20 outubro, 2014

Degustação & Novidades da Wäls Hot Petroleum


O All Beers teve o privilégio de degustar o protótipo da Wäls Hot Petroleum em primeira mão. A versão que será lançada oficialmente tem um blend diferente de pimentas.

Sobre a cerveja:
A receita é muito parecida com a da Petroleum original, mas com um tempo menor de fermentação, deixando o teor alcoólico um pouco mais baixo (11% ABV). O dulçor no sabor conseguiu balancear perfeitamente com o blend de pimentas.

Quais pimentas foram usadas?
No protótipo degustado: Chilli Morita, Habanero, Javanesa, Bhut Jolokia, Cascabel, Bode Vermelho, Bode Amarelo, Malagueta e Cumarim.

Na versão que será lançada: Habanero, Bhut Jolokia, Malagueta, Pimenta de Bode, Chilli Morita e Javanesa.

A Wäls Hot Petroleum deve chegar essa semana nos pontos de venda em todo país.


Degustação:
O visual é basicamente igual a da Petroleum original, bem escura, parece realmente petróleo. Com creme marrom de média formação e duração. 
Com 11% de teor alcoólico, no aroma ela oferece baunilha, madeira, álcool, café e especiarias provenientes do blend de pimentas.

No paladar, corpo alto, café, aquecimento na boca, especiarias, torrado e leve ardência na garganta que permanece no aftertaste.

Realmente uma ótima cerveja, pretendo degustar em breve a versão original!

2º Temporada do Conhecendo Cerveja?

Raphael Rodrigues e Chuck Hipolitho no Empório Alto dos Pinheiros

O Conhecendo Cerveja é um projeto do All Beers que convida alguns amigos e conhecidos para uma degustação de cervejas artesanais.

Foram gravados e publicados oito episódios que chamamos de 1º temporada. Sempre que estou em eventos e festivais de cerveja, encontro com leitores que me perguntam sobre o projeto e se teremos outras degustações. Essa é a resposta de que o projeto funcionou e foi um sucesso.
Sim, teremos outras degustações em breve, só falta fecharmos com os novos parceiros (importadoras e cervejarias).

Nas próximas semanas irei publicar novamente os episódios da primeira temporada junto com as novidades da segunda, fiquem atentos.

Programa 1 - Chuck Hipolitho (ex-Vj da Ex-MTV e guitarrista da banda Vespas Mandarinas)
Nos primeiros programas tivemos uma falha com o áudio, sugerimos o fone de ouvido para melhor audição.


Conhecendo Cerveja • Chuck Hipolitho from All Beers on Vimeo.

17 outubro, 2014

Brewer Chef lança produtos gastronômicos com lúpulo e malte


Chega em breve no mercado brasileiro os produtos do Brewer Chef, uma nova marca gastronômica que uniu os principais ingredientes cervejeiros em uma linha completa de molhos, temperos, pimentas, azeites e doces.

Conheça os quatro primeiros produtos que acabam de ser lançados:

KetcHop (American Brown Ale)
Sweet Hop Mustard (Imperial India Pale Ale) 
Peppery Hop (Black India Pale Ale)
Hop BBQ (Smoked Porter)


Maltes e lúpulos diferentes foram usados em cada receita para chegar na combinação perfeita entre o molho e o estilo cervejeiro.
As receitas foram criadas pela chef Natália Rios e o cervejeiro Eduardo Marques (cervejaria Treze).

O projeto foi criado e desenvolvido por Túlio Rodrigues, junto com os publicitários Bruno Couto, que também assina a estratégia de produtos e comunicação e Yumi Shimada, responsável pela direção de arte da marca.

Ficou interessado? 
Em outubro acontece a venda do kit completo pelo site e em novembro os produtos chegam nos pontos de venda em todo Brasil.

Cervejaria Heineken e cerveja Sol organizam 3º Sol Sunday Sessions


A cervejaria Heineken e a cerveja SOL Premium realizam no próximo domingo em São Paulo a Sol Sunday Sessions, um projeto para reestruturar a marca Sol no Brasil juntando música e gastronomia. 

São festas no formato “Sunset Party” com shows de bandas nacionais, que acontecerão no Manioca, com menu exclusivo da chef Helena Rizzo, eleita melhor chef mulher do mundo pela revista inglesa “The Restaurant”. 
Para terceira edição, show com a cantora Céu e com o DJ José Flávio Jr.



O evento do dia 19/10 já está esgotado, mas um quarto evento acontece em novembro e informaremos aqui no All Beers.

Veja como foi a segunda edição: 

Conhece a Gypsy Inc (Dinamarca)?


A Gypsy Inc é praticamente um sindicato de cervejeiros ciganos que resolveram se juntar para lançar alguns rótulos fáceis de beber, com boa drinkability. A ideia nasceu de Mikkel Borg (Mikkeller) e Tore Gynther (TO ØL).
Dois rótulos chegaram no Brasil em junho via Have a Nice Beer/Wine (exclusivo para assinantes), mas agora já podem ser encontrados em bares e lojas especializadas.

O sindicado produziu quatro rótulos até o momento, veja os dois que chegaram por aqui:

Gypsy Tipsy Pilsner: Pilsner | 4,7% ABV
Gypsy Pale Trail: American Pale Ale | 4,7% ABV

16 outubro, 2014

Degustação: Flying Monkeys Antigravity, Stereovision e Amber Ale (Canadá)

Degustação de três rótulos da Flying Monkeys, cervejaria canadense que chega no Brasil via Mr. Beer.


Flying Monkeys Stereovision
Com 5% de teor alcoólico, dourada, levemente turva, espuma clara de média formação e duração.
No aroma, caramelo e floral. No paladar, corpo leve, refrescante, amargor moderado, e muito indicada para um dia quente. Senti algo de gengibre na boca. Leve amargor no aftertaste.


Flying Monkeys Antigravity
Com 4% de teor alcoólico, amarelada no visual, levemente turva e espuma de média formação e duração.
Aroma adocicado de caramelo. No paladar, refrescante, corpo leve, boa drinkability e aftertaste levemente adocicado.


Flying Monkeys Amber Ale
Com 5% de teor alcoólico, dourada, levemente turva e espuma de média formação e duração. Senti temperos no aroma. No paladar, corpo leve, fácil de beber e final com leve amargor.
Essa Amber Ale se destacou mais no paladar do que no aroma.

A Oktoberfest Blumenau 2014 já começou!


Já começou a maior festa alemã da América Latina, a 31º edição da Oktoberfest em Blumenau teve início no dia 8 de outubro e termina no dia 26 do mesmo mês.
O evento acontece nos galpões da Vila Germânica, mas durante os 18 dias da Oktoberfest a Rua XV de Novembro, principal via do Centro de Blumenau, se transforma em palco para desfiles oficiais.

Como já é tradição do evento, a realeza de 2014 é formada por Sheila Ewald, Rainha da Oktoberfest, junto com as princesas Tayene Amábile e Deisi Emanuele.



Está enganado quem pensa que não existe cerveja artesanal na Oktoberfest, uma cidade como Blumenau não permitiria isso! Conheça algumas opções para quem deseja algo diferente:


Wunder Bier (Pilsen, Weizen e Schwarzbier), Das Bier (Pilsen, Roggen Kölsch, Braunes Ale, Pale Ale, Weizen e Stark Bier), Eisenbahn (Pilsen, Pale Ale, Weizenbier, Dunkel, Kölsch, Pilsen Natural, Weizenbock, Rauchbier, Strong Golden Ale e Eisenbahn 5) e Bierland (Pilsen, Pale Ale, Weizen, Blumenau, Vienna, Bock, Imperial Stout, American Red Ale e Belgian Blond Ale).

Para conhecer toda a programação, entre aqui. Para ingressos, entre aqui.

Cervejaria Palta lança sua Vienna Lager


Chega essa semana nos pontos de venda o segundo rótulo da Cervejaria Palta, de Curitiba (PR), a Palta XLager.
Segundo o release, uma Vienna Lager bem lupulada, com 5,4% de teor alcoólico e 33 IBU (Unidade de Amargor).

A distribuição em São Paulo será feita pela In Touch e o lançamento oficial acontece amanhã (17/10 - 18h) em São Paulo, em três locais ao mesmo tempo: Canto da Cerva, Capitão Barley e Empório Abbatepietro. Pedindo dois chopes da XLager, você ganha um terceiro.


15 outubro, 2014

Degustação: Brewdog/Oskar Blues Shipwrecker Circus


Degustação feita no Brewdog Bar São Paulo da cerveja colaborativa entre Brewdog (Escócia) e Oskar Blues (EUA), a Shipwrecker Circus.

Uma Barley Wine com 10.5% de teor alcoólico.
No visual, bem escura, creme bege de boa formação e duração. No aroma, o álcool está bem evidente e é possível sentir um certo amadeirado.
No paladar, corpo alto, frutas escuras, cremosa e aveludada na boca, leve aquecimento e final adocicado. Uma boa Barley Wine!

Weird Barrel anuncia abertura de Brewpub e preparativos para o Mondial de La Bière 2014


A Weird Barrel Brewing foi o grande destaque do IPA Day 2014 em Ribeirão Preto (SP) e agora se prepara para a segunda edição do Mondial de La Bière, no Rio de Janeiro, que acontece nos dias 20, 21, 22 e 23 de novembro.
Segundo Rafael Moschetta, um dos proprietários, a invasão no Rio será muito maior, com mais litros de chope da Pirate's Flip (Session IPA com Gengibre) e da Naughty Grog (Black IPA). Além disso, será possível encontrar uma linha completa de acessórios, como camisas, camisetas, bandanas, abridores e growlers.

Porém, a grande novidade se trata da abertura do Weird Barrel Brewpub. Segundo Rafael, o local já foi alugado na cidade de Ribeirão Preto (SP) e deve ser o primeiro de outros que devem abrir. A inauguração está prevista para janeiro de 2015.

Eisenbahn divulga o vencedor do Mestre Cervejeiro 2014 e lança Kit Especial do Concurso.


Aconteceu na noite de ontem, em São Paulo, a festa de divulgação do vencedor na categoria Belgian Blond Ale do 5º Concurso Mestre Cervejeiro da Eisenbahn.
O vencedor foi Anderson Faller, de Macaé, Rio de Janeiro. A nova cerveja será  produzida na Eisenbahn, em Santa Catarina e deve ser lançada no Festival Brasileiro da Cerveja 2015, em Blumenau.



O evento também lançou oficialmente o Kit Mestre Cervejeiro Eisenbahn, uma edição especial com os quatro primeiros vencedores: 

Dama do Lago (2007), Joinville Porter (2008), São Sebá (2009) e Frosty Bison (2013).


Veja como foi o lançamento oficial em Blumenau da Eisenbahn Frosty Bison, vencedora da edição de 2013 do concurso.


Lançamento da Eisenbahn Frosty Bison from All Beers on Vimeo.

14 outubro, 2014

Degustação: Baladin Nazionale, Super Bitter e Isaac (Itália)


Degustação de três rótulos da Birra Baladin, cervejaria italiana que chega no Brasil via importadora Bier&Wein.

Baladin Nazionale
Com 6,5% de teor alcoólico, turva, alaranjada, espuma cremosa de boa formação e duração. Bem carbonatada. No aroma, especiarias, mel de laranjeira, floral, muito aromática.
No paladar, corpo leve, refrescante, boa drinkability, leve amargor e aftertaste levemente adocicado.
Com leve aquecimento, algumas especiarias apareceram no aroma. Boa cerveja!


Baladin Isaac
Uma versão italiana de witbier, com 5% de teor alcoólico.
Amarelo ouro no visual, turva, espuma clara de boa formação e duração. No aroma, cítrico, leve frutado, principalmente laranja.
No paladar, corpo leve, o frutado aparece forte, o cítrico da laranja toma conta da boca, final levemente adocicado.
No aquecimento o cítrico fica muito mais potente no aroma, muito agradável!


Baladin Super Bitter
Uma Amber Ale com 8% de teor alcoólico. Caramelo no visual, turva, espuma cremosa de boa formação e duração. Aroma adocicado. No paladar, corpo leve, é possível sentir um aquecimento na boca e o amargor aparece.

Avelar Jr - Coluna 07: Questões de fuso, ou, como conheci a Gordon Biersch


Nada como passar alguns dias no Brasil no mês de fevereiro, para descansar do rigoroso inverno norte-americano. Na volta, além do frio que me espera, tenho também uma incansável maratona de aviões e aeroportos que separam Belo Horizonte de Boston.

O voo segue o ritual da classe econômica, crianças chorando, fila para usar o banheiro e aquele jantar com sabor de isopor, acompanhado de vinho barato. O avião, com televisão no corredor, parecia ter saído do filme  Aeroporto 75, um clássico do cinema catástrofe com Charlton Heston e Linda Blair. Tudo bem, o importante é que no dia seguinte e com apenas 3 horas de fuso estarei em casa.

Em Miami, passadas a imigração e a alfândega, lá vou eu para uma escala em Washington D.C. Ao  chegar na capital americana, o que me espera? A famigerada neve. Apesar do avião ter pousado bem, todos os outro voos saindo do aeroporto Ronald Reagan estavam cancelados temporariamente. O que seria uma espera de duas horas até o próximo voo para Boston se transformou em uma incógnita. O melhor seria forrar o estômago, depois da noite mal dormida e do chá de aeroporto que estava por vir.

Olho em minha volta no terminal 3 e vejo: Gordon Biersch Brewery Restaurant. Já tinha achado o meu lugar para passar algumas horas. Um bom sanduíche e uma cerveja fresquinha sempre caem muito bem. Mal sentei, e já de olho nas torneiras, pedi uma Maibock. Eu sou fã das cervejas estilo bock e a Maibock (também conhecida com Helles Bock), é um estilo difícil de encontrar. Esta é uma versão mais clara e um pouco mais amarga do que as tradicionais bock, doppelbock e eisbock.
Ao contrário das outras bocks, que são conhecidas como cervejas de inverno, na Alemanha, a Maibock é geralmente consumida na primavera.


Já apreciando esta deliciosa cerveja corro o olho rapidamente pelo cardápio para escolher o meu almoço. Um Garden Turckey Burger cairia muito bem. Faço o pedido para a garçonete que, com aquele tradicional sotaque sulista, e olhos miúdos de reprovação, me diz:
Estamos servindo somente o cardápio do café da manhã

A palavra café da manhã soou quase como soletrada. B-R-E-A-K-F-A-S-T.
Eu, com uma cara meio sem graça, digo:
Ok, vou dar mais um olhada e depois faço o pedido

Depois de olhar sutilmente a minha volta, para procurar outros bebedores cerveja matutinos (tinham mais dois no bar) olho no relógio e…o que?!…9:30 da manhã.
Depois de toda a maratona de voos, imigração, alfândega  e afins eu não acreditava que ainda era tão cedo. O fuso horário de 3 horas em relação ao Brasil também ajudou a aumentar a confusão (eram 12:30 no Brasil).
Mesmo assim o olhar repressor da garçonete não justificava. Será que as pessoas não sabem que na Europa é costume beber cerveja pela manhã?! Alguns estilos são inclusive designados especialmente para isto. Pois bem…pedi mais uma cerveja e um omelete.

Até este dia eu não conhecia a Gordon Biersch e posso dizer que foi uma boa surpresa. Esta rede de brewpubs é especializada em cervejas alemãs. A comida é boa e a cerveja fresca, porque geralmente é fabricada no próprio restaurante. A rede é apenas um braço do grupo CraftWorks Restaurants & Breweries, Inc que controla também outros restaurantes do mesmo segmento como o Rock Bottom Restaurant Breweries e o ChopHouse & Brewery.

Os brasileiros que vem aos Estados Unidos, com objetivo de apreciar boas cervejas, são geralmente o que chamamos de hopheads. Vem em busca das lupuladas IPAs americanas, reconhecidas mundialmente pelos aromas cítricos e grande amargor. Por isto muitos vão torcer o nariz com a minha sugestão de um restaurante especializado em cervejas alemãs. No entanto, quem for pode se surpreender. Em muitos lugares (como em um terminal de aeroporto) não existem muitas opções e o Gordon Biersch pode ser uma excelente escolha para uma refeição rápida, por um bom preço e uma boa cerveja.


A rede tem ao todo 35 estabelecimentos, localizados em 19 estados diferentes, e mais 4 restaurantes em Taiwan. Pode entrar, por que mesmo que a garçonete não seja das mais simpáticas a cerveja é boa. E se por acaso, o horário não for o mais apropriado, não se preocupe. Lembre-se que você está a passeio e sempre será tarde ou noite em algum lugar do mundo

Prost ;-)

Depoimento de Tom Dargen, diretor da Gordon Biersch:


Conheça a Gordon Biersch:


Leia as outras colunas do Avelar Jr.

13 outubro, 2014

Cerveja colaborativa entre Nogne Ø (Noruega), Colorado e Tupiniquim será produzida hoje em Ribeirão Preto


Está acontecendo hoje em Ribeirão Preto (SP) a produção da nova cerveja colaborativa envolvendo as cervejarias Nogne Ø (Noruega), Colorado e Tupiniquim.

O estilo escolhido foi uma saison com uvaia e a foto da produção já foi feita, com Christian Bonotto (Tupiniquim), kjetil jikiun (Nogne Ø), Fernanda Marques, Marcelo Carneiro e Bianca Franzini, da Colorado.

A notícia foi divulgada em junho pelo All Beers e a nova saison deve ser lançada em novembro. A cultuada cervejaria Nogne Ø chega no Brasil via importadora Beer Legends e não poderia estar melhor acompanhada, com a Colorado, uma das grandes responsáveis pelo crescimento da cultura cervejeira no país e a Tupiniquim, que provou nos últimos campeonatos que participou ter muita qualidade em seus produtos.

Vídeo e Fotos do Borefts Bier Festival 2014 (Holanda)


Aconteceu no final de setembro na Holanda o Borefts Bier Festival 2014, organizado pela cervejaria De Molen e que já aparece na lista dos festivais mais cultuados do mundo.

Participam do evento algumas cervejarias convidadas por Menno Olivier, proprietário da De Molen, veja a lista: De Molen, Emelisse, Magic Rock, Burning Sky, Brewfist, Del Ducato, Tilquin, Alvinne, Evil Twin, Kernel, Brekeriet, entre outras.












Veja um vídeo do Borefts Bier Festival 2014 (áudio: holandês e inglês)

Brasil aparece na lista de Melhores Bares de Cerveja do Mundo


O site Thrillist divulgou uma lista com os 21 Melhores Bares de Cerveja do Mundo, e o Brasil aparece com o Empório Alto dos Pinheiros, em São Paulo.
O All Beers escreve muito sobre o crescimento da cultura cervejeira no país e isso é uma prova de que realmente estamos crescendo. 

Veja os demais bares citados na lista:

Akkurat - Stockholm, Suécia
Bakusyu Club Popeye - Tokyo, Japão
Beerhouse on Long - Cape Town, África do Sul
The Brew Dock - Dublin, Irlanda
Brothers Beer - Auckland, Nova Zelândia
- Café Abseits - Bamberg, Alemanha
Cardinal Pub - Stavanger, Noruega
Chez Moeder Lambic - Saint-Gilles, Bélgica
Churchkey - Washington, DC, Estados Unidos
Csak a jó sör - Budapest, Hungria
Dieu du Ciel - Montreal, Canadá
Empório Alto dos Pinheiros - São Paulo, Brasil
Euston Tap - London, Inglaterra
The Globe - Hong Kong, China
La Fine Mousse - Paris, França
The Local Pub - Athens, Grécia
The Local Taphouse - Sydney, Austrália
Ma Che Siete Venuti a Fà - Rome,Itália
Mikkeller - Copenhagen, Dinamarca
Tørst - Brooklyn, Estados Unidos
Zly Casy - Prague, República Tcheca

Parabéns Paulo Almeida e EAP!
Veja a lista aqui.

10 outubro, 2014

Degustação: Kud Kashmir, Smoke on the Water e Blackbird


Degustação de três rótulos da cervejaria mineira Kud: Smoke on the Water, Kashmir e Blackbird.
Obrigado Mamãe Bebidas pelo envio das cervejas.

Kud Smoke on the Water
Uma Smoked Ale com 6,7% de teor alcoólico.
Caramelo na coloração, creme bege de boa formação e duração. Muito bonita. No aroma, leve frutado e o defumado está bem discreto.
No paladar, corpo leve, fácil de beber, um leve defumado e aftertaste levemente adocicado.
Com um leve aquecimento o defumado apareceu mais no aroma e paladar. Uma boa cerveja!


Kud Kashmir
Uma IPA com 6,8% de teor alcoólico.
Cobre no visual, com espuma clara de média formação e duração.
No aroma, caramelo e floral. No paladar, segue bem uma IPA inglesa, amargor moderado, mas bem interessante. Corpo leve e fácil de beber. No aftertaste um leve amargor. 


Kud Blackbird
Uma Black IPA com 8,3% de teor alcoólico.
No visual, bem escura, espuma bege de boa formação e duração.
No aroma, chocolate e café bem destacado. No paladar, corpo médio, amargor do tostado e também do lúpulo, ficando até o final. Muito boa!

Birra Del Borgo (Itália) chega no Brasil


A cervejaria italiana Birra Del Borgo chega no Brasil com dois rótulos, via Have a Nice Beer/Wine.
A princípio são dois rótulos que chegaram com exclusividade para os assinantes do clube (julho/2014), mas que agora já podem ser encontrados em bares, empórios e lojas especializadas.

Sobre a cervejaria, tudo começou com Leonardo di Vincenzo brincando de fazer cerveja em 1999 e criando em 2005 a Birra del Borgo. Em 2013 veio o reconhecimento de um trabalho bem feito e criativo.
A Cervejaria foi eleita a melhor da Itália e uma das melhores do mundo pelo Rate Beer, sem falar de diversos prêmios em eventos e festivais.


Chegaram no Brasil dois rótulos bem cultuados da cervejaria:
Birra Del Borgo ReAle: American Pale Ale | 6,4% ABV | Rate Beer: 91
Birra Del Borgo Duchessa: Saison | 5,8% ABV

A cervejaria italiana foi a primeira seleção feita pelo beer hunter Diego Cartier dentro do clube de cervejas.

Anualmente acontece na Itália o Birra Del Borgo Day, veja como foi a edição de 2014:


Série de TV "Brew Dogs" com terceira temporada confirmada


Esquire Network confirmou a terceira temporada da série Brew Dogs para 2015.
Serão mais 10 episódios comandados por James Watt e Martin Dickie, proprietários da cervejaria escocesa, Brewdog.

O formato continua o mesmo, mas segundo a emissora existem novos planos para o programa, já que ele alcançou bons índices de audiência na segunda temporada.
Está programado para 2015 um programa conjunto entre Brew Dogs e Best Bars in America, outra atração da emissora.

09 outubro, 2014

Degustação: Triporteur from Heaven e Hell (Bélgica)


Degustação de dois rótulos da cervejaria B.O.M. (Belgian Original Maltery), que chega no Brasil via importadora United Beers, a Triporteur From Heaven e Triporteur From Hell.

Triporteur From Heaven
Uma Belgian Blonde Ale com 6% de teor alcoólico.
No visual, dourada, translúcida, creme claro de boa formação e duração. No aroma, frutada, floral, muito aromática.
No paladar, equilibrada, é possível sentir no mesmo gole o adocicado e um leve amargor. Refrescante, fácil de beber, corpo médio e aftertaste adocicado. Boa cerveja!


Triporteur From Hell
Uma Belgian Dark Ale com 6,6% de teor alcoólico.
No visual, marrom, creme bege de boa formação e duração.
No aroma, caramelo, uva, chocolate, frutas escuras, bem fresca. No paladar, corpo leve, amargor do malte tostado, frutada, acidez interessante, café e caramelo. Aftertaste adocicado. Boa!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...