19 setembro, 2017

"IPA Working Experience" seleciona voluntários para o IPA Day Brasil 2017


A ideia do programa IPA Working Experience surgiu na edição do ano passado do IPA Day Brasil para garantir agilidade e qualidade no serviço dos chopes.

Um dos maiores acertos da edição passada foi a criação do programa “IPA Working Experience”, quando trouxemos apaixonados por cultura cervejeira para o lado de trás do balcão. Esta galera literalmente suou a camisa para entregar cultura cervejeira a todos os participantes e fazer do festival um gigantesco sucesso.”. Comentou Rafa Moschetta, criador do IPA Day Brasil.

O projeto continua na edição de 2017 e conta com melhorias!

TODOS OS VOLUNTÁRIOS RECEBEM:
- Material de treinamento sobre os rótulos disponíveis no evento
- Certificado de participação
- Camiseta do evento
- Alimentação no dia do evento
- Ajuda de custo de R$50,00
- Ingresso para o Mini IPA Day* dos voluntários dia 13/11 às 18h.
*(Sem venda de ingressos e só para quem participar do programa. Um ingresso por voluntário.)


IPA Day Brasil 2016 from All Beers on Vimeo.
 
SELEÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS

1ª Fase - Prazo de inscrição.
18/09 à 01/10/17

2ª Fase - Envio de questionário para avaliar conhecimento/envolvimento com a cultura cervejeira.
04/10 à 05/10/17

3ª Fase - Anúncio dos selecionados.
11/10/17

INSCRIÇÃO: https://www.sympla.com.br/ipa-working-experience-2017__189495

Os selecionados que já tiverem comprado ingresso para o evento deste ano, continuarão inseridos na mesma política de venda de ingressos e poderão fazer a transferência de titularidade com até 24 horas antes do evento.
Serviço
IPA Day Brasil 2017
Data: 11/11/2017 (sábado)
Horário: 14h - 22h
Endereço: Quintalinda Espaço Para Eventos
Rodovia Anhanguera Km 303 – Sul - Ribeirão Preto Ribeirão Preto, SP

Ingresso: https://www.sympla.com.br/ipa-day-brasil-2017__120937

Mirtilo Orgânico e Sal Marinho na nova receita da Cervejaria Dogma


Sempre com a criatividade e ousadia em alta, a cervejaria Dogma apresenta seu novo rótulo, a Felix Culpa.
A novidade é uma cerveja do estilo Gose, tradicionalmente alemão que ganhou visibilidade nos últimos anos em todo mundo e que além do sal marinho, ainda recebeu uma boa carga de mirtilos orgânicos em sua produção. Uma cerveja especial merece uma garrafa especial, de 750ml e rolhada.

Com uma acidez aparente, essa característica sensorial da Gose e outros estilos similares vem conquistando os mais diversos paladares.
A Felix Culpa chega na próxima semana nos pontos de venda em todo país.


Dogma Felix Culpa
A culpa feliz por usar um ingrediente tão nobre quanto o mirtilo para produzir uma cerveja. Nessa Gose, utilizamos sal marinho e uma grande quantidade de suco de mirtilos orgânicos, o resultado foi uma cerveja de cor intensa, levemente ácida e com aroma pujante de frutas vermelhas.
Estilo: Gose com Mirtilo
ABV: 5,2%
Formato: Garrafa 750ml

Fabiana Arreguy lança seu primeiro livro: Cervejas e Comidas Mineiras - Vamos combinar?


Fabiana Arreguy, jornalista criadora da coluna de rádio Pão e Cerveja, faz sua estreia como autora lançando o livro "Cervejas e Comidas Mineiras – vamos combinar?".

O Lançamento será no o próximo dia 30 de setembro, de 11 as 14h, no Mercado Distrital do Cruzeiro, na capital mineira. O projeto começou a ser desenhado em 2013, quando a jornalista recebeu um convite da editora C/Arte, de Belo Horizonte. O mote do livro é contar a história das cervejarias artesanais mineiras contemporâneas, responsáveis pelo início de um movimento que hoje conta com mais de 70 cervejarias em operação. Ao mesmo tempo, o livro aborda algumas das possibilidades gastronômicas envolvendo a riquíssima culinária mineira e as cervejas produzidas no estado.

O estado de Minas Gerais é reconhecido por sua gastronomia particular, que mescla heranças indígenas, negras e portuguesas. Ultimamente as cervejas mineiras têm se destacado pela criatividade e qualidade, levando o estado a ser apelidado de “A Bélgica Brasileira”. 
Falar das comidas e das cervejas mineiras emparelhando-as foi o caminho adotado no livro para contar de forma simples e fluida como o movimento cervejeiro de Minas Gerais começou. O discurso em primeira pessoa, no qual a autora se coloca como personagem das histórias, faz a leitura ser leve como um geladíssimo copo de chope. É um livro de fácil consumo, repleto de memórias familiares divertidas, boas dicas de harmonização e a história de oito cervejarias, contadas por seus fundadores, ouvidos em longas entrevistas pela autora.


A jornalista Fabiana Arreguy (foto acima) tem importante participação no fomento do setor de cervejas artesanais mineiro, e porque não brasileiro ao criar, ainda em 2009, a coluna radiofônica Pão e Cerveja, veiculada à época pela Rádio CBN BH. Até então o assunto cerveja não chamava atenção dos veículos de Comunicação e colocá-lo semanalmente em pauta foi uma inovação!

Aos poucos a coluna, mesmo sendo veiculada localmente, alcançou audiência nacional, uma vez que os players do mercado do Brasil e do mundo eram os entrevistados. Muitas histórias e lançamentos se fizeram conhecidos pelo canal Pão e Cerveja. Em 2015 a coluna passou a ser diariamente veiculada pela Rádio CDL FM, também de Belo Horizonte. A jornalista assina ainda as colunas Líquido e Certo do Jornal Estado de Minas e Pão de Queijo com Cerveja, da Revista PQN Notícias. Há um ano relançou o blog Pão e Cerveja, hoje inserido no Portal Uai.

Beer Sommelier formada em 2010 pela Doemens Academy/ Senac SP, é co-fundadora e diretora da Academia Sommelier de Cerveja de Belo Horizonte.

Serviço
Cervejas e Comidas Mineiras – vamos combinar?
Editora: C/Arte
Preço sugerido: R$35,00
O livro já pode ser encontrado nas  livrarias Leitura, Quixote, Scriptum e Livraria do Ponteio, de Belo Horizonte. Na próxima semana chega a livrarias do Rio de Janeiro e São Paulo. Pelo site da editora pode ser adquirido com frete grátis (www.comarte.com)

Berliner Weisse com Goiaba será a cerveja oficial do Slow Brew Brasil 2017


A disputa foi acirrada no Concurso Homebrew para escolher a cerveja oficial do Slow Brew Brasil 2017. Um grupo qualificado de jurados escolheu a melhor Fruit Beer e a vencedora foi uma Berliner Weisse com Goiaba, produzida por Daniel Dinslaken, de Florianópolis.

“Quando soube do resultado foi uma sensação incrível, fiquei muito feliz e senti uma responsabilidade muito grande também, por ser o responsável por criar a cerveja oficial do Slow Brew Brasil, que para mim está entre os melhores eventos cervejeiros do país.”, comentou Daniel sobre a vitória.

O estilo Berliner Weisse é tradicionalmente alemão e recebeu um toque de tropicalidade proposta pelo concurso com a adição de Goiaba.

Daniel Dinslaken é cervejeiro caseiro desde 2013. Segundo ele, suas primeiras produções foram todas para o ralo e aos poucos foi aprendendo nos livros, cursos e com dicas de outros cervejeiros. Hoje ele é responsável pela plataforma de ensino online ConCerveja.

Participar desse concurso foi uma experiência incrível para mim, porque pude unir duas paixões, a cerveja e a biologia. Eu sou biólogo, com mestrado em Ecologia, e quando vi a proposta do Concurso fiquei muito empolgado em participar, a ideia de trabalhar apenas com frutas nativas foi uma sacada muito bacana dos organizadores.”. Comentou Daniel.

A cerveja vencedora será produzida na cervejaria Carranca e apresentada oficialmente no Slow Brew Brasil, que acontece em São Paulo, no dia 18 de novembro, no Centro de Eventos Pro Magno.

O Concurso Homebrew 2017 teve apoio da Cervejoteca, Lamas, Brew Beer e Cervejaria Carranca.


OS 5 PRIMEIROS CLASSIFICADOS

1- Daniel Fernandes Dinslaken
Estilo: Berliner Weisse com Goiaba

2- Marco Antônio Paes dos Reys
Estilo: Belgian Tripel com Goiaba

3- Marsoni Toshyio
Estilo: American Stout com Cajú;

4- Manoel Teixeira Lage
Estilo: American Wild Ale com Mangaba

5º- Matheus Silva Massa
Estilo: Hefeweizen com Jabuticaba

O Concurso Homebrew surgiu da ideia de prestigiar quem faz cerveja em casa, na panela. O objetivo é de promover a valorização da cultura homebrew nacional.

Slow Brew Brasil 2016 from All Beers on Vimeo.

SERVIÇO
Slow Brew Brasil 2017 – São Paulo
Local: Centro de Eventos Pro Magno (a 300m da marginal Tiete, sentido Casa Verde).
Endereço: Rua Samaritá, 230 - Casa Verde - São Paulo/SP
Data: 18/11/2017 (sábado)
Horário: 11h:30 Beer Parade: (Desfile das cervejarias participantes dando início a cerimônia de abertura oficial do festival).
Abertura dos portões:12h
Término: 20h
Site: www.slowbrewbrasil.com.br

Ingressos (penúltimo lote): https://www.slowbrewbrasil.com.br/festival/ingressos-categoria.html
#PartiuSampa
#SlowBrewBrasil2017

18 setembro, 2017

São Paulo Oktoberfest 2017: Presença de cervejas artesanais e muito mais!


Entre os dias 29 de setembro e 08 de outubro, a capital paulista irá celebrar a Oktoberfest. Será a primeira edição da festa alemã que entra para o calendário oficial do município. O Anhembi contará com uma estrutura de 23 mil m2 para receber mais de 150 mil pessoas em 10 dias, dispostas a degustar comidas típicas, cerveja, muita música e diversão.



A tradicional festa surgiu na cidade alemã de Munique e hoje é comemorada em várias partes do mundo. Os imigrantes que se estabeleceram no sul do Brasil a celebram todos os anos. Chegou a hora da capital paulista ganhar a sua Oktoberfest, homenageando a comunidade germânica e oferecendo à população acesso a essa cultura tão rica.

Maquete do evento em São Paulo

O Anhembi será totalmente ambientado aos moldes da festa de Munique. O espaço contará com dois palcos para shows e áreas como o Biertent (tenda da cerveja, onde serão servidas variedades da bebida, comidas típicas e apresentações musicais); o Biergarten (mesas ao ar livre e barracas de alimentos, bebidas, produtos variados e um grande palco) e o Bierpark (parque de diversões com roda-gigante, carrossel e diversos brinquedos para adultos e crianças).

Cervejas
Farão parte das opções de bebidas a Franziskaner, Serramalte, Goose Island, Colorado e Wäls. A Brahma Extra Märzen Lager, uma cerveja criada especialmente para as edições das típicas festas alemãs no Brasil, fará sua estreia na edição paulistana da festa, onde será comercializada exclusivamente na Biertent. O público da Biergarten contará também com todas as opções da Brahma.


Marcas artesanais também marcam presença na festa, assim como na edição de Blumenau. Veja a lista completa:
Madalena, Croma, Cervejaria Avós, Cervejaria Dádiva, Cervejaria Blumenau, Schornstein, Perro Libre, Bamberg, Satélite, Caverna, Bersi, Synergy, Guaru, Juan Caloto, Suméria, Doktor Brau, Heroica, Caravan, Freaktion, Dakkar, Daoravida, Bragantina, Urbana, El Roboto, Mea Culpa e Providência.

Para comer
O chef alemão, Werner Rotzinger, apresenta o cardápio criado especialmente para a festa na área Biertent. Além desses tradicionais pratos alemães, no Biergarten os visitantes ainda encontrarão mais de 60 pratos típicos.



Os ingressos estão disponíveis pelo site www.ticket360.com.br. As entradas custam de R$100,00 a R$150,00, conforme as áreas de acesso. O ingresso comum tem o valor de R$100,00 e dará acesso às áreas Biergarten e Bierpark, enquanto o ingresso Biertent custa R$150 e dará acesso a todas as áreas da festa. Há meia entrada para estudantes e idosos, menores de 14 anos não pagam o ingresso. Haverá esquema especial de transporte público para a população, bem como serviço de shuttle oferecido pela produção do evento.

Mais informações pelo site: www.saopaulooktoberfest.com.br



Serviço:
São Paulo Oktoberfest 2017
Data: De 29 de setembro a 8 de outubro
Local: Sambódromo do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1209 - Santana, São Paulo – SP.
Ingresso: www.ticket360.com.br

15 setembro, 2017

Mohave Sunset Rock agita o Grand Hyatt no aquecimento para o Rock in Rio 2017


Guns N' Roses, The Who, Aerosmith, Incubus... A lista de grandes bandas que irão ocupar o palco da sétima edição do Rock in Rio é extensa. Para quem quiser aquecer as turbinas com boa música e muita cerveja, a primeira edição do Mohave Sunset Rock é a opção perfeita. Serão dois sábados (16 e 23 de setembro) ocupando a beira da piscina do hotel Grand Hyantt, na Barra, a partir das 12h. A entrada é gratuita.

Três rótulos da cervejaria carioca estarão disponíveis ao público e serão servidos em copos de 300ml. Aromática, a Coyote, uma american lager, sai por R$ 10,00. Já a belgian dark strong ale Bandita e a American IPA Diablo, último lançamento da marca, vão custar R$ 12,00 cada. Para não passar fome, a equipe do restaurante Cantô Gastro & Lounge assina o cardápio.


O som ficará nas mãos da Floaters. Para entrar ainda mais no clima, a banda preparou um setlist que contempla apenas canções de artistas que fizeram a história do Rock in Rio. Eles sobem ao palco a partir das 13h30. Antes e depois do show, DJs irão manter o público animado.

Serviço:
Mohave Sunset Rock
Dias: 16 e 23 de setembro
Horário: a partir das 12h (show com a banda Floaters a partir das 13h30)
Local: Avenida Lúcio Costa, 9600 - Barra da Tijuca
Entrada gratuita

Experiência amarga continua na série "Lover" da Dogma


Já é possível identificar que cada consumidor tem o seu rótulo preferido na série “Lover”, da cervejaria Dogma. Alguns gostam mais da Simcoe, outros da Mosaic, Citra, entre outras muito desejadas.
Essa é justamente a ideia da cervejaria, mostrar as diferenças de cada lúpulo em uma mesma base de cerveja. O protagonista da vez é o lúpulo El Dorado.

"Esta série de single hops foi pensada tanto para os geeks que querem aprofundar seus conhecimentos sensoriais sobre lúpulos, quanto para um amante de IPAs que quer um produto fresco e delicioso. Sem maltes caramelos em sua composição e com uma carga de 20G/L de lúpulo. Vamos mostrar para vocês tudo o que esses lúpulos são capazes de fazer sozinhos em uma IPA".

Estilo: Imperial IPA
ABV: 8,7%
IBU: 80
Formato: Lata e Chope 473ml

A Dogma El Dorado Lover chega nos próximos dias nos pontos de venda em todo país.

Suricato Ales: Lançamento da Seal the Deal e mais curiosidades


A Suricato Ales, de Porto Alegre (RS), já é conhecida do público beer geek pelos seus rótulos como Palessauro (Dry Hopped Sour Ale), The Wall (Berliner Weisse), Purple Rain (Berliner Weisse com Uva), Lucid Dream (Brett NE IPA), entre outras.


Hoje acontece o lançamento da Seal the Deal (imagem abaixo) e também o início de uma parceria com a cervejaria Dádiva, de Várzea Paulista.
A novidade é uma Double IPA em lata, com 8,2% de teor alcoólico, Dry Hopping e um perfil cítrico bem acentuado.


Desde o ano passado a produção da Suricato migrou da Heilige para a cervejaria Landsberg e agora também na Dádiva, ou seja, dois pontos estratégicos para melhorar a distribuição da marca.
Além da Let's Seal the Deal, recentemente eles lançaram a Ugly Duckling, uma Catharina Sour com Açaí e Morango em parceria a cervejaria carioca Overhop.


O lançamento oficial acontece no dia 15/09 (sexta-feira), 19h, no Empório Alto dos Pinheiros, em São Paulo.

14 setembro, 2017

Heineken e Rock in Rio 2017: Guia completo!


A Heineken é patrocinadora do Rock in Rio desde 2011 e vem transformando o patrocínio, de edição em edição, em uma plataforma cada vez maior e mais elaborada no que se refere à construção de marca e experiências para os consumidores. Neste ano, a cerveja oficial do festival traz novas e já consagradas ativações.

A decisão de patrocinar o evento em 2011 aconteceu em um cenário bastante diferente do que existe hoje. A Heineken havia acabado de chegar como operação ao país e apostou que o Rock in Rio lhe proporcionaria a oportunidade de implementar um trial bastante qualificado.

Foi uma decisão arriscada, mas hoje temos certeza de que foi a melhor aposta que poderíamos ter feito. A Heineken era nova no mercado e, naquele momento, o Rock in Rio significava quase todo o investimento da marca”, conta Vanessa Brandão, diretora da marca Heineken.

Entre aqui e confira todas as atrações do Rock in Rio 2017.



Com a marca estabelecida e rumo à quarta edição consecutiva do patrocínio, hoje a Heineken tem espaço e propriedade para explorar sua participação de diversas maneiras. Neste ano, sua campanha para o Rock in Rio traz o conceito #liveyourmusic, ativado pela marca em seus patrocínios a diversas iniciativas e festivais por todo o mundo.

Durante o festival, Heineken ajudará os fãs a interagirem com as principais bandas de cada dia por meio da hashtag #heinekenplay. Os usuários do Twitter e do Facebook poderão postar os nomes das faixas que mais querem ouvir. As músicas que atingirem o maior número de postagens terão seus nomes projetados no telão da Tirolesa, que fica bem de frente para o Palco Mundo, como um recado para os artistas.

Lounge Heineken
A música também estará muito presente no lounge da Heineken. Neste ano, a inovação fica por conta de telas de led que se moverão de acordo com a energia da pista e de um palco que receberá a Star Band, uma banda que fará apresentações não apenas para os convidados do espaço, mas também para quem quiser curtir mais uma atração nos intervalos do line up oficial do evento. O repertório está alinhado com os estilos dos artistas que se apresentarão no festival e poderá passar por obras de Madonna, Michael Jackson, Mr. Big, Whitesnake, Van Halen, Aerosmith, Pharrel Williams, Bruno Mars, entre outros. O cardápio para os convidados ficará por conta da House of Food, veja a programação abaixo:

No primeiro dia de festival, a cozinha fica sob o comando da Família Okereke com o chef nigeriano James Okereke, do restaurante Mama África, e suas filhas gêmeas Tracie e Tasha Okereke. No cardápio, Fufu (massa de farinha de arroz e trigo combinada com molhos), Burguer Nigeriano e Burguer Nigeriano Veggie.

No sábado, quem assume o menu é a chef Rafaela Louzada, do Invasão Britânica, com suas famosas batatas fritas que estarão nos pratos Fish and Chips (peixe empanado em massa de cerveja lager, acompanhado de batatas canoa e molho tártaro clássico), chips (batatas canoa com veganese de wasabi) e Baja Fish Tacos (soft tacos recheados de peixe empanado bem temperado saladinha de repolho salsa pico de gallo e tradicional white sauce).


No domingo, o menu fica por conta do chef Pedro Machado que começou na cozinha com 16 anos, trabalhando no badalado restaurante Redondo e hoje em dia atua como chef consultor, faz pequenos eventos de catering e ministra aulas no Sindrio. Após meses de trabalho com as Olímpiadas 2016 o chef agora vai figurar no lounge da Heineken, sempre com o bacon no coração. Em suas criações, estarão Hambúrguer (com blend do chef, queijo minas padrão, maionese de bacon, cebola crocante e bacon caramelizado) e Arancini de bacon (bolinho de risotto de bacon servido com chutney de tomate).

Depois do intervalo do festival, a cozinha do lounge retoma as atividades sob o comando de Bia Falcão, do grupo Inhame Inhame, que cozinha delícias vegetarianas para servir a todos os gostos: Okonomiyaki ("panqueca" japonesa com massa a base de repolho, inhame ovos e bacon servida com maionese japonesa molho inglês e cebolinha), Katsu Sando (sanduiche de porco frito no panco com maionese da casa e molho tonkatsu) e Gyoza de Shitake (Pastel japochinês cozido no vapor e frito com casquinha crocante recheado com shitake).

A noite seguinte é do Pedro Benoliel que herdou o gosto pela cozinha das festas animadas de sua família judaica, que também tem uma parte original dos estados do Amazonas e Pará. Para os convidados da Heineken, Peito de boi “bourgunhão" (com batata calabresa salteada com paio e ervas frescas), Bolinho de arroz de linguiça calabresa com maionese picante com hortelã e Bolinho de feijão recheado com provolone e maionese picante.

O paulistano Paulo Yoller, do Meats, levou tão a sério seu interesse pelas carnes que foi trabalhar num açougue em Pirituba, onde aprendeu tudo sobre. Em seu cardápio, Fininho de carne bovina, Fininho de falafel e Batatas mistas (doce e salgada).

O último dia de festival vai ficar nas mãos dos chefs Gabriel Matteuzzi e Guilherme Vinha, o TÊTE À TÊTE, um dos ícones do plano de revitalização do centro de São Paulo. No cardápio, sanduíche quente, pão de abóbora com brisket braseado e salsa crioula, sanduíche Frio, com duxelle de cogumelos, abobrinha grelhada com ervas aromáticas e folhas picantes e por fim, empada de vegetais assados e queijo feta.


A cerveja oficial
A Heineken vai abastecer a Cidade do Rock com mais de 650 mil litros de cerveja. Para garantir que o produto seja servido da forma correta e na temperatura ideal, a marca monta uma estratégia especial em sua cervejaria de Araraquara (SP) com uma frota de 16 caminhões destinados exclusivamente a atender a demanda do evento. Além da instalação de mais de 200 chopeiras para abastecer o festival, a marca contará com o apoio de 190 backpackers que circularão entre o público e com a operação de duas Beer Stations com cenografia de cervejaria sobre rodas e capacidade de 35 litros de cerveja.

Esta qualidade de serviço envolve uma equipe com mais de 50 pessoas no Brasil, além de um time especial de 7 bartenders holandeses que trabalham no Heineken Experience, em Amsterdã. O “crew” vem ao Brasil especialmente para participar do festival, mostrar e difundir o ritual Star Serve, uma metodologia mundial para tirar a Heineken perfeitamente com cinco passos que requerem muito treinamento. Todas as cinco etapas (enxaguar, tirar, cortar, checar e apresentar) serão oferecidas para o público do Rock in Rio. Além de trabalharem no Lounge Heineken e na área vip do festival, os holandeses também farão o Star Serve na Tirolesa.


A marca também trabalhará os conceitos de reciclagem e consumo responsável em dois stands Rock & Recycle posicionados na Rock Street e Rock District. Os consumidores que recolherem 15 copos plásticos terão direito a trocá-los por um copo comemorativo exclusivo da marca e poderão enche-lo em uma “chopeira de água” que tem como objetivo sinalizar a importância do consumo moderado, além de interagir com a marca, fazendo gifs relacionados à música.

Sol Premium na Gourmet Square
Pela primeira vez, a Heineken Brasil insere mais uma de suas marcas no festival. A cerveja Sol Premium estará presente no Gourmet Square para acompanhar o cardápio de 14 chefs renomados do Rio de Janeiro. Leve e refrescante, a marca será uma opção para quem busca a liberdade de poder relaxar e curtir uma experiência diferente durante o festival.


Heineken Promo - rock in rio - Dietrich tv
from Francis Girard on Vimeo.

13 setembro, 2017

Central de Notícias #10 | Vulgaris Brewery, IPA Day Brasil, Dogma, Zalaz, Salvador Tap Room, Trópica e Brasil Brau (vídeo)


::Nasce uma nova cervejaria cigana, a Vulgaris Brewery
Projeto que nasceu da ideia de três sócios e mais o cervejeiro Mário Coppini (Ex-Bier Hoff) de produzir boas cervejas para um público conhecedor e também  iniciantes. No momento acontece a produção do primeiro rótulo na Cervejaria Nashville, em Curitiba e será uma Session Australian IPA com 4.3% de teor alcoólico e batizada de Uluru.
A novidade será lançada em chope no dia 30 de setembro.
Lançamento:
Redface Brewpub
Rua Itupava, 1266, Curitiba
Horário: 14h
Acompanhe tudo pelo facebook da cervejaria: www.facebook.com/vulg.brewery



::IPA Day Brasil 2017 anuncia segunda lista de chopes
O evento mais amargo do país vai ganhando corpo e divulga sua segunda lista de chopes, veja abaixo:
- Cervejaria Hocus Pocus - Event Horizon - New England IPA
- Weird Barrel Brewing Co - Fancy BURP - English IPA 
- Weird Barrel Brewing Co - Naughty GROG - Black IPA 
- Weird Barrel Brewing Co e Cervejaria Seasons - One-Eyed COW - New England IPA 
- Weird Barrel Brewing Co. - Pirate’s FLIP - Session IPA com gengibre
- Cervejaria Colorado - Colorado Eugênia - Session IPA com a fruta Uvaia
- Cervejaria Colorado - Colorado Nassau - White IPA com cajú 
- Cervejaria Colorado - Colorado Vixnu - Imperial IPA 
- Zeit Cervejaria - Bom Vivaan - Session IPA
- Zeit Cervejaria - Nautilus - American IPA

Os ingressos estão no último lote, garanta o seu: https://www.sympla.com.br/ipa-day-brasil-2017__120937


::Dogma lança Touro Sentado e Hop Lover em latinhas de 350ml
Continuando com a aposta em latas, a cervejaria Dogma lança essa semana no mercado, dois clássicos amargos do seu portfólio em latinhas de 350ml, a Touro Sentado (American IPA) e a Hop Lover (Imperial IPA).
Nome da cerveja: Dogma Hop Lover
Estilo: Imperial IPA
ABV: 8,7%
IBU: 90
Formato: Lata 350ml

Nome da cerveja: Dogma Touro Sentado
Estilo: American IPA
ABV: 6,5%
IBU: 60
Formato: Lata 350ml


::Zalaz lança sua primeira IPA no mercado nacional
A Zalaz Áurea é uma IPA com 7,3% de teor alcoólico, 50 IBUs e que nasceu depois de um curso feito pelos proprietários em Vermont.
Para adicionar uma característica da fazenda, localizada em Paraisópolis (MG), foi adicionado chá da cereja do café recém colhido, equilibrando o dulçor com o amargor dos lúpulos Mosaic, Citra e Simcoe.


::Salvador Tap Room inaugura essa semana, em Caxias do Sul

Caxias do Sul está prestes a ganhar mais um atrativo turístico para amantes de cerveja artesanal. Os irmãos Leonardo e Andrigo Salvador, juntos dos sócios Cláudio Ferreira Costa, Fabiano Gasperin e Jocemar Gross, organizam os detalhes finais do evento de inauguração do Salvador Tap Room, que ocorrerá no próximo sábado (16), na Fabbrica, complexo gastronômico e cultural que ocupa um pavilhão histórico na Rua Nelson Dimas de Oliveira, 11 – atrás da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.


O local inaugurado em 1942 passou por processo minucioso de restauração nos últimos sete meses, mantendo as características originais da construção. O tema clássico dita os ambientes do Salvador Tap Room, que seguirá o conceito militar no projeto desenvolvido pela arquiteta Mariana Marchioro.


Para o evento do próximo sábado, o Salvador Tap Room terá como atração as bandas Hot Pants e Cine Privê. Na alimentação, sushi que será preparado pelo Reffetorio e hamburguer pelo Villa Basílico.
São dez torneiras de chope, todas com criações da Salvador Brewing:

Big Chief - American Ipa
Roza - Witbier
Dog Fight - American Brown Ale
Easy Company - Hop Weiss
Little Chief - Session Ipa
Kombat - Lager
Otto Von - Doppelbock
Cap Jack - Juice Ipa
Checkpoint - Berliner Weisse
Overlock - Bergamota Sour
Dragon Lady - Tangerine Ipa

::Cervejaria Trópica lança novo rótulo em lata
A Trópica Hawaii é uma Fruit IPA que nasceu da combinação do suco natural do abacaxi com o aroma frutado dos lúpulos El Dorado e Ekuanot. Apresenta 5,8% de teor alcoólico, amargor moderado e foi desenvolvida pelo Mestre Cervejeiro, Pedro B. de Lucca. A novidade já pode ser encontrada nos pontos de venda em todo país.


::Vídeo: All Beers no Brasil Brau 2017
O All Beers foi acompanhar de perto o que aconteceu no Brasil Brau 2017, na capital paulista, e ainda participou como mediador de um debate sobre os preconceitos no meio cervejeiro. Veja alguns momentos no vídeo abaixo:

Cervejaria Treze: Novo posicionamento da marca e lançamento inspirado na Caipirinha


A coquetelaria está em alta no Brasil. Mas entre as centenas de receitas americanas e européias, como Negroni, Old Fashioned e Gin Tônica, uma delas resiste como a grande representante da mixologia nacional: a Caipirinha.

Não há um bom bartender que não respeite e valorize a história e a importância da Caipirinha, drink servido desde os bares mais aclamados até o boteco da esquina, e que representa nossa cultura em menus do mundo todo.

A Cervejaria Treze decidiu homenagear o drink nacional em seu novo lançamento: a Caipirinha Sour.

Nós criamos uma receita inspirada pelas principais características sensoriais da Caipirinha: a refrescância, a predominância cítrica do limão tahiti, a potência alcoólica equilibradamente acentuada, a complexidade aromática de uma boa cachaça branca e um leve dulçor residual que equilibra toda essa acidez” explica Bruno Couto, da Cervejaria Treze.


A cerveja segue a classificação das American Sours ou Wild Ales, conhecidas por sua predominância ácida. O Dry Hopping intenso veio com os lúpulos Lemon
Drop, Sorachi Ace, Citra e Centennial, escolhidos para complementar o perfil aromático cítrico junto com cascas de limão tahiti e a complexidade de aromas mais rústicos da fermentação com Brettanomyces.

A cerveja será lançada a partir da próxima semana paralelamente em diversos bares cervejeiros de São Paulo.

E na próxima Terça (19/09), o bartender Jean Ponce, que é referência quando o assunto é coquetelaria e bebidas nacionais, abre as portas do Guarita para servir um drink que criou especialmente para a novidade da Treze: Uma releitura da Caipirinha usando a Caipirinha Sour como ingrediente.

Esse momento também marca uma nova fase da cervejaria: será a primeira receita da Treze produzida na Cervejaria Dádiva. Os cervejeiros Bruno Couto e Eduardo Marques (foto abaixo) fecharam uma parceria com a fábrica de Várzea Paulista para a produção e distribuição de suas próximas receitas.


A Treze Caipirinha Sour, uma Dry Hopped Brett Sour com Limão Tahiti, tem 7% de teor alcoólico e será vendida em latas de 473ml, sem pasteurização.

A arte na lata mantém o projeto da cervejaria de trazer o talento de ilustradores para cada rótulo, a ilustração da Caipirinha Sour é assinada pelo ilustrador Cristhian Herman (A.K.A. RUFUS).

Mais informações sobre a Caipirinha Sour e o evento no Guarita:. Pelo Instagram em: www.instagram.com/cervejariatreze. Facebook em www.facebook.com/cervejariatreze.

12 setembro, 2017

Priscilla Colares: Coluna 14 - Viagem Cervejeira para Europa - Parte I: Planejamento


Quem acompanhou a minha viagem para a Holanda e Bélgica pelo Instagram Stories viu que foi longe de ser uma viagem com roteiro 100% planejado. Algumas coisas eu escolhi ser assim, outras… nem tanto.

A ideia deste e dos próximos textos é meio que um diário da viagem. Tem muita gente que já está escolada em viagens cervejeiras internacionais, tem gente que ainda tá planejando colocar o pé lá fora. Se esse último for o seu caso, talvez tenha informações relevantes. 


Planejamento!
Eu me concentrei mais em poder ficar 17 dias fora e não prejudicar o meu trabalho aqui no Brasil do que o que eu iria fazer lá. Respirar o ar de outro país já é divertido pra mim. Então não… não planejei de hora em hora o que ia fazer, até porque esse não é bem meu estilo.

Eu curto viajar sozinha e adoro tanto encontrar e fazer novos amigos durante o passeio. É uma delícia caminhar e ir admirando a arquitetura local, entrar em uma livraria, decidir tomar um café em um lugar aleatório ou passear por feiras e mercados e ir tomando cerveja entre um e outro programa. Esse é o meu estilo de viagem! Também reservo alguns dias pra fazer nada e não ser Turistiane. A melhor forma de fazer isso é alugar um flat maneiro no airbnb e curtir o “dolce far niente" (de preferência após ter enchido a geladeira de cerveja).

Fica mais lindo na companhia de amigos e boys magias? Com certeza! Só não rola deixar de viajar pra esperar todo mundo estar disponível. Viaje!

Onde ir?
Eu criei um mapa no Google Maps e fui marcando todos os locais que eu gostaria de ir. Pintei com cores diferentes os que morria de vontade e os que seriam “maneiros”. Busquei lugares interessantes e curiosos no Trip Advisor, em blogs e sites de viagens (melhoresviagens.com.br), perguntei dicas à amigos e salvei locais que os amigos frequentavam. Foi um processo…


No total foram uns 60 lugares. Sim… muita coisa! A ideia não era ir em todos e sim saber que eles já tinham sido “pré selecionados”.

Apesar dos pesares, o ratebeer.com foi muito prático. O app para celular e o site listam vários locais com reviews. Você tem a opção de buscar por nome de cidade e já adicionar na sua lista ou buscar locais perto de você. Não deixe de verificar os horários de funcionamento. Nada pior que dar com os burros n’água.

Hospedagem

Eu uso há algum tempo o app Hotel Tonight. Ideal para viagens curtas de 2 noites (máximo que você pode reservar pelo app). Em baixas temporadas é possível encontrar hotéis muito legais com preço de espelunca. Só não esqueça de ler os poréns no final da página (no refundable, double bed, sem café da manhã...). Se você curte pechinchar vale ligar e tentar fazer a reserva direto com o hotel e verificar promoções.

O Airbnb eu também uso há algum tempo. Gosto muito. Certifique-se que você está lendo as reviews mais novas (as melhores costumam ficar no topo) e que tem noção de preço de hotel para fazer um prós/contras. Nem sempre é a opção mais barata. Se você acabou caindo em uma furada (como eu) faça o seguinte: tire fotos de tudo que não está de acordo com o anunciado e entre em contato com o site.

Internet
Ficar sem internet não rola né? As opções que encontrei foram: comprar um chip por aqui (achei easysim.com por USD60 para 15 dias), comprar no vôo (no da TAP tinha roteador, esqueci o preço :/) ou assim que pousar. Eu paguei €30 num pré pago de 3G com ligação e SMS pela Vodafone em Amsterdam. Conversando com algumas outras pessoas parece que tem opção mais barata pela Orange (na Bélgica). Só não me banque o milionário e caia na besteira de usar a sua linha do Brasil pra ter internet a R$39 o dia. Desperdício de dinheiro que você poderia estar gastando com cerveja.

Tenha um carregador portátil com você o tempo todo. Não sei o que é pior, ser o chato que pede mesa perto de tomada ou ficar sem todas as anotações da viagem por causa da bateria morta. Anote alguns números e endereços importantes no papel, a vovó sempre recomendou isso e um casaquinho.

Voo/Bagagem
Ok, você e eu já sabemos que a pergunta é: quanto posso trazer de cerveja? E é assim que você começa a procurar seu voo… pela quantidade de bagagem! Aquele voo baratinho com só uma mala de 23kg pode sair mais caro se for despachar bagagem extra. Não seja juninho nessa.

Eu tenho 0 a reclamar do meu voo. Fui e voltei de TAP Portugal com apenas 1 conexão e 2 lindas e pesadas malas de 32kg. Mais que suficiente para eu poder trazer os 12 litros de bebida permitido.

Nesse momento também vale consultar o que pode e o que não pode levar/trazer. Morro de preguiça dos empata fila de Raio X com a merda dos aerossóis. Deixe de ser preguiçoso e leia esse guia, vai ser útil!

Na dúvida de qualquer procedimento consulte o site do TSA. Provavelmente se é permitido lá é permitido em qualquer lugar. Eles são os mais exigentes com regras de viagem. A primeira coisa da lista de itens permitidos do TSA: adult toys (hahaha)... Como eu sei isso? Porque eu fui lá consultar o site do TSA pra saber se podia levar meus copos de cerveja na bagagem de mão e na sessão all itens o primeiro é adult toys! Aprender é divertido! (Lá não fala que não pode, sendo assim eu trouxe. Deu bom!).

Queremos trazer álcool e queijo!


Sim, nos podemos trazer 12 litros de bebidas alcoólicas! Eu trouxe 30 garrafas e tive 0 perdas! No site da Receita eu não encontrei mais informações mas, eu usaria a mesma classificação para voos domésticos (garrafas lacradas, rotuladas, de até 1 litro e com informação de teor alcoólico que deve ser inferior a 70%).

Outra parte importante é o acondicionamento. Eu levei algumas embalagens que tenho e já uso para transportar bebidas: porta Champagne da Veuve Clicot que é revestido de isopor por dentro, um porta growler que comprei na Backer e acondiciona super bem de 4 a 5 garrafas e algumas wine skin. Procure aí na sua casa algo que possa ajudar. Aquelas embalagens de isopor para garrafa são muito boas pra isso!

Coloquei todas as garrafas em ziplock bags (se a garrafa quebrar não molha e mancha toda a sua mala e roupas), enroladas em plástico bolha (já compra e leva daqui… perder tempo procurando plástico bolha? Mehhhh, volte 1 casa) e usei as minhas roupas para enrolar novamente as garrafas! Vá fazendo rolinhos com tudo isso que o seu tesouro chega inteiro.

Queijo: sim, você pode trazer queijo! (Eu não trouxe :/). Fui pessoalmente conversar com a fiscal do Vigiagro em Confins que me auxiliou sobre as normas para trazer alimentos. Basicamente leia essa Instrução Normativa e se você não respeitar a exigência o bundão é você… mude a lei ou pare de falar merda em pots no Facebook sobre o queijo que o fiscal fez você jogar fora. Te dando uma canja: você pode trazer até 5kg de queijo de maturação longa desde que em sua embalagem original (fracionou fudeu).

Ah… não esqueça de colocar etiqueta de FRAGIL na sua mala!

Malas de mão
Faça malas objetivas (recado para mim). Se você não é uma blogueira de moda dificilmente usará 5 pares de sapato. Já vá com as combinações prontas.

Leve remédios que você usa em quantidade suficiente. Tem países que é preciso de receita médica para comprar anticoncepcionais, por exemplo. Leve também remédio para dor de cabeça, sinusite e as coisas que você costuma ter ocasionalmente. Tenha suas droguinhas com você!

Dinheiros
Nessa área eu vou dizer que preciso de mais pesquisa. Meus pitacos: particularmente prefiro levar em espécie do que pagar 6% de IOF no cartão de crédito (mais taxas da administradora, mais a taxa de cambio do dia do fechamento da sua fatura, não do dia da compra). O contra é que se acontecer algo...

Achei as menores taxas no Banco do Brasil... o único problema é o próprio banco, sendo moroso como sempre. Também levo uma parte em cartão de viagem (a única vantagem é a taxa de câmbio não flutuante, você vai pagar o IOF de qualquer jeito). Eu uso o cartão da Cotação.

O inacreditável: na Holanda alguns lugares não aceitam nota de €100! Sim, eu também fiz essa cara que você deve estar fazendo... Aconteceu comigo. A moça sorriu e disse, nós não aceitamos essa nota. Perguntei 3 vezes pra ver se não era o meu inglês mas a coisa é que eles não são obrigados a aceitar. Assim de simples. Na próxima só de €50!

Durante o voo
(disclaimer… não tem nada haver com cerveja)
Não sei que tipo de passageiro me incomoda mais, o que pula da cadeira assim que o freio de pouso toca o chão ou se aquele chato que leva travesseiro, bolsa, casaco, carry on e umas outras cinco sacolas. Atrasa todo mundo e claro, nunca da conta de carregar toda a sua tranqueira sozinho. Não seja assim.

Compre uma garrafa de água na sala de embarque. Ter que ficar pedindo copinho de 200ml toda hora num voo longo e acordar seu colequinha do lado tb é coisa de gente chata. Não se esqueça de se hidratar durante o voo. Além de beber muita água eu gosto de passar um creminho e um hidrante para os lábios… melhor pousar diva do que com cara de amarrotada!

Se você é dos que roncam alto… eu indico para todos os outros um abafador de ouvido mais um headfone. Não tem outra saída, você incomoda. Que a gente não viaje mais junto. Amém.

Uma última dica: vai ao banheiro? Porra filho, tranca essa merda dessa porta! Assim a luzinha vermelha acende e a 'bunita' aqui não tem que ver a sua bunda peluda quando empurra a porta do banheiro que dizia não ter ninguém lá. Cenas de terror nunca são bem vindas dentro de um avião!

Sim… eu não precisava escrever isso mas quis. Acredite… se você ainda não viu tudo isso acontecendo é porque não viajou suficiente.  #etiquetadevoo

Outras burocracias
Obviamente vão depender do seu destino. Para a maioria dos países da Europa é exigido seguro viagem de no mínimo €30.000. Eu fiz, (Paguei R$200) mas não me foi exigido na entrada em Portugal (conexão). Alguns cartões platinum tem essa função, sempre bom conferir. No mais é tranquilo. Bom ter anotado o endereço do hotel e comprovante da reserva impresso. Caso for ficar na casa de amigos e parentes tem que informar o endereço, telefone e se tiver uma carta convite, melhor.

Esqueci de algo?

ps.: para você que não está acostumado a ler meus textos: reticências são usadas sem limites. Eu gosto muito de ... !

Veja as demais colunas da Priscilla Colares.

Mondial de la Bière Rio 2017: Seasons e Maniba juntas na cerveja e no stand!


O Mondial de la Bière 2017 acontece em outubro na cidade do Rio de Janeiro e esse ano, duas grandes cervejarias gaúchas, Seasons e Maniba resolveram se unir na produção de um rótulo e também no stand! Isso mesmo, as duas cervejarias vão dividir o mesmo espaço, cada uma com sua linha de produtos. Para celebrar tal união e amizade, resolveram fazer uma cerveja colaborativa.

"A gente se conhece a tempo demais pra ainda não termos feito uma cerveja juntos...", comentam Leo Sewald e Cristiano Winck, proprietários das cervejarias Seasons e Maniba, respectivamente.


Cristiano Winck (Maniba) e Leonardo Sewald (Seasons)

A cerveja produzida combina lúpulos cítricos e herbais, usando novas e já conhecidas variedades de lúpulo. Para coroar a experiência, raspas da casca de Limão Tahiti preparadas na hora foram acrescentadas ao processo, finalizando a cerveja com bastante refrescância.


A novidade será envasada apenas em barris e especialmente para o Mondial de la Bière.


Mondial de La Bière Rio from All Beers on Vimeo.

Serviço:
Mondial de la Bière Rio 2017
Data: 11 a 15 de outubro de 2017.
Horário: Quarta e sexta de 15h às 23h, quinta, sábado e domingo de 14h às 23h. 
Local: Píer Mauá, Armazéns 2, 3 e 4 | Av. Rodrigues Alves, n° 10, Saúde, Rio de Janeiro.
Venda de ingressos pelo site www.mondialdelabiererio.com

11 setembro, 2017

Exclusiva: Toppling Goliath no Brasil! Saiba dos detalhes!


Sim, a cervejaria norte-americana Toppling Goliath, de Decorah - Iowa, chega ao Brasil nos próximos meses, ainda em 2017!
Essa é uma daquelas cervejarias bem cultuadas pelos beer geeks, com produção pequena e com uma distribuição super limitada para apenas 9 estados norte-americanos.

Presente na lista das "Melhores cervejarias do Mundo" em 2017 (e alcançando inclusive o 2º lugar em 2014), o hype em torno da Toppling Goliath é facilmente percebido nas listagens de melhores cervejas da atualidade.

Ainda não sabemos ao certo quais rótulos devem chegar no primeiro container, mas o All Beers apurou que elas chegam em novembro pelo grupo OnTrade/Bierwelt que agora conta com o reforço de Daniel Dinelli (ex-sócio investidor da Beer Concept) na equipe.

Há 2 anos venho negociando grandes marcas internacionais de craft beers e uma das coisas que mais me motivam é trazer cervejas consideradas impossíveis. Nem o beer geek mais otimista acreditaria no atual feito.” brinca Daniel, responsável pela negociação da marca.



E agora, com toda a experiência e êxito adquiridos nesse nicho nos últimos anos, acabo de firmar uma nova parceria com o grupo OnTrade/Bierwelt. Eles são um dos pioneiros no país, com 12 anos de experiência exclusivamente dedicados às cervejas artesanais. Possuem estrutura completa de operação, com importação própria, distribuição, armazenagem refrigerada, e-commerce, vendas em todos os canais e profissionais com muitos anos de mercado. Estou muito feliz com esta evolução no modelo de negócio.", finalizou Daniel.

A importação é exclusiva e segundo os envolvidos, esta é a primeira entre grandes marcas mundiais já confirmadas e que serão anunciadas em breve.
Mais novidades aqui no All Beers!

06 setembro, 2017

Cervejaria 2Cabeças inaugura seu bar no Rio de Janeiro


A cervejaria 2cabeças inaugura hoje, dia 6 de setembro, a Estação 2cabeças. O espaço, na Rua General Polidoro, em Botafogo, conta com 10 torneiras de chope de onde vão jorrar cervejas da marca carioca e também rótulos convidados. O local também receberá cursos e degustações.

Além de beber chope no local, será possível também encher growler e levar garrafas pets de um litro enchidas direto da torneira, que duram duas semanas na geladeira. Para acompanhar as icônicas cervejas, como Maracujipa ou Hi5, terão deliciosas empanadas de carne com shitake e de queijo, além de calzone napolitano e tábua de queijos elaborada pelo Queijo com Prosa.


Ao longo deste mês de lançamentos, diversas cervejas colaborativas da marca também passarão pelas torneiras da Estação. Aparecerão tanto as mais novas lançadas no Repense Cerveja 2017, no último fim de semana, como outra já clássicas como Saison à Trois, Galaxy Detox e Pink Lemonade. Elas, claro, dividem as torneiras com a cervejas de linha da 2cabeças, como Antes de Almoço, Fênix e Funk IPA.

"Esta agora é a casa da 2cabeças. Sempre quisemos ter um espaço para receber as pessoas, realizar cursos, poder falar mais sobre nossas criações. É mais um novo passo que damos para o crescimento da marca no mercado carioca", afirmou Bernardo Couto, sócio da marca.

Serviço:
Estação 2cabeças
Rua General Polidoro 168, Botafogo - Rio de Janeiro
Inauguração dia 6 de Setembro, a partir das 18h.

05 setembro, 2017

Dádiva e 2Cabeças lançam nova Berliner Weisse


Mais uma vez a cervejaria paulista Dádiva e a carioca 2Cabeças estiveram reunidas para provocar os sabores da diferença, da ousadia e da acidez marcante de uma Berliner Weisse.
Depois do sucesso da Pink Limonade, lançada como rótulo colaborativo na edição Repense Cerveja de 2016, agora foi a vez de ter as frutas amarelas como inspiração. Muito pêssego, abacaxi e manga para compor a nova Yellow Tart, que foi lançada no último dia 2/9, na Casa de Espanha, no Rio de Janeiro, local onde ocorreu a terceira edição do evento.

A receita leva ainda trigo, malte, aveia e quinoa, além, é claro, de lúpulos aromáticos para temperar essa cerveja clara, com 4,4% de teor alcoólico.
A Yellow Tart já está disponível, em chope e lata, em pontos de vendas especializados, bares e restaurantes do Rio de Janeiro e São Paulo, com preço sugerido de R$ 29,00 para a lata de 473 ml.

Participaram ainda da edição 2017 do Repense Cerveja as cervejarias 3Cariocas, Canediguerra, Urbana, Nacional, Experimentoo Beers, Koala San Brew, Lagos, RockBird Craft Brewery e Three Monkeys Beer. Organizado pela cervejaria 2Cabeças, o Repense Cerveja chegou à sua terceira edição mantendo o sistema de torneiras liberadas ao público, reunindo mais de 25 rótulos, a maioria deles inéditos.

"Petroleum é nosso" ganha exibição no Hop'n Roll


Em uma sessão regada com muito chope, o projeto CineHop, realizado pelo Hop'n Roll, recebe hoje (5/9) o filme “Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil”. A sessão tem início às 20h30 e será seguida de um bate-papo com os cervejeiros da DUM Cervejaria.

O CineHop surgiu da ideia do Hop'n Roll de unir sessões de filmes clássicos com as opções de cervejas e comidas do bar.
"Levar cultura ao nosso público, mas logicamente acompanhado de boas cervejas", explica Michel Galvão, sócio da casa.
"Com a boa aceitação do público, resolvemos dar continuidade as exibições. E agora vamos receber o filme da Petroleum", complementa.

O filme será exibido no telão e nas 3 televisões que tem dentro do bar. Além disso, haverá 5 torneiras da casa ocupadas por cervejas da DUM. Os rótulos selecionados são: Jan Kubiš, Petroleum Canela, Grand Cru, e as recém lançadas 3 e Meio Polak e Powstanie Warszawskie.

No longa a trajetória da Petroleum, uma cerveja cultuada no meio artesanal, criada por cervejeiros caseiros de Curitiba para a sua autossuficiência. Ganhou diversos prêmios, fama internacional e passou a ser produzida por duas cervejarias diferentes. Como pano de fundo, o documentário mostra um retrato da comunidade de cervejeiros brasileiros, do renascimento do mercado de cervejas no Brasil e do assédio das grandes empresas às cervejarias artesanais.

A produção do filme foi viabilizada graças a 555 apoiadores, de 17 estados do país, através de um "crowdfunding" realizado no site Cartase. Esses apoiadores começam a receber uma cópia do filme em DVD a partir desta semana.

Serviço
Exibição de “Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil”
DATA: terça-feira, 5 de setembro
HORÁRIO: a casa abre a partir das 17h30. O filme será exibido a partir das 20h30.
DURAÇÃO: 85min
ENTRADA: franca
CAPACIDADE: 180 pessoas

LOCAL: Hop'n Roll Brewpub
ENDEREÇO: Rua Mateus Leme, 950 - Centro Cívico, Curitiba - PR

Conhece a cervejaria Croma?


Os cunhados Rodrigo Nogueira, morador de São Paulo e Hector Aquilera, venezuelano, se conheceram quando o paulista já fazia cerveja em casa e após um longo período de planejamento, entre testes de laboratório, estudos e viagens, decidiram que dariam juntos os primeiros passos para o lançamento comercial da Croma Beer Co.

Com alma cigana e com produção em fábricas do interior de São Paulo e Minas Gerais, a Croma nasceu com o objetivo de oferecer cervejas vivas e não pasteurizadas.
"Queremos que nossos clientes tenham a melhor experiência possível ao beber uma Croma, por isso investimos em uma cadeia de distribuição 100% refrigerada e não economizamos nos ingredientes", comenta Rodrigo.


Atualmente as produções variam entre pequenos lotes experimentais produzidos somente em chope e latas de 473ml em produções de até 2.000 Litros.
Depois do seu primeiro rótulo, a Croma Hop Quintet (IPA), será lançado essa semana a Croma Sunshine (foto abaixo), uma New England IPA que leva uma carga imensa dos lúpulos Citra, Amarillo e Mosaic. Os lúpulos passam por um duplo dry hopping, o que garante um aroma potente de manga, maracujá e frutas amarelas. A cerveja é formada por uma base de maltes claros e sem caramelo que mascara com muita suavidade os 7% de teor alcoólico e torna o conjunto muito refrescante.


Serviço
Lançamento da Croma Sunshine
Data: 5 de setembro - 18h
Local: EAP
Endereco: Rua Vupabussu, 305 - Pinheiros

04 setembro, 2017

Goose Island Brewhouse São Paulo engata quatro novidades sazonais


O Goose Island Brewhouse São Paulo acaba de engatar quatro novidades sazonais, conheça abaixo cada uma delas:


Goose Island Brooklin Sul
Estilo: Vienna Lager
ABV: 6,2%
IBU: 23
Uma criação para homenagear o bairro do Brooklin em São Paulo, citado nas músicas do cantor Sabotage. O estilo é uma Vienna Lager, com agradável dulçor dos maltes Viena e Munich e também um ótimo aroma dos lúpulos adicionados no dry-hopping. Muito fácil de beber, apresenta coloração âmbar claro com um amargor delicado.

Goose Island Dublin Stout
Estilo: Irish Dry Stout
ABV: 5,2%
IBU: 16
Nesta receita tradicional de Clybourn, brewpub da Goose em Chicago, foi reproduzido um estilo emblemático na Irlanda, a Irish Dry Stout. Uma cerveja muito escura, com boa quantidade de malte torrado em sua receita. Apresenta um corpo muito seco e uma boa percepção dos cereais torrados. Leve e fácil de beber.

Goose Island Gentleman Dark Mild

Estilo: Dark Mild
ABV: 3,9%
IBU: 9
Uma clássica cerveja do brewpub original da Goose em Chicago. Escura e fácil de beber. Típica dos pubs ingleses e servida em pints cheios. Leva uma grande quantidade de aveia, por isso a turvação, e por não ser filtrada também carrega um frescor do sabor de malte, cereais e um belo aroma frutado da fermentação.

Goose island Hopfen Und Malz

Estilo: Hop Weizen
ABV: 5,4%
IBU: 26
Uma cerveja colaborativa com a Cervejaria Bohemia. Foi produzida uma cerveja com 37% de trigo na receita, já considerado pelos alemães como Weizen, mas não no Brasil, onde o trigo deve representar, ao menos, 55%. Adicionaram lúpulos no dry-hopping como Citra e Centennial. Apresenta um aroma potente de cravo, proveniente da fermentação e bastante aroma e sabor dos lúpulos. Coloração alaranjada e bem turva.



Serviço:
Goose Island Brewhouse
Rua Baltazar Carrasco, 187 - Pinheiros
São Paulo 

31 agosto, 2017

Repense Cerveja ganha sua terceira edição com 10 novos rótulos colaborativos.


Organizado pela cervejaria carioca 2cabeças, o Repense Cerveja chega à sua terceira edição com novo local. A Casa de Espanha, no Humaitá, será a sede do evento no dia 2 de setembro, mantendo o sistema de torneiras liberadas ao público. Neste dia, serão lançados 10 rótulos de cervejas inéditas e colaborativas com grandes nomes do cenário nacional e internacional, como a italiana Canediguerra.

Receitas inusitadas, com ingredientes pouco usuais no universo da cerveja, que desafiam o senso comum são a marca deste evento, criado em 2015 por Bernardo Couto e Maíra Kimura, cervejeiros da 2cabeças (foto abaixo).


Serão mais de 25 opções disponíveis ao longo dia, incluindo as cervejas de linha dos anfitriões e das cervejarias convidadas. O ingresso dá direito, além do open bar, ao copo do evento.

No local haverá diversas opções de gastronomia, cobradas a parte, como Soul do Sul e Panelada.

Cervejas Colaborativas
*2cabeças + Urbana - Imperial Pilsen com teor alcoólico superior a 8% e dry hopping de três lúpulos alemães;
*2cabeças + Dádiva – Berliner Weisse com frutas amarelas (pêssego, manga e abacaxi), muito lúpulo cítrico para aroma e fermento inglês;
*2cabeças + Canediguerra - NE IPA com muito lúpulo Belma, com adição de goiaba e baunilha, além de dry hopping;
*2cabeças + Cervejaria Nacional – Limonada Suíça. Uma Double Wit com muita casca de limão e um toque final de lactose;
*2cabeças + Koala San Brew – Hefeweizen com coco;
*2cabeças + Experimentoo Beers – Palo Santo, uma homenagem ao Belchior. É uma English Strong Ale com Araticum e Palo Santo;
*2cabeças + 3Cariocas – Imperial IPA com tangerina e melancia;
*2cabeças + ThreeMonkeys – Caramelo Salgado Sour;
*2cabeças + Rockbird – Whisky Sour Ale com casca de limão e chips de carvalho;
*2cabeças + Lagos Cervejaria – Via Lactos. Uma Berliner Weisse com tamarindo. É a primeira cerveja com marca própria da Lagos, que surgiu para atender apenas os ciganos.


Serviço
Repense Cerveja 2017
Dia: 02/09/2017
Horário: 14h às 20h
Local: Casa de Espanha
Endereço: R. Maria Eugênia, 300 - Humaitá, Rio de Janeiro

Ingressos
www.sympla.com.br/repensecerveja2017

Valor
Lote 1: R$ 155,00
Lote 2: R$ 175,00
Lote 3: R$ 195,00
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...