30 julho, 2015

"Jogada de Mestre" - Filme sobre o sequestro do dono da Heineken estreia hoje no Brasil


Em 1983 o sequestro do holandês Freddy Heineken, dono da cervejaria Heineken, ganhou as manchetes dos jornais e comoveu o mundo.
Após o surpreendente desfecho do caso, o jornalista investigativo Peter R. de Vries perseguiu os sequestradores e depois de uma longa pesquisa, escreveu um best-seller sobre como cinco amigos se tornaram criminosos e realizaram um dos maiores sequestros da história.

Jogada de Mestre (Kidnapping Mr. Heineken) foi filmado em Nova Orleans, Bruxelas, Antuérpia e Amsterdã no outono de 2013. As filmagens trouxeram desafios para os produtores, como reproduzir a hora e o local do crime. "Filmamos durante uma semana em Amsterdã. O resto do tempo foi na Bélgica tentando encontrar locais que não apenas pareciam Amsterdã, mas que poderiam ser semelhantes a Amsterdã na década de 1980. Isso foi um desafio”, explica o produtor Judy Cairo.


O All Beers procurou a Heineken para saber exatamente o posicionamento da empresa e da família de Freddy Heineken sobre a produção. Recebemos via e-mail a mensagem abaixo:

"A HEINEKEN está ciente de que o filme é baseado em um livro escrito por um jornalista holandês e em breve estará nos cinemas, mas nem a família Heineken e nem a Cia. tiveram envolvimento na produção de ambos os títulos".

Veja o trailer oficial do filme:




Ficha técnica:
Jogada de Mestre (Kidnapping Mr. Heineken)

2015 | Bélgica, Reino Unido | Ação, crime, drama| 94 min.
Dir.: Daniel Alfredson
Elenco: Sam Worthington, Anthony Hopkins, Jim Sturgess
Data de estreia: 30 de julho
Classificação indicativa: 12 anos

"Get Your Beer" agora é "Get - Cervejas Especiais"


A Get – Cervejas Especiais é a nova cara da célula pertencente á importadora Get Trade, responsável pela distribuição no Estado de São Paulo e administração das marcas exclusivas  Shipyard, Sea Dog Brewing, Adnams, Ugly Duck e Midtfyns Bryghus em todo o país.


Get Your Beer, antiga marca da distribuidora, passa a ser de uso exclusivo da “Flagship Store” localizada na Rua dos Pinheiros, que atuará de forma totalmente independente, deixando de ser um “showroom” e concentrando suas atividades comerciais como loja/pub, inclusive aumentando seu portfólio de cervejas com rótulos de outras distribuidoras, principalmente nacionais, que já estão disponíveis nas gôndolas para o consumidor final.


Get Your Beer | Flagship Store from All Beers on Vimeo.

De acordo com Riccelli Adriel, Coordenador Comercial e de Trade Marketing da Get – Cervejas Especiais, essa mudança era necessária e planejada já á algum tempo, a distribuidora passou por mudanças de gestões, modus operandi, equipe comercial, logística, conceito e ampliou muito seu campo de atuação nestes três semestres em atividade.

A empresa que era um braço operacional único da importadora, se desenvolveu e hoje merece dois departamentos diferenciados, a Get Your Beer loja, possui uma gestão, equipe e direção diferente da importadora/distribuidora e merecia também vida própria.

A Get - Cervejas Especiais passa a ter como diferencial uma equipe comercial totalmente voltada e  com a responsabilidade e giro do produto na gôndola, com uma veia direta em comunicação e marketing.

Para celebrar a mudança, chegam no país na próxima semana a reposição da linha completa de cervejas americanas da Sea Dog Brewing e Shipyard, carro chefe da distribuidora.

29 julho, 2015

Brian Strumke da Stillwater (EUA) chega em agosto no Brasil, saiba de todas as cervejas que serão feitas por aqui.


Brian Strumke, cervejeiro cigano da Stillwater Artisanal volta ao Brasil em agosto para uma série de produções colaborativas. O All Beers conversou com ele sobre sua "tour" em território nacional.
Brian chega no país no dia 13 de agosto e fica até dia 24, passando pelas cidades de Porto Alegre, São Paulo e Curitiba.

A primeira parada acontece em Porto Alegre, na cervejaria Tupiniquim.
Duas cervejas exclusivas serão produzidas em território gaúcho para WBeer. Variações da Stateside Saison e Cellar Door com frutas tropicais e Brettanomyces.

Uma cerveja com a Tupiniquim também deve ser feita, mas nada confirmado até o momento.

O próximo destino será São Paulo, para uma cerveja colaborativa com a Dogma, a Guandirô, uma dark saison com Açai - leia mais aqui.

Já em Curitiba, Brian participa de colaborações em duas cervejarias.
Com a Morada Cia Etílica, serão dois rótulos: Uma Cupuaçu Sour, inspirada no estilo Berliner Weisse, com aveia e polpa de Cupuaçu, fermentada com levedura Saison e 5,5% de teor alcoólico.

Brian Strumke (Stillwater) e André Junqueira (Morada Cia Etílica)

Sobre a segunda produção, André Junqueira, da Morada Cia Etílica, explicou todo o processo:
"A segunda cerveja será uma base para Bière Brut, mas para ir apreciando enquanto ela não fica pronta (o plano é deixar uns 2 anos em sur lie). Vamos envasar também a base antes de espumantizar, ou seja, o contrário da Double Vienna Brut, onde a Double Vienna era a receita real, e a brut o teste. Agora a receita é da brut, e vamos brincar de envasar a base. São duas cervejas em uma. A base é também uma sour, 9,5% de teor alcoólico e fermentada com s. bruxelensis trois".

Ainda em Curitiba, agora na Way Beer, será produzida uma Gose brasileira com sal marinho e especiarias da Amazônia.

Cervejaria Noi abre bar no Leblon com 12 torneiras de chope


Fotos: Bianca Buzin

Hoje abre oficialmente no bairro carioca do Leblon o bar da cervejaria Noi, de Niterói (RJ).
Para os amantes de cerveja artesanal, uma grande opção com 12 torneiras de chope com as cervejas da Noi e futuramente com cervejarias convidadas.




Na parte gastronômica, o cardápio é amplo e oferece desde almoço executivo até petiscos elaborados com cerveja como pães de malte e molhos com redução da bebida.
Para os vegetarianos, algumas opções como saladas e antipasto de berinjela no pão de malte grelhado.




Em cada prato uma dica de harmonização com as cervejas da Noi (Foto acima)


Serviço:
Noi Bar
Inauguração: 29/07
Horário: 18h
Rua Conde de Bernadotte, 26
Leblon - Rio de Janeiro - RJ

Tupiniquim e Dama Bier juntas novamente para outra cerveja colaborativa


Quem já provou a Dama Tupi?
Uma West Coast Rye IPA, com 7,5% de teor alcoólico e feita pelas cervejarias Dama Bier, de Piracicaba (SP) e a Tupiniquim de Porto Alegre (RS).
O resultado foi surpreendente e muito positivo! Exatamente por isso uma nova colaborativa será produzida.

O All Beers conversou com os envolvidos e apresenta a novidade.
Será uma Belgian Strong Golden Ale, 9% de teor alcoólico e talvez um dry hopping com uma variedade de lúpulo pouco usada por aqui.
Segundo Paulo Feijão, da Dama Bier, as duas cervejarias estão desenhando a nova receita.

28 julho, 2015

Slow Brew 2015: Proprietário da De Molen (Holanda) estará no evento, junto com os chopes da cervejaria.


A segunda edição do Slow Brew Brasil que acontece em Ribeirão Preto nas datas 30,31/10 e 01/11 receberá a presença da consagrada cervejaria holandesa De Molen.
Os participantes deste ano terão o privilégio de degustar à vontade 3 (três) rótulos da premiada e cultuada cervejaria de Bodegraven. Menno Olivier, sócio-proprietário da cervejaria (foto acima), também confirmou sua presença no festival e disse estar muito feliz e ansioso, além disso, afirmou interesse em aproveitar sua vinda ao Brasil para fazer algumas cervejas colaborativas. Sobre isso, novidades em breve aqui no All Beers.

A negociação já foi fechada entre as partes e a importadora Beer Concept realizará todo o trâmite de importação. Serão 2.010 litros de chope da De Molen dos rótulos: Hop & Liefde (American Pale Ale), Heksen & Trollen (Saison) e Hel & Verdoemenis (Russian Imperial Stout).


A ideia de trazer a Cervejaria De Molen para o festival aconteceu ainda em 2014 quando os organizadores do evento, Maurício Leandro Fernandes e Kátia Pereira, visitaram a Holanda e conheceram de perto a cervejaria e seus conceitos. A atenção e receptividade dada aos organizadores do festival foi tamanha que não haveria outra forma de retribuir a não ser fazendo uma homenagem a esta cervejaria no festival.

O Slow Brew Brasil deste ano terá a presença de 40 cervejarias. Serão 160 rótulos de cerveja colocados à disposição para degustação dos participantes.
Confira as cervejarias nacionais já confirmadas: Tupiniquim, Invicta, Nacional, Júpiter, Cevada Pura, Wäls, Suméria, Brotas Beer, Way Beer, Dama Bier,  J.Beer,  Sauber Beer e Urbana.

A venda dos ingressos já está em seu último lote no site oficial do festival, entre aqui e garanta o seu.

Confira a Programação oficial:

30/10/2015 – 14h às 18h: Sessão de Negócios;
30/10/2015 - 20h:  Jantar com os mestres cervejeiros;
31/10/2015 – 14h às 22h: Festival com degustação à vontade de 160 rótulos nacionais e importados;
01/11/2015 – 14h às 22h: Festival com degustação à vontade de 160 rótulos nacionais e importados;

Cervejaria Brasiliana lança seu segundo rótulo


A cervejaria Brasiliana lança na próxima quinta-feira (30/07) seu segundo rótulo, a Farroupilha, uma Viena Lager com pêssego, 4,8% de teor alcoólico e criada em homenagem à região Sul. O evento acontecerá no Delirium Café São Paulo, às 20h - aberto ao público.

A arte do rótulo foi assinado novamente pelo ilustrador Ciro Bicudo, celebrando o folclore e as tradições da cultura sulista. As flâmulas representam a revolução Farroupilha.


O lançamento oficial acontece no próximo dia 30/07 (quinta-feira), no Delirium Café São Paulo, confirme sua presença aqui. A Best Beers é responsável pela distribuição da cervejaria Brasiliana.

Degustação: De Ranke XX Bitter, Guldenberg e Kriek (Bélgica)


Degustação de três rótulos da cervejaria belga De Ranke, que chega no Brasil via importadora United Beers.


De Ranke XX Bitter
Um dos clássicos da De Ranke, uma Belgian Ale com 6% de teor alcoólico.
Dourada no visual, turva, creme claro de ótima formação e duração. No aroma, especiarias, leve frutado e herbal.
No paladar, corpo leve, especiarias e temperos aparecem na boca, frutada, boa drinkability, refrescante, amargor interessante e final seco, pedindo o próximo gole. Muito boa!


De Ranke Guldenberg
Uma Strong Ale com 8% de teor alcoólico. Alaranjada no visual, creme claro de ótima formação e duração. Espuma cremosa!
No aroma, frutas tropicais e maduras, muito fresca! No paladar, corpo médio, bem frutada, adocicada na boca que se transforma em um leve amargor no final do gole. Um leve aquecimento é perceptível na garganta. Bem equilibrada, boa cerveja!


Kriek De Ranke
Uma sour com cerejas e 6,8% de teor alcoólico. Avermelhada no visual, creme rosa de média formação e duração. No aroma, cerejas em evidência! No paladar, corpo médio, frutas vermelhas, acidez e um azedo se apresentam.
O aftertaste é azedo e frutado, muito boa!

27 julho, 2015

2º Festival Paulista de Cerveja Artesanal


No próximo dia 2 de agosto acontece a segunda edição do Festival Paulista de Cerveja Artesanal. Doze cervejarias de São Paulo já confirmaram presença: Urbana, Júpiter, Cervejaria Nacional, Cuesta, Bragantina, Landel, Brotas Beer, Cevada Pura, Preguiça, Lumberjack, Dádiva e Blondine.

Quem estiver presente também vai comemorar o aniversário da cervejaria Júpiter. O ingresso custa R$100,00 (open bar).

Pontos de Venda:
Almadas - Rua Presidente Antonio Cândido, 305
Fone: (11) 3647-8441 (Sérgio)

La Fraternité - Rua Jauaperi, 1413
Fone: (11) 2645-0248 (Érico)

Let`s Beer - Rua Joaquim Távora, 961
Fone: (11) 2589-9695

EAP - Rua Vupabussu, 306
Fone: (11) 3031-4328 (Paulo)

Imbiss - Rua Purpurina, 94
Fone: (11) 99644-0282 (Diego ou Marcelo)

Água Benta Lupulada - Rua Augusta 1524 -loja 43
Fone: (11) 3171-2608
Serviço:
2º Festival Paulista de Cerveja Artesanal

Local: Rua Amaro Cavalheiro, 168 - Próximo à Estação Pinheiros do Metrô
Data: 02 de agosto
Horário: 13:30h às 20h
Preço: R$100,00 (open bar) - compre o ingresso aqui.

Suméria Angry Nuts chega nos pontos de venda



Mais um rótulo da cervejaria Suméria, de Santo André (SP) chega nos pontos de venda em todo Brasil. Suméria Angry Nuts, uma IPA com adição de avelã, 5,9% de teor alcoólico e 59 IBUs (Unidade de Amargor).

Segundo o release, você pode esperar notas de café, chocolate, baunilha e muita avelã na Angry Nuts! A novidade chega essa semana nos pontos de venda em todo Brasil, em garrafas de 300ml.

No dia 29/07 (quarta-feira), acontece o lançamento oficial da Suméria Angry Nuts no Empório Alto dos Pinheiros, confirme sua presença na página do evento.

Way Brett IPA chega ao mercado


Nos últimos dois anos, a Way Beer rodou o Brasil participando dos principais eventos cervejeiros do país. Além disso, foi a única cervejaria brasileira selecionada para participar das três últimas edições do Copenhagen Beer Celebration, um dos melhores eventos de cerveja do mundo. Presente em quase todos esses eventos, a cerveja Brett IPA conquistou o público e foi um sucesso de crítica por onde passou. Agora, a Way Beer acaba de lançar uma edição especial engarrafada da bebida - 375ml.

Com 6,9% de álcool, a Brett IPA traz uma trinca de lúpulos (Galaxy, Columbus e Citra) que garantem aromas cítricos e sabores resinosos. A Way Beer apostou em um processo de fermentação 100% com Brettanomyces. Além disso, para concluir a produção, a cerveja ganhou um período de refermentação na garrafa novamente com Brettanomyces.

A Brett IPA tem uma história muito legal. É fruto dos estudos rotineiros que realizamos na fábrica. Aos poucos, sempre disponibilizada em chopp, ela foi chamando a atenção e recebendo muitos elogios do público nos eventos em que a Way Beer estava presente inclusive fora do Brasil. Foi aí que acatamos os pedidos dos nossos clientes e sentimos que estava na hora de colocar uma edição especial da cerveja no mercado, que agora pode ser encontrada em todo o Brasil”, conta Alejandro Winocur, sócio-proprietário da Way Beer.

Degustação: Batemans Black Pepper e Mocha (UK)


Degustação de dois rótulos da cervejaria inglesa Batemans, que chega no Brasil via Mr.Beer. A Black Pepper Ale e a Mocha.


Batemans Black Pepper Ale
O diferencial dessa cerveja é um sachê de pimenta preta que está junto com a garrafa. Quer uma dica? Experimente primeiro sem a pimenta e depois adicione para perceber a diferença da mistura. Uma Pale Ale com 5,1% de teor alcoólico.

Avermelhada na coloração, translúcida, creme claro de boa formação e duração. A pimenta se destaca no aroma. No paladar, corpo leve, seca, ardência tímida na garganta e equilibrada. Um adocicado é perceptível durante o gole e no aftertaste uma leve picância. Fácil de tomar, uma experiência interessante e uma boa cerveja!


Batemans Mocha
Uma chocolate beer com 6% de teor alcoólico. Na receita, café arábica e chocolate belga.
Escura no visual, creme bege de média formação e duração.
No aroma, tostado, café e o chocolate está bem evidente. No paladar, corpo leve, chocolate intenso que permanece no aftertaste. O café está em segundo plano e um leve frutado no final do gole. Boa!

24 julho, 2015

Cervejaria Lumberjack lança sua nova cerveja - Abominável Wit das Neves.


A Cervejaria Lumberjack nasceu nas Montanhas Rochosas de Jundiaí (SP) e tem como meta não seguir os estilos e as escolas cervejeiras à risca.
"Nossas cervejas são feitas para se beber entre amigos, sem muita frescura", comenta Guilherme Guerra, um dos proprietários da cervejaria, junto com Ronaldo Belei.

Tudo começou em 2012, quando Guilherme foi para Joinville fazer um curso de produção artesanal de cervejas. Depois disso vieram outros cursos, já em parceria com Ronaldo e assim as primeiras receitas nasceram: Cana Brava (Specialty Ale), Barba Ruiva (American IPA), Dark Vader (Dark Lager), Urso Negro (Dunkel Weizen), Golden Axe (Bohemian Pilsner), Sasquatch (Pale Wheat), Bigurrilho (Amber Lager), entre outras.




Agora chegou a vez da Abominável Wit das Neves, uma Wit IPA, com 4,5% de teor alcoólico, 40 IBUs (Unidade de Amargor) e algumas mudanças. Trocaram o coentro por pimenta dedo de moça e a casca de laranja por casca de lima da pérsia. Uma wit com amargor e que chega nos pontos de venda essa semana!

Pelo rumo da história, isso é apenas o começo do mundo Lumberjack.

Rio de Janeiro, Brasília, Ribeirão Preto e São Leopoldo recebem novas turmas do Sommelier de Cerveja


O curso de Sommelier de Cerveja do Science of Beer chega a outras cidades do país neste segundo semestre. A instituição inscreve interessados em participar das turmas de formação no Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Ribeirão Preto (SP) e São Leopoldo (RS).

O curso acontece um fim de semana por mês durante quatro meses. História da Cerveja, Matéria-Prima e Processos,  Gestão Sensorial,  Escolas Cervejeiras, Serviço e Harmonização, além de introdução a outras bebidas com aulas de café, vinho, destilados e mixologia com cerveja fazem parte dos assuntos abordados em aula.
Nosso conteúdo é único e busca trazer novas experiências sensoriais ao aluno, através do contato com a gastronomia e também com outras bebidas. Esse contato é fundamental para qualquer pessoa que esteja buscando desenvolver o seu sensorial”, comenta Amanda Reitenbach.

O Sommelier de Cerveja tem carga horária de 70 horas/aula com aulas que mesclam teoria e prática. Um dos destaques do curso é a aula de harmonização com um chef cozinhando ao vivo em sala de aula para os alunos, enquanto o professor monta as melhores harmonizações.
Nessa aula, procuramos levar ao aluno novas experiências sensoriais, apresentando pratos mais elaborados, com ingredientes diferentes do que eles estão acostumados”, explica a professora Carolina Oda,  sommelière especialista em cerveja.


O sommelier de cerveja formado pelo Science of Beer chega ao mercado preparado para trabalhar de forma ética, capacitado para conhecer e avaliar os diferentes estilos de cerveja disponíveis no mercado, bem como identificar os atributos sensoriais, podendo atuar em diferentes segmentos, desde importadoras e distribuidoras até atendendo o cliente final em bares, restaurantes e lojas especializadas. O curso também é destinado a apreciadores que gostariam de aprimorar o conhecimento em cervejas especiais.

Por ser itinerante o curso chega às principais regiões do país sem perder a qualidade. Na grade de professores estão Maurício Beltramelli, Marco Falcone, Carolina Oda, chef Rodrigo Martins, Ana Paula Nicolino, Leonardo Botto e Gustavo Miranda.

Para quem se interessou, as inscrições para as turmas que iniciam em agosto até 20 de julho e podem ser feitas pelo info@scienceofbeer.com.br.

Datas de início das novas turmas
Brasília - 15 e 16 de agosto
São Leopoldo - 29 e 30 de agosto
Rio de Janeiro - 12 e 13 de setembro
Ribeirão Preto - 19 e 20 de setembro

Fim de semana com Brewdog Beer Weekend - Edição de Julho


Planos para o fim de semana?
O Beer Weekend do Brewdog Bar São Paulo acontece amanhã e domingo (25 e 26/07), a partir do meio dia.

O bar lança a Morada do Cão v1.0 (R$15), cerveja criada especialmente pelo bar em parceria com a cervejaria curitibana Morada Cia Etílica e a Dead Rabbits Ales, de SP. Essa Saison/Farmhouse Ale feita com malte de centeio e lúpulos australianos Galaxy e Ella, será servida com exclusividade no bar a partir do fim de semana.

Além do chope comemorativo, o BrewDog apresenta diferentes estilos de cerveja nas 22 torneiras de chope da casa, com preços que variam entre R$ 10 a R$30.
Por R$ 10, pode-se experimentar as Madalenas IPA e Wheat e as Bambergs Weiss, Helles e a AltBier.  Já por R$ 15, são oferecidas opções como a Tarantino IPA, a Coruja Extra Viva, a Bamberg ExQuadrilha da fumaça, a Schornstaein IPA, a Burgman Casa Nova e a Barco Thai Weiss.
Na faixa dos R$ 20, é possível provar a Heilige APA, a  Maniba Avéia Stout, a Bald Head Melon Head, as BrewDogs Punk IPA,  5AM, This Is Lager e Dead Pony Club e a Liefmans Fruitesse. Por fim, por R$ 30, sugestões especialíssimas como Amager Wookie IPA e Ballast Point Sculpin.

Pela primeira vez no evento, o restaurante Saj prepara o Hamburguer de Kafta (R$20) com coalhada seca e cebola confitada e o clássico Sanduíche de Falafel (R$20), kebab enrolado no pão folha recheado com bolinhos de grão de bico fritos, alface, tomate e molho tarator, à base de tahine. Para a sobremesa, a mais famosa receita da família Abbud, responsável pelo restaurante, o Chocolamour (R$15), sorvete de chocolate, farofa doce, calda de chocolate e chantilly.

O bar Tigre Cego traz para o evento o hit da casa, o sanduíche artesanal de Brisket (R$20), de peito de boi assado por 10 horas à moda texana e desfiado, com cebolas caramelizadas no vinho tinto e provolone defumado, servido no pão feito por eles, acompanhado de maionese de pimenta jalapeño ou biquinho. Há uma opção vegana, o Bunny Chow (R$15), tradicional da África do Sul, recheado com curry de feijão, batata, ervilha torta e molho de tomate. 

Durante o evento, o BrewDog Bar serve o picante Chilli Burger (R$30), feito com blend de hambúrguer de 200g do açougue The Butcher, montado com chilli da casa e sour cream.

As sugestões de sobremesa ficam por conta da beZa Doces & Chocolates, com o beZa Brownie extra chocolate (R$5) e o beZa Waffle com cobertura de chocolate  ou mel (R$10).

Nessa edição, o som fica a cargo da banda Saori & Tequila, que toca das 13h às 20h durante os dois dias. Apenas no sábado, a banda Tokyo Savannah, fecha o evento com apresentação das 22h à 00h.


All Beers no 5º Beer Weekend do Brewdog Bar São Paulo from All Beers on Vimeo.

Babel Cervejaria lança seu novo rótulo



A Babel Cervejaria, de Porto Alegre (RS), lançou essa semana sua sétima cerveja do portfólio, a Babel Humbock. Uma Bock com 7% de de teor alcoólico e 20 IBUs (Unidade de Amargor).

É uma autêntica Bock tradicional, de cor acobreada e com predominância de malte no sabor. Muito malte.”, comenta Humberto Fröhlich, proprietário e cervejeiro da Babel.

Conheça os outros rótulos da Babel.

O lançamento oficial aconteceu ontem em quatro bares especializados de Porto Alegre: The Pint Brewpub, Bier Markt, Lagom Moinhos e Apolinário Bar.
Por enquanto, a cerveja está disponível apenas no formato chope (barril), mas a empresa pretende disponibilizar garrafas em breve.

A Babel Cervejaria fica no famoso Polo Cervejeiro do Anchienta, em Porto Alegre, leia mais sobre o assunto aqui.

23 julho, 2015

2º Edição do Craft Beer Garage Sale em São Paulo


Acontece no próximo sábado (25/07) a segunda edição do Craft Beer Garage Sale na 409 pizzaria.
Cervejas por preços promocionais, mais burgers e hot dogs preparados pelo Original Porks. Apoio da cervejaria Paulistânia, com garrafas de 600ml por R$10,00.

::Cervejas

Rótulos americanos, belgas, nacionais e caseiros por preços bem abaixo do mercado. Cervejeiros caseiros serão bem vindos para divulgar suas cervejas.

::Comidas
Os hambúrgueres e dogs serão preparados pelo Original Porks.
Duas opções de burgers de carne de porco e bovina, recheados com queijo e empanados.
Três opções de dogs, um Cheese Dog com molho de salsa verde, um Chilli Dog e um Bacon Dog (salsicha enrolada no bacon).

Confirme sua presença na página do evento.

Serviço:
2º Edição do Craft Beer Garage Sale
Data: 25/07 (Sábado)
Horário: 13h
Local: Pizzaria 409
Av. Nossa Senhora do Sabará, 409 - Campo Grande
São Paulo - SP

Vídeo & Fotos: Veja como foi o Brasil Brau 2015

O All Beers tem uma grande relação com o Brasil Brau. Foi o primeiro festival cervejeiro que participei e fiz cobertura, isso em 2009, ou seja, essa foi a quarta edição acompanhando de perto o evento.

O Brasil Brau 2015 registrou um recorde de público com cerca de 13 mil visitantes.
É importante destacar o crescimento desse evento. Há três edições estávamos dentro de um Shopping Center e hoje ocupamos uma área de cerca de 10.000 m2 e contamos com mais de 300 marcas em exposição”, diz. Victor Montenegro, diretor de negócios da Fagga | GL events Exhibitions, organizadora e realizadora do evento.



Durante os quatro dias, os visitantes puderam degustar mais de 400 rótulos trazidos por importadoras e cervejarias artesanais, conhecer as novidades em equipamentos, insumos e acessórios e participaram de 24 atividades como palestras, mesas-redondas, fóruns sobre o mercado cervejeiro além de assistir a final do Campeonato Mundial de Sommeliers de Cervejas, que aconteceu pela primeira vez no Brasil.


Rene Aduan, Raphael Rodrigues, Roberto Fonseca, Heloisa Lupinacci e André Clemente

O All Beers participou de uma mesa redonda sobre cerveja e gastronomia junto com outros jornalistas do meio cervejeiro (foto acima) e também aproveitou para degustar algumas novidades.

Logo no início, parei na Lohn Bier, de Santa Catarina e degustei a Quadruppel com cana de açucar e 14,7% de teor alcoólico (chope). Depois provei a mesma Quadruppel, mas agora a versão Wood Aged Amburana em garrafa que trouxe uma característica de madeira forte tanto no aroma como no paladar. Aquecimento na boca e aftertaste adocicado, muito boas!


Ainda na Lohn, degustei a Lohn Carvoeira, uma cerveja colaborativa com a cervejaria Random/Drei Adler. Uma Imperial Stout com com Funghi Secchi, Cumarú e 9,5% de teor alcoólico. Corpo médio, madeira, torrado forte no aroma, café e especiarias no paladar. Final seco, bem interessante!

As cervejas da Lohn Bier foram realmente um dos destaques positivos do evento, as garrafas devem chegar em breve nos pontos de venda em todo país.


Um lançamento que ainda não havia provado era a Dama/Tupiniquim Tupi, uma West Coast Rye IPA muito boa e que me fez tomar um copo inteiro, algo que não faço com frequência durante festivais, pelo grande número de cervejas que experimento durante todo o dia.
Com 7,5% de teor alcoólico, amarela no visual, corpo leve, maracujá bem destacado e amargor presente que permanece no aftertaste. Com certeza um dos destaques do Brasil Brau 2015.


Uma das grandes surpresas que tive foi um presente que recebi do amigo e criador do My Beer, Alexandre Ratinho que escolheu sete pessoas do meio cervejeiro para presentear com uma garrafa personalizada de agredecimento (foto acima). Uma American Stout com 8,3% de teor alcoólico, com chocolate 40% cacau e maturada com chips de carvalho.
Muito obrigado Ratinho pela lembrança e pelo grande presente!

Veja em vídeo como foi do Brasil Brau 2015:



Brasil Brau 2015 from All Beers on Vimeo.

Wäls lança a ousada Hop Corn IPA


A cervejaria mineira Wäls apresenta mais uma de suas obras de arte: a Wäls Hop Corn, uma inusitada interpretação do estilo IPA que definitivamente caiu no gosto e no paladar do brasileiro.

A receita levou um mês e meio para ser criada e seu nome, Hop Corn, faz alusão à sua inovadora combinação de ingredientes com os lúpulos Columbus, Cascade e Amarillo, finalizada com um dry hopping de Centennial, fazendo a cerveja atingir 70 unidades de amargor (IBUs). O delicioso e polêmico milho, ingrediente natural, assim como os demais da cerveja, também foi utilizado na criação resultando em um líquido intenso, instigante e fácil de beber.

Criar essa cerveja foi um grande desafio. Usamos milho sim e esse será mais um muro do falso conhecimento que vamos derrubar. Não existem barreiras para se produzir boas cervejas, nem mesmo a desconstrução da receita com o uso de novos ingredientes. Estamos quebrando paradigmas desde 1999 e desafiamos o paladar do nosso consumidor com esta inusitada combinação ao usar um dos estilos mais amados para fazer uma excelente combinação com um ingrediente como o milho”, conta José Felipe Carneiro, da Wäls.

O corpo leve somado à intensidade dos lúpulos traz um agradável amargor para esta cerveja que tem 6,7% de teor alcoólico. A bebida acompanha muito bem pratos picantes, como uma linguicinha apimentada.

O rótulo também mereceu atenção especial. Foi inspirado nos tradicionais saquinhos de pipoca que são vendidos em cinema, mas, ao invés do milho, foi colocado muito lúpulo, assim como na cerveja.

A Wäls Hop Corn estará à venda nos próximos dias em garrafas de 600ml com exclusividade no Empório da Cerveja, no Tasting Room da Wäls, em Belo Horizonte e na Cervejaria Bohemia. Logo depois ela chega nos pontos de venda em todo país.

22 julho, 2015

Cervejeiros da Argentina, da Colômbia e de 18 estados brasileiros realizam cursos em Blumenau


O jeitinho brasileiro de fazer cerveja tem atraído muitos visitantes para uma das cidades mais alemãs do país e terra da Oktoberfest brasileira. Desta vez, eles não querem apenas degustar e aproveitar a festa, mas também aprender mais sobre a bebida. Estudantes da Argentina, da Colômbia e de 18 estados brasileiros visitam a região para participar dos cursos concentrados de julho, oferecidos pela Escola Superior de Cerveja e Malte de Blumenau (SC). Os interessados em encher a bagagem de conhecimento sobre a cultura cervejeira são, na maioria, moradores distantes de Santa Catarina e que não podem se deslocar para o estado com frequência.

Este é um período que muitas pessoas estão de férias, então aproveitam a folga para aprimorar os conhecimentos”, explica Thiago Kuhn, gerente comercial da Escola Superior de Cerveja e Malte.

Os alunos possuem perfil variado e vão desde os produtores caseiros até os mais especializados. Os cursos concentrados são realizados entre os dias 13 de julho e 1º de agosto, voltados para os interessados em conhecer mais sobre a produção artesanal, a sommelieria e gestão de como montar uma cervejaria.
Thiago afirma que a procura pelos cursos tem aumentado a cada período, as turmas desse semestre alcançaram número máximo de alunos e algumas pessoas acabaram ficando de fora deste grupo, podendo participar somente nos cursos de janeiro do próximo ano. Segundo Thiago o mercado de cerveja artesanal está em grande expansão e este aumento tem atraído interessados em empreender no setor. “O segmento está em alta e crescendo em média 20% ao ano. O brasileiro não quer mais só degustar, ele também quer produzir e empreender”, finaliza.

Aprendendo na prática

Os alunos do curso de Sommelier de Cerveja poderão exercitar o aprendizado na prática. Na quinta-feira (29/7) e na sexta-feira (30/7) eles farão um estágio obrigatório em um restaurante da Vila Germânica e serão convidados a servir as mesas, selecionar as bebidas e indicar a harmonização com pratos.

Cursos concentrados de Julho oferecidos pela Escola Superior de Cerveja e Malte:

Cervejeiro artesanal concentrado – 13/7 a 25/7
Como montar sua cervejaria – de 20/7 a 31/7
Sommelier de cerveja – de 20/7 a 1/8
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...