26 março, 2015

Cervejaria Burgman lança ovos de Páscoa para chocólatras cervejeiros


A Cervejaria Burgman aposta na combinação entre cerveja e chocolate e fez uma seleção para agradar os chocólatras cervejeiros. A marca sorocabana oferece quatro versões de ovos de chocolate, com recheios para comer de colher, feitos com quatro estilos produzidos pela cervejaria: India Pale Ale, Stout, Red Ale e Brown Ale.

Para os apaixonados por doses generosas de lúpulo, a pedida é o ovo de chocolate ao leite, recheado com ganache de chocolate branco preparado com a Ipa Hop (RS 36/duas unidades de 150 gramas).
Para quem gosta de Stout e chocolate, a dica fica para o ovo feito a base de chocolate e ganache ao leite, com calda de cereja e Burgman Stout (RS 36/duas unidades de 150 gramas).

Aos fãs do amargor, a cervejaria apresenta ovo de chocolate meio amargo recheado de mouse meio amargo elaborado com boa quantidade da sua Brown Ale, a Cosmonauta ( R$ 36/duas unidades de 150 gramas).

A Caixa de Ovos é outra opção, contém seis unidades (R$ 49, 90/50 gramas cada) nos sabores: Frutas vermelhas com a Burgman Red Ale, Ganache de chocolate com Burgman Stout e Trufa de limão com Ipa Hop. Os ovos podem ser adquiridos na loja da Cervejaria Burgman, em Sorocaba (SP).

STP Touro Sentado: Degustação e lançamento oficial


Aconteceu no último sábado o lançamento oficial do novo rótulo da cervejaria Serra de Três Pontas, a Touro Sentado, uma American IPA com 6,5% de teor alcoólico.
O evento aconteceu no Cateto, em São Paulo (foto baixo), e foram degustadas as versões em garrafa e chope.



Foram poucas as diferenças sentidas entre as versões. Alaranjada na coloração, bem aromática, cítrica, turva, com boa formação de espuma clara e ótima drinkability. Amargor presente como pede uma boa Amercan IPA. Seca, chama o próximo gole. Aftertaste amargo, que permanece na boca por um bom tempo. Boa!

Como curiosidade, a STP Cafuza nasceu da lupulagem feita na Touro Sentado, nos primórdios da cervejaria, quando ainda era caseira.

Saiba quais os rótulos da Boulevard Brewing (EUA) chegam no Brasil


Na última segunda-feira (23/03), Paulo Almeida, proprietário do Empório Alto dos Pinheiros descobriu que a cervejaria norte-americana Boulevard Brewing viria para o Brasil, via importadora Interfood.
No mesmo dia em que foi divulgada a informação, o All Beers entrou em contato com a cervejaria e com a Interfood para descobrir de forma efetiva, quais rótulos chegariam por aqui.

Segundo a Interfood, chegam quatro rótulos na primeira importação, dois deles durante todo o ano e os outros dois de forma sazonal.

Regulares:

- Boulevard Tank 7 - Farmhouse ale | 8,5% ABV | Rate Beer: 99
Lúpulos: Magnum, Bravo e Amarillo
- Boulevard Single Wide IPA - 5,7% ABV | Rate Beer: 93
Com seis variedades de lúpulo e dry hopping.


Sazonais (armazenadas em cavernas no Kansas - foto abaixo)

- Boulevard Smokestack Series - Bourbon Barrel Quad - Quadrupel | 11,8% ABV | Rate Beer: 99.
Cerejas são adicionadas durante a maturação.
- Boulevard Smokestack Series - Imperial Stout - 11,8% ABV | Rate Beer: 99.
Uma parte da produção é maturada em barris de Whisky e posteriormente um blend acontece com outra porcão mais fresca.



No decorrer do ano, outros rótulos devem chegar por aqui. A Boulevard informou que o pedido ainda não saiu dos Estados Unidos, mas já está pronto e deve sair nos próximos dias.
A Boulevard Brewing faz parte do grupo belga Duvel Moortgat, que é representado oficialmente no Brasil pela Interfood.

Sobre a marca, a Interfood comentou:
"Estamos tratando como algo muito especial, é uma marca que levará nossa importadora para outro nível. Muitas pessoas não conhecem o portfólio da Boulevard, mas sem dúvidas essa é uma das marcas mais valiosas e especiais dos EUA".

Conheça um pouco da Boulevard Brewing:


25 março, 2015

Cervejaria Weird Barrel: Conheça as duas novas cervejas


Gosta da escola britânica de cervejas?
Neste sábado (28/03) acontece a segunda edição do "A Pint with the Queen", evento cervejeiro na capital paulista.


Para o evento, a cervejaria Weird Barrel, de Ribeirão Preto (SP) preparou duas novidades:

- Royal NAVY: uma ESB em homenagem à marinha britânica e seus marinheiros.
- Midnight PAP: uma Oatmeal Stout que leva aveia na receita.


O evento é organizado pela Academia de Ideias Cervejeiras, dos mesmos criadores do IPA Day Brasil. A festa celebra a escola cervejeira inglesa, com suas Stouts, Porters, IPAs, ESBs, Brown Ales, Imperial Stouts e outros estilos que estarão acompanhados de muita música e gastronomia da terra da Rainha.

O preço do ingresso inclui:
- Open bar de todas as cervejas da festa.
- Copo personalizado do evento
- Livreto educativo.

Local:
O evento acontece em uma fábrica desativada no coração de São Paulo, no bairro do Brás. Este prédio, tombado pelo patrimônio histórico, pertenceu a antiga família Matarazzo, foi inaugurado no dia 01/03/1900 e no mês que completa 115 anos vai receber o maior festival inteiramente dedicado a cultura cervejeira inglesa.


Translado gratuito para o evento:
Na estação Brás, na Rua Domingos Paiva um membro da organização estará com a camiseta da festa e com placa nas mãos.
As vans estarão disponíveis entre 17h e 00h:30 (30 minutos antes do fim do evento, antes do fechamento da estação de metrô) sem custo para os participantes, basta apresentar o convite da festa.


INFO
A Pint with the Queen 2015
Data: 28/03 (sábado)
Local: Rua do Bucolismo 81 - Brás São Paulo, SP
Ingressos aqui.

Veja como foi a edição passada:


All Beers no Pint with the Queen from All Beers on Vimeo.

Cervejaria Bamberg e ONG "Adote um Focinho" juntas para incentivar a adoção de animais


Ótima Iniciativa da cervejaria Bamberg, de Votorantim (SP) com a ONG "Adote um Focinho" e a agência criativa Señores.
A ideia é promover e divulgar a adoção de cães que foram abandonados e estão na ONG recebendo os cuidados e esperando por um novo lar. No contra rótulo das garrafas tem todas as informações de como ajudar.

A cerveja é a mesma Bamberg Pilsen e o preço também. Parabéns Bamberg e todos os envolvidos!

Prima Satt Hamurabi: Lançamento e degustação


Aconteceu no último final de semana o lançamento oficial da cerveja Hamurabi, primeiro rótulo solo da cervejaria paulistana Prima Satt. A expectativa era enorme depois do sucesso que foi a Cafuza, cerveja colaborativa entre Prima Satt e Serra de Três Pontas.

A Hamurabi faz parte de uma série de cinco rótulos que a cervejaria deve lançar aos poucos, todas destacando nomes importantes da cultura cervejeira.

O All Beers foi até o Empório Alto dos Pinheiros para degustar a novidade em suas duas versões, em chope e garrafa.


Hamurabi (Chope)
India Pale Lager com 5% de teor alcoólico, coloração alaranjada, turva, creme claro de média formação e duração. Aroma muito tímido. No paladar, o amargor aparece e permanece no aftertaste. Uma cerveja boa e fácil de tomar.




Hamurabi (garrafa)
Basicamente as mesmas percepções, porém na garrafa o aroma cítrico aparece mais e deixa essa amostra mais completa do que a versão chope.
As duas versões são bem refrescantes.

Eisenbahn Ventura: Degustação e festa de lançamento


Aconteceu em 2014 o 5º Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, que escolheu a melhor Blond Ale do Brasil. No final do mesmo ano foi apresentado o vencedor e em março de 2015, a cerveja foi degustada em primeira mão na cidade de Blumenau (SC).
O All Beers estava lá e acompanhou a festa de lançamento e também degustou a Eisenbahn Ventura, uma Belgian Blond Ale com 6,9% de teor alcoólico.


A receita desenvolvida por Anderson Faller foi eleita por um júri de 28 especialistas como mestres cervejeiros, beer sommeliers, jornalistas e blogueiros conhecedores de cerveja, como a melhor entre mais de 1000 inscritas.

Apresentação oficial da Eisenbahn Ventura

A emoção já foi muito grande quando me ligaram para avisar que eu estava entre os cinco finalistas. A cerveja ficou muito boa, mas como sou do interior não imaginava que iria chegar aqui. Eu não queria mandar, mas minha namorada me incentivou muito. Foi a 18ª cerveja artesanal que fiz e a primeira no estilo Belgian Blond Ale”, afirma o vencedor do 5º Concurso Mestre Cervejeiro, Anderson Faller, que recebeu como prêmio a oportunidade de acompanhar a primeira brassagem da sua receita junto ao Mestre Cervejeiro Gerhard Beutling.


Degustação:
Uma cerveja brilhante no visual, muito bonita! Translúcida, cremosa, bem carbonatada e como boa formação de espuma clara.
No aroma, fenólico presente e muito agradável. No paladar, corpo leve, adocicada, caramelo, seca no final do gole e boa drinkability.
No aftertaste ficou um leve caramelo, boa Blond Ale!

Novidades da Alemanha chegam no Brasil



Novidades direto da Alemanha chegaram essa semana no Brasil, via Mr. Beer.
A cervejaria Hasen-Brau chega com quatro rótulos e a Kloster Scheyern, que pertence ao mesmo grupo da cervejaria Tucher, chega com cinco rótulos.

Conheça cada um deles:


Kloster Scheyern:
- Kloster Weisse Dunkel - DunkelWeizen | 5,2% ABV

- Kloster Weisse Hell - Hefeweizen | 5,2% ABV
- Kloster Gold Hell - Helles | 5,4% ABV
- Kloster Export Dunkel - Dunkel | 5% ABV
- Kloster Doppelbock Dunkel - Doppelbock | 7,4% ABV


Hasen Brau:

- Augsburger Original - Kellerbier | 5,4% ABV
- Hasen Extra Export - Helles | 5,3% ABV

- Hasen Hell - Pale Lager
- Weiss Bier Hell - Hefeweizen | 5,2% ABV

24 março, 2015

Avelar Jr – Coluna 10: La birra e a nova invasão bárbara

O Império Romano (dos bebedores de vinho) dominou grande parte da Europa por vários séculos, até ser derrubado pelos povos bárbaros (bebedores de cerveja). A queda da parte ocidental foi um dos marcos do século V. Eu não sei se existe alguma cerveja com o nome de Odoacer, mas seria uma boa sugestão para homenagear o primeiro rei da Itália de origem germânica.
Aproveitando uma viagem com a  esposa ao Velho Mundo, eu resolvi deixar as cervejas americanas um pouco de lado e conferir as novidades na Itália. A nova invasão bárbara é real, mas pelo menos desta vez é pacífica. Ao invés de decepar cabeças estamos destampando garrafas.
Os italianos aprenderam a fazer cerveja e, acreditem, estão fazendo muito bem. O esmero na produção vai desde a alta qualidade do produto final até os retoques primorosos na elaboração das garrafas e design do rótulos. Algumas cervejas artesanais italianas, como a Baladin e a Del Ducato, já estão inclusive disponíveis no Brasil.
A seguir estão alguns locais que eu recomendo, para quem quiser variar um pouco dos jantares regados a Chianti.

Roma:


Bir & Fud: Com uma excelente seleção de cervejas italianas e importadas, este é um dos melhores bares de cerveja que eu já fui (e olha que não foram poucos). Se o bar não fosse tão novo, eu apostaria que os inspiradores aperitivos de bolinhos de arroz e bacalhau norueguês frito foram servidos ao Michelangelo antes dele pintar o teto da Capela Sistina.


Eataly: Certa vez, o filósofo Luiz Felipe Pondé disse que se você não gosta de Shakespeare o problema não é com o Shakespeare, mas sim com você. Eu digo o mesmo com relação ao Eataly. Este é o mesmo estabelecimento sobre o qual eu comentei no artigo de Nova York (Big Beers na Big Apple), com a diferença de que a unidade em Roma é quase três vezes maior. Nesse centro gastronômico (restaurantes, mercearia, loja e escola de culinária) você encontra desde burrata fresca até o último livro de receitas do Mario Batali. A seleção de cervejas italianas e importadas é de primeira linha. As outras duas unidades em Bologna e Florença, são menores, mas valem a visita. A de Roma é parada obrigatória

Florença


Beer House Club: Esqueça as joalherias da Ponte Vecchio, a verdadeira jóia de Florença é esse discreto bar perto da galeria Uffizi. São dez torneiras com uma excelente variedade de cervejas italianas e uma grande variedade de cervejas importadas em garrafa. Com um bom cardápio de pub, (sanduíches e aperitivos) o Beer House é uma boa opção para o fim de noite.


Mercato Centrale: Este é um verdadeiro mercado italiano. Você irá se sentir dentro de um filme do Giuseppe Tornatore. O térreo é um mercado com frutas, verduras, queijos e embutidos. O andar de cima tem vários restaurantes: carne, massa, pizza, frutos do mar, gelato e o que mais você imaginar em termos de culinária italiana. Para os mais aventureiros eu recomendo o Lampredotto, um sanduíche de dobradinha bem típico da região e que é sensacional. Além dos restaurantes, você encontrará também La Birreria Ditta Luigi Moretti. Tudo bem, eu sei que a cerveja Moretti não é grandes coisas, mas eles sempre tem outras opções na torneira. Eu tomei a excelente Affligem Noël.

Estes são apenas alguns lugares para se tomar uma boa cerveja na Itália. A variedade não é tão grande quanto nos grandes centros cervejeiros, mas está aumentando dia a dia. Nós, cervejeiros, temos consciência de que seremos sempre minoria no país que é o maior produtor mundial de vinhos. Mas, fincamos a nossa bandeira e viemos para ficar.

Salute
Leia todas as colunas do Avelar Jr.

Conheça as novas cervejas da Babel


A Babel Cervejaria, de Porto Alegre (RS), aproveitou a participação no Festival de Cerveja de Blumenau, considerado o maior da América Latina, para lançar os seus seis tipos de cerveja em garrafas de 500 ml, que antes eram apenas encontradas no formato chope.

Essa ideia surgiu porque queremos expandir a nossa área de atuação e para chegarmos em outros estados, foi necessário o envase em garrafas menores, o que facilita a logística e a entrega”, esclarece Humberto Fröhlich, mestre cervejeiro e proprietário da Babel.


A participação no Concurso Brasileiro de Cervejas, realizado de forma paralela ao Festival, rendeu duas medalhas para a Babel: a Blonde e a Lucky Jack receberam medalhas de bronze.
A Blonde lembra uma Pilsener alemã, mas com o frutado sutil. A Lucky Jack é uma autêntica Pale Ale Inglesa, e foi medalha de ouro na Copa Cervezas de América 2014.

Para completar o cardápio da Babel, mais quatro cervejas: a Três Tigres (é uma cerveja de trigo, originária do sul da Alemanha), Ka’a (cerveja feita com erva-mate), Ignatius (American India Pale Ale) e a Summer Stout (de coloração preta, é refrescante e o sabor lembra café e chocolate meio amargo).

Cervejaria Bodebrown lança Cacau Wee


Novidades da Bodebrown para Páscoa, a Brazilian Cacau Ale (Cacau Wee - 8% ABV) foi desenvolvida como uma das variações da Bodebrown Wee Heavy.

Ela é composta por sete tipos de maltes, levedura escocesa e adições generosas de cacau brasileiro (pedaços da semente do Cacau com tosta controlada) proveniente de fazendas na cidade de lhéus, Bahia.



"Após alguns estudos, experiências e viagens sensoriais sobre a Wee Heavy, nasceu a "Wee Heavy com Cacau", a união da Escócia com um pouco da Bahia, que batizamos de Brazilian Cacau Ale. É uma homenagem ao estado da Bahia, excelente produtor de Cacau na atualidade" comenta Samuel Cavalcanti, proprietário da Bodebrown.

A Bodebrown Cacau Wee já foi Medalha de Ouro em festivais internacionais como o Mondial de La Bière 2014, em Montreal (Canadá).

23 março, 2015

Degustação: Emelisse Espresso Stout (Holanda)


Degustação do rótulo Espresso Stout, da cervejaria holandesa Emelisse, que chega no Brasil via importadora Beer Legends.

Uma Imperial Stout com 9,5% de teor alcoólico, bem escura no visual, com creme bege de boa formação e duração.
No aroma, caramelo, café e frutas vermelhas, bem aromática! No paladar, uma onda de tostado invade sua boca, dominando o paladar! O café também fica bem evidente durante o gole. Um leve adocicado de caramelo é perceptível na boca. Corpo médio e álcool muito bem inserido, gerando apenas um leve aquecimento na garganta. No afteraste o café continua bem persistente! Uma boa stout!

Quatro novidades da De Molen (Holanda) chegam no Brasil


Para quem estava esperando novidades da cervejaria holandesa De Molen, chegaram quatro novos rótulos via importadora Beer Concept.

- White Witch - Saison | 6% ABV
- Pale Ale Citra - American Pale Ale com single hop de Citra | 4,8% ABV
- Pale Ale Simcoe - American Pale Ale com single hop de Simcoe | 4,7% ABV
- Bloed, Zweet & Tranen - Smoked Stout | 8,2% ABV

Curso: Produção de cerveja caseira com Leonardo Botto


No dia 18 de abril (sábado), acontece o V Curso de Produção de Cerveja Artesanal Caseira na cervejaria Bamberg, com Leonardo Botto.

Programa:
- Parte teórica com breve histórico da cerveja, estilos, matérias primas, equipamentos, limpeza, sanitização e processo cervejeiro.
- Parte prática com produção, acompanhando o processo desde a moagem ideal dos grãos, passando pela parte quente do processo, brassagem ou cozimento dos maltes, filtragem, fervura, lupulagem, resfriamento e inoculação do fermento. Durante a parte prática, que dura cerca de 8 horas, acontece uma degustação de cervejas da Bamberg.

INFO:
V Curso de Produção de Cerveja Artesanal Caseira - com Leonardo Botto
Local: Cervejaria Bamberg - R. Sebastião Benedito Reis, 582, Votorantim (SP)
Dia: 18/4 (sábado)
Horário:
9 às 20 horas
Inscrições e mais informações: contato@bottobier.com
Investimento: R$ 450,00.
Importante: A data da reserva da vaga será a da confirmação do depósito. Com apostila, coffee break, lanche e degustação de cervejas da Bamberg.

20 março, 2015

Rooie Dop Final Countdown chega no Brasil


A importadora Beer Concept trouxe mais um rótulo da Rooie Dop para o Brasil, cervejaria cigana holandesa que produz suas cervejas dentro da De Molen.
Rooie Dop Final Countdown Winter Saison é uma saison com maltes defumados, 6,5% de teor alcoólico e feita especialmente para o mercado canadense e que por sorte veio parar também no Brasil.

Workshops Internacionais no Instituto da Cerveja Brasil


Na próxima semana acontecem três workshops internacionais no Instituto da Cerveja Brasil, veja a programação e garanta sua vaga!


23/03 - 500 anos da Reinheitsgebolt
Martin Zuber, Mestre Cervejeiro e Sommelier de Cervejas da Cervejaria Paulaner, estará presente no Instituto da Cerveja para realizar uma interessante palestra sobre 500 anos da Reinheitsgebolt seguido de degustação.
Duração: 3 horas

24/03 - Os Segredos das Cervejas de Trigo
O Mestre Cervejeiro da Schneider Weisse, Hans-Peter Drexeler, vai realizar uma palestra sobre os Os segredos das Cervejas de Trigo seguido de degustação.
Duração: 3 horas


30/03 - História da Cerveja e Aspectos Tecnológicos
O Dr. Martin Zarnkow, chefe do departamento de pesquisa e desenvolvimento da Universidade de Weihenstephan, vai realizar uma palestra sobre História da Cerveja e Aspectos Tecnológicos seguido de degustação.
Duração: 3 horas

Para inscrições: claudia.bonadia@institutodacerveja.com.br
Mais informações, entre aqui.

19 março, 2015

Cervejaria Freigeist (Alemanha) faz duas cervejas colaborativas no Brasil


Aproveitando sua passagem pelo Brasil, Sebastian Sauer da cervejaria alemã Freigeist produziu duas cervejas colaborativas.
No começo da semana ele foi até Porto Alegre fazer uma Tripel Bock com a cervejaria Abadessa. Hoje ele esteve em Ribeirão Preto (SP), fazendo uma stout tradicional com Pintangas junto com a cervejaria carioca 2Cabeças.

Sebastian continua sua tour pelo Brasil, amanhã ele participa de um evento fechado com jornalistas na cidade de São Paulo.

A Freigeist chega no Brasil com dois rótulos via importadora HNB/Wine, leia mais aqui.

Vídeo & Fotos do Festival Brasileiro da Cerveja 2015


Stannis

Como não aceitar que o Festival Brasileiro da Cerveja é o maior evento de cervejas do Brasil? Quase 35 mil visitantes, ótima estrutura, organização impecável, um corcurso respeitado e com jurados qualificados do Brasil e exterior, dois galpões com expositores de todo país e a maior concentração de lançamentos cervejeiros do ano!

Tudo isso acontece em Blumenau e novamente o All Beers estava lá acompanhando tudo de perto!
Em 2016 o festival acontece entre os dias 9 a 12 de março e com 3 galpões! Parabéns Festival Brasileiro da Cerveja!

Veja algumas fotos e o vídeo no final do post:



Sauber Bier


Tupiniquim


Wals


Weird Barrel


Invicta


Barco


Veja o vídeo do Festival Brasileiro da Cerveja 2015:



Festival Brasileiro da Cerveja 2015 from All Beers on Vimeo.

Novidades da Cervejaria Kaapse (Holanda) chegam no Brasil


A cervejaria holandesa Kaapse Brouwers recentemente apareceu na lista do site norte-americano Rate Beer como uma das melhores cervejarias novas do mundo. Para nossa sorte, ela chegou ano passado no Brasil via importadora Beer Concept.
Essa semana chegaram cinco novidades, veja a lista:

- Carrie - IPA | 6,5% ABV
- Harrie - Saison | 5,5% ABV
- Jaapie - Imperial Red Ale | 10% ABV
- Gozer Oak - Oatmeal Stout | 10,5% ABV (maturada em barril de Rum)
- Bea - Black Rye IPA | 6% ABV

A Karel (American Pale Ale) volta para reposição de estoque, ela já foi degustada pelo All Beers, veja aqui.
Todas as cervejas da Kaapse são produzidas na cervejaria De Molen.

18 março, 2015

Definido o estilo do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2015


O Concurso Mestre Cervejeiro, promovido pela Eisenbahn está chegando a sua 6º Edição. A primeira etapa foi concluída e após a votação feita pelo site da Eisenbahn, o estilo Irish Red Ale foi definido. Os cervejeiros já podem começar a testar suas receitas de Irish Red Ale. O período para inscrição será revelado em breve.

A Irish Red Ale é uma cerveja complexa e bem elaborada. Uma de suas principais características está na aparência cuja cor é âmbar a cobre avermelhado profundo. Quanto ao aroma, o malte deve ser de baixo a moderado e o lúpulo, geralmente é ausente ou muito baixo. No sabor, o dulçor é moderado de malte caramelo, ocasionalmente com um tostado amanteigado ou lembrando toffee. Seu final deve ter um leve gosto de grão torrado, que trará uma típica secura no final. O sabor do lúpulo também não deve se destacar. (Amargor: 17-28 IBU). Densidade Original: 1.044 – 1.060 – Álcool. 4,0% – 6,0% v/v).

Com o estilo definido, os cervejeiros caseiros já podem começar a fazer seus testes e elaborar a receita. Criar uma Irish Red Ale não é uma tarefa fácil e acreditamos que será um ótimo desafio para quem produz ou quer começar a fazer sua própria cerveja. Esperamos colaborar com o aprendizado de todos e para que o mercado tenha a melhor Irish Red Ale feita por quem realmente entende de cerveja”, afirma Leonardo Gayer, gerente de cervejas especiais da Brasil Kirin.

No ano passado, o Concurso Mestre Cervejeiro recebeu mais de mil inscritos, onde o vencedor foi o cervejeiro Anderson Faller, responsável por elaborar a fórmula de uma Belgian Blond Ale.

Veja como foi o julgamento do 4º Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn:



All Beers no 4º Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn from All Beers on Vimeo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...