levou para a cidade de Campos do Jordão, na Serra da mantiqueira, cerca de 3.200 apaixonados por cerveja artesanal.

O primeiro lote acabou em menos de 24h e rapidamente o segundo já foi engatado com valores a partir de R$ 186,15 (sistema open bar). Para garantir seu ingresso entre no link:
https://www.slowbrewbrasil.com.br/festival/ingressos-categoria.html


Slow Brew Brasil 2016 from All Beers on Vimeo.

Serão 8 horas de festa com mais de 160 rótulos diferentes em sistema open bar. O cronograma de 2017 ainda apresenta algumas novidades, como um concurso para cervejeiros caseiros que terá sua premiação no mesmo dia da sessão de negócios, 17 de novembro e também o Beer Parade, o desfile cervejeiro que foi um sucesso em Campos do Jordão e agora promete ser ainda maior em São Paulo!


Incluso no valor do ingresso:
- Degustação livre de todos os rótulos on tap/chope (mais de 160 rótulos)
- Copo oficial (vidro)
- Beer Pocket, guia explicativo das cervejas ON TAP
- Atrações musicais (3 bandas de Rock e Blues)
- Água potável nos pontos de hidratação
- Revista Slow Brew Brasil 2017 (entregue pós-evento na sua residência)
*Atenção: A alimentação não está inclusa no valor do ingresso.

Sócio investidor tem desconto
Lembrando que o sócio investidor já tem o seu ingresso garantido, além de outras participações especiais como o ingresso para o festival em Ribeirão Preto, no dia 10 de Junho. Saiba como se tornar um sócio pelo e-mail investidor@slowbrew.com.br ou pelo telefone: 16 3011-7496

Sobre o local
Com estrutura moderna, o Centro de Eventos Pro Magno apresenta uma localização estratégica na cidade de  São Paulo. Localizado no bairro Casa Verde, Zona Norte de São Paulo, com uma área bruta de aproximadamente 18.000 m² (térreo: 6.150 m² | 1º Piso: 6.184 m²). Sem falar em ar-condicionado, banheiros, elevador panorâmico, estacionamento (Até 1.000 vagas e área coberta), praça de alimentação, rooftop, wi-fi e muito mais.


Serviço
Slow Brew Brasil 2017 – São Paulo
Local: Centro de Eventos Pro Magno (a 300m da marginal Tiete, sentido Casa Verde).
Endereço: Rua Samaritá, 230 - Casa Verde - São Paulo/SP
Data: 18/11/2017 (sábado)
Horário: 11h:30 Beer Parade: (Desfile das cervejarias participantes dando início a cerimônia de abertura oficial do festival).
Abertura dos portões:12h
Término: 20h
Site: www.slowbrewbrasil.com.br
Ingressos: https://www.slowbrewbrasil.com.br/festival/ingressos-categoria.html
#PartiuSampa #SlowBrewBrasil2017

Cervejaria Fürst abre Taproom com "Growler Station" em Belo Horizonte


A capital das cervejas artesanais ganhou mais uma parada cervejeira: o Fürst TapRoom. A casa abriu suas portas em março e promete ser o local ideal para se tomar os chopes da Fürst em BH,  inclusive, o Oktoberfest: chope premiado no Concurso Brasileiro da Cerveja em Blumenau.

A casa tem como sócios os empresários Paulo Furst, Geraldo Leite, Glaucia Furst, Pedro Furst, Cristiano Furst e Wesley Magalhães. "Já estava na hora da Furst ter um ponto próprio em BH. Nossa cerveja vem tendo um crescimento considerável e os clientes já nos pediam isso", afirma Paulo Furst, um dos sócios.

Quem assina o projeto do local é a arquiteta Camila Costa, que priorizou um ambiente aconchegante, que remete aos tradicionais pubs, porém, com um toque de modernidade. A decoração do local será feita principalmente com os rótulos das cervejas. O bar terá 3 Tv’s onde serão transmitidos os jogos de modalidades esportivas.


Já o cardápio é um capítulo a parte. Assinado pelos chefs Zito Cavalcante e Rodrigo Baeta que consideraram ingredientes e receitas mineiras servidas de diferentes formas. Os pratos tem personalidade e foram pensados para harmonizações com a carta de cervejas da Fürst. Uma curiosidade é que as linguiças e os queijos usados por exemplo são de fornecedores de Formiga, cidade onde está localizada a fábrica da cerveja. Os destaques do cardápio são para o pastel de torresmo com geleia de tangerina picante e pirulito de bacon.


No Fürst TapRoom tem toda a linha das cervejas Fürst em chope e garrafas. Ao todo serão 10 torneiras onde chopes de cervejarias convidadas também poderão ser encontrados.


O local possui uma Growler Station e uma Gift Shop, onde os clientes poderão encontrar peças e acessórios da cervejaria, além de poder abastecer seus growlers com os chopes da marca. Outra bebida que tem sido sucesso, o Hidromel, também fará parte do cardápio.

Tira Gostos e harmonizações:
Batata frita na farofa de parmesão (acompanha molho da casa).

Pastel de torresmo com queijo meia cura
(acompanha geleia de laranja picante). 
Harmonização: Lencastre, Sir Loxley, Magnus e Alawa.

Salsichão alemão, cozido ou frito, com salada de batata.
Harmonização: Lencastre, Oktoberfest , Sir Loxley e Catalina.

Iscas de frango empanadas no malte Fürst (acompanha molho da casa).
Fish and Chips (acompanha molho da casa). 
Harmonização: Lencastre, Catalina e Frei Galdi.

Chuleta com chimichurri e batata rústica (acompanha molho da casa).  Harmonização: Sir Loxley, Oktoberfest, Magnus e Wallis.

Magnus Burguer: Pão artesanal, blend de carnes especiais, bacon artesanal confitado (cozido no azeite e especiarias), queijo meia cura, molho da casa e alface (acompanha fritas).
Harmonização: Magnus, Sir Loxley, Alawa e Wallis.

Wallis Burguer: Pão artesanal, costela de porco desfiada, redução de balsâmico com rapadura, queijo meia cura, molho da casa e alface (acompanha fritas). Harmonização: Magnus, Sir Loxley, Oktoberfest e Wallis.

Hot Hund: Pão artesanal, salsicha Frankfurter, molho de tomate da casa e crispy de provolone.
Harmonização: Lencastre, Catalina, Oktoberfest e Sir Loxley (foto abaixo).


Linguiça artesanal: Cuiabana ou Picante, gratinada com provolone e chimichurri (acompanha cesta de pães).
Harmonização: Lencastre, Oktoberfest, Magnus, Alawa.

Linguiça artesanal de tilápia gratinada com molho da casa (acompanha cesta de pães).
Harmonização: Lencastre, Catalina, Frei Galdi e Oktoberfest.

Pirulito de bacon: Queijo canastra enrolado no bacon (acompanha molho de melaço de cana).

Mozzarela sticks: Muçarela empanada no malte (acompanha molho da casa).  Harmonização: Lencastre, Catalina, Frei Galdi.

Sobremesa: Brownie com sorvete de creme e ganache de chocolate com malte.
Harmonização: Wallis e Catalina.

Serviço:
Rua Bernardo Guimarães, 2612 - Santo Agostinho, Belo Horizonte - MG, 30140-082
Capacidade: 45 lugares.
Funcionamento: Terça a sábado, 17 até 23:45h.
Informações e reservas: 3335-7094
Aceita Cartões – Crédito e débito: Visa, Master, Elo e Amex.

Larissa Simon - Coluna 01: Dia de Cervejeiro – Cervejaria Distrito faz colaborativa com a Cervejaria Continente

Distrito Porto Cervejeiro é uma cervejaria-bar, localizada no coração do bairro São Geraldo, região também conhecida como Distrito Criativo de Porto Alegre. O bar dispõe de oito torneiras, algumas com chope fresquinho, produzido no local e outras torneiras com cervejarias convidadas. Ocorrem diversos eventos durante a semana, em destaque à Quinta Blues, que o próprio nome já diz, tem show de blues todas quintas-feiras regado a muito chope bom!


No dia 20/02, foi realizado o primeiro "Dia de Cervejeiro" no local, que tem como objetivo apresentar como é o dia de um cervejeiro, lidando com equipamentos profissionais e passando por todos os processos na produção de uma cerveja. Os tópicos abordados foram desde a montagem da receita, a moagem, toda a produção em si, resfriamento do mosto e transferência para o tanque fermentador, inoculação da levedura até a limpeza da cervejaria, além de uma fantástica troca de experiência com os facilitadores do evento, que foram:
O anfitrião Frederico Ottoni, Engenheiro de Produção e mestre em Engenharia Ambiental, fundador e cervejeiro do Distrito - Porto Cervejeiro. Produz cerveja em casa desde 2011, realizou o Curso de Produção Caseira Leonardo Botto em 2012 no Rio de Janeiro, o Curso Craft Brewing in Practice VLB-Berlin em 2014 na Alemanha e também o Curso Cervejaria de A a Z da Escola da Cerveja em 2015 em Porto Alegre.
E o convidado foi Leonardo Manoel Paredes, fundador e cervejeiro da Cervejaria Continente e do extinto Sobrado - Bolicho Cervejeiro. É Sommelier de Cervejas pelo Instituto da Cerveja Brasil (2013) e ficou entre os Top 10 no 1º Campeonato Brasileiro de Sommeliers de Cervejas (2014). Realizou cursos básicos e avançados de produção de cervejas, inclusive o Curso de Tecnologia Cervejeira Senai Vassouras/Escola da Cerveja/Seasons em 2014.


O estilo escolhido pelos dois cervejeiros para esse evento foi a Bière de Garde, cerveja originalmente produzida na região norte da França nas épocas mais frias e que ficavam maturando por meses a baixas temperaturas para serem consumidas durante as épocas mais quentes. Existem variações dentro do próprio estilo, que é definido pela carga e variedade de malte que são: blonde, ambrée (variação escolhida) ou brune. Este estilo é caracterizado pela notável presença de malte, com notas trazendo caramelo, toffee e leve tosta, podendo ter uma leve percepção alcoólica. Possui características de fermentação neutra e tende a um final seco.

Dados da Ceva da Adega (Bière de Garde – Cervejaria Distrito , colaborativa com Cervejaria Continente):
ABV: 6,8%
OG: 15°P
IBU: 20
EBC: 24


Durante a produção era possível tirar qualquer dúvida com a dupla, degustar 4 cervejas das cervejarias participantes e ainda se deliciar com as pizzas artesanais que são vendidas no local. Além de tudo isso, os participantes vão ter direito a um pint na inauguração do barril no bar!
Enfim, o dia foi de muita diversão e aprendizado em um ambiente especial para isso. Ainda bem que foi só o primeiro evento no local, e o Frederico já adiantou que teremos muitos pela frente, acrescentando de maneira prática e teórica para a comunidade cervejeira de Porto Alegre e região.
Cheers!


Para acompanharem os eventos Distrito – Porto Cervejeiro:
Facebook: /DistritoPortoCervejeiro
Instagram: @cervejasdistrito

Para acompanhar a Cervejaria Continente:
Facebook: /CervejariaContinente
Instagram: @continentecervejaria

Leia as demais colunas da Larissa Simon.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...