04 março, 2015

Primeira edição do “Open Beer” reúne cervejarias artesanais na Rua Augusta


No próximo dia 08 de março (14h), acontece o Open Beer SP, evento que promove a degustação de mais de 14 tipos de cervejas artesanais paulistas, venda de petiscos e música. O evento acontece no Beco 203, na Rua Augusta, 609, em São Paulo.

Entre as cervejarias participantes dessa primeira edição, focada nas cervejas de São Paulo, estão confirmadas a Mea Culpa, de Cotia, que apresenta em primeira mão seus produtos: uma American Pale Ale, uma Witbier com camomila e uma Blond Ale com dry hopping; a paulista de Sorocaba Burgman, que leva suas India Pale Ale, American Brown Ale e American Lager com Dry Hopping; a Schornstein, de Holambra, com IPA, Bock, Pilsen e Weizen, e a Dama Bier, que servirá IPA, ESB e American Lager. Participam também a Invicta, de Ribeirão Preto, e a Rock’n Beer da banda Velhas Virgens.

Para aqueles que buscarem conhecer mais sobre o processo de produção, a degustação de malte, lúpulo e mosto não fermentado acontecerá no espaço da Sinnatrah Cervejaria-Escola, apoiadora do evento. A instituição também sorteará um curso de produção ou degustação de cervejas entre os participantes que votarem no melhor chope.

A harmonização fica por conta da Taqueria Chicano, que venderá petiscos com inspiração mexicana e um toque de cerveja, como as quesadillas de porco ou carne e nachos com Guaca IPA (guacamole com cerveja IPA), sour cream ou salsa. Os preços variam entre R$ 20,00 e R$ 10,00.

Com ingressos limitados vendidos aqui e na sede da Sinnatrah, cada participante receberá uma caneca na entrada do evento para consumir à vontade os chopes disponíveis em cinco bares. O ingresso dá direito também à água mineral.

Cervejaria Abadessa lança série lupulada!


A cervejaria Abadessa, de Porto Alegre (RS), lança a série Abadessa Hopfen Series, seguindo a nova tendência alemã de fazer cervejas mais amargas. São três rótulos que serão apresentados no Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora em março, na cidade de Blumenau (SC).

Abadessa/Seasons German IPA - 6,7% ABV | 56 IBU (Unidade de Amargor)
Desenvolvida em parceria com a a cervejaria gaúcha Seasons, com os lúpulos Mandarina Bavária e Hull Melon no dry hopping.


Abadessa Sticke Alt - 6,5% ABV | 65 IBU (Unidade de Amargor)
Desenvolvida pelo mestre cervejeiro alemão e sommelier campeão mundial, Oliver Wesseloh, essa Altbier usa o lúpulo Spaltene Mittelfruh.

Abadessa Hopfenweizen - 6,2% ABV | 44 IBU (Unidade de Amargor)
Novidade na Feira Drinktec 2011 em Munique e que agora foi aprimorada com lúpulos alemães. Teve dry hopping com o lúpulo Mandarina Bavária.

O Festival Brasileiro da Cerveja acontece nos dias 11, 12, 13 e 14 de março, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC).

03 março, 2015

Perro Libre lança cerveja contra o machismo


A Perro Libre, cervejaria cigana de Porto Alegre acaba de lançar a 803, uma alusão ao dia internacional da mulher (08 de março). Fiquem tranquilos que não é uma cerveja feita para mulheres e sim para questionar o preconceito e a ideia de se criar uma cerveja para determinado sexo.

Buscamos criar a 803 para levantar a discussão de que continuar a classificar cerveja fraca para mulheres não faz o menor sentido. Desenvolvemos o vídeo justamente para sentir a opinião das pessoas e a reação delas ao se darem conta do quão ofensivo é fazermos essa separação”, comenta Thiago Galbeno, sócio da cervejaria.

O estilo escolhido foi uma Black Rye IPA e o projeto da garrafa abandona os padrões tradicionais. Por ser uma cerveja contra os rótulos, ela será literalmente sem rótulo. foi desenvolvida uma embalagem com impressão em serigrafia que traz o conceito da 803.

O lançamento oficial acontece no dia 8 de março (17h), no Bier Markt Vom Fass, em Porto Alegre (RS).


Veja o vídeo promocional da Perro Libre 803:

Sim, nós temos lúpulo brasileiro!


Temos que mudar nossos conceitos e o que aprendemos nos cursos de cerveja. Falar que no Brasil não existe lúpulo já é um pensamento atrasado. Sim, nós temos lúpulo no Brasil!

Lembra da história da Baden Baden 15 anos, com lúpulos brasileiros? Então, o All Beers foi no começo do ano até a cidade de São Bento do Sapucaí, perto de Campos de Jordão para conferir de perto essa variedade brasileira e como anda a produção de 2015.




O responsável pela primeira variedade de lúpulo no Brasil se chama Rodrigo Veraldi, no vídeo abaixo ele explica de forma cronológica como tudo aconteceu, projeto que já dura 9 anos e que teve sua primeira colheita em 2014.
A Brasil Kirin acreditou no projeto e se tornou parceira, lançando no ano passado a Baden Baden 15 anos, a primeira cerveja nacional com lúpulo brasileiro.




Rodrigo Veraldi

Segundo Rodrigo, a nossa primeira variedade apresenta uma característica mais aromática e os estudos continuam para o seu aperfeiçoamento, com ajuda de protocolos do Japão, via Brasil Kirin. Em 2015 teremos a segunda safra e fotos recentes mostram que o lúpulo brasileiro, ainda sem nome, está ganhando força e personalidade.



Fevereiro | 2015 - Foto por Rodrigo Veraldi


Fevereiro | 2015 - Foto por Rodrigo Veraldi

Veja a entrevista feita com Rodrigo Veraldi em sua propriedade:


Lúpulo Brasileiro from All Beers on Vimeo.

Nova cerveja trapista holandesa chega no Brasil


Foi o tempo em que conseguíamos contar as cervejas trapistas nos dedos, a nova cerveja se chama Zundert Trappist, é produzida no Monastério Maria Toevlucht, na Holanda.

Na visita realizada pela Associação Internacional Trappist (ITA) no dia 10 de dezembro de 2013, foi concedido o logo de "Authentic Trappist Product" para todos os produtos do monastério, que inclusive já aparece oficialmente no site da entidade.

A Zundert Trappist é uma tripel clássica, com 8% de teor alcoólico e com um tempero na receita que os monges não divulgaram.


A nova cerveja trapista chega no Brasil via importadora Buena Beer. Em São Paulo ela já pode ser encontrada no Delirium Café São Paulo e no Empório Alto dos Pinheiros.

Atualmente temos 11 cervejas trapistas em cinco países no mundo:
Bélgica: Achel, Chimay, Orval, Rochefort, Westvleteren e Westmalle
França: Mont des Cats
Áustria: Stift Engelszell
Holanda: La Trappe e Zundert
Estados Unidos: Spencer

Veja como foi o lançamento oficial da nova cerveja trapista:


02 março, 2015

Cervejaria Bier Hoff: Novidades no Festival Brasileiro da Cerveja 2015


Continuando com a série de novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora chegou a vez da cervejaria Bier Hoff, de Curitiba (PR).

- Bier Hoff Cocada Preta, uma porter com 5,9% de teor alcoólico e com adição de coco queimado e cacau.
- Bier Hoff Apache, uma American Pale Ale com 5.2% de teor alcoólico e sete variedades de lúpulo.
- Bier Hoff American Wheat não filtrada, com 4,7% de teor alcoólico e seis variedades de lúpulo.




Todos os chopes em edição limitada no festival, apenas 300L de cada.

O Festival Brasileiro da Cerveja acontece nos dias 11, 12, 13 e 14 de março, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC).

Cervejaria Wäls: Novidades no Festival Brasileiro da Cerveja 2015


Continuando com a série de novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora chegou a vez da cervejaria Wäls, de Belo Horizonte (MG).

Segundo José Felipe, proprietário da cervejaria, as novidadeas estarão todas engatadas (chope), veja a lista:

- Wäls Session Hiratake, uma Session IPA com cogumelos Hiratake Salmão e lúpulos Jarrylo e Ella.

- Wäls Saison d'Alliance com leveduras da cerveja Leffe, salvia, gengibre, hortelã e lúpulos amarillo e cascade.

- Wäls Trippel fermentada com manga e acerola do jardim da cervejaria.

- Wäls Petroleum maturada por 6 meses em barrica de carvalho francês de cachaça Salinas e com cacau da República Dominicana.

- Wäls Quadruppel maturada por 6 meses em carvalho Francês de cachaça Salinas.

Além das tradicionais Session Citra, Dubbel, Trippel, Quadruppel , Petroleum, Niobium, 42 , Pilsen, Witte, Brut, Verano Pale Ale e Hot Petroleum.

O Festival Brasileiro da Cerveja acontece nos dias 11, 12, 13 e 14 de março, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC).

Amazon Beer, Bodebrown e De Bora Bier lançam cerveja colaborativa



Cerveja colaborativa entre Amazon Beer, Bodebrown e De Bora Bier será lançada em Blumenau, no Festival Brasileiro da Cerveja 2015. A Cupulate Porter tem 5,9% de teor alcoólico e recebe adição de Cupulate da Amazônia.

Cupulate Porter é uma cerveja escura com adição do Cupulate da Amazônia, chocolate feito com a semente do Cupuaçu (Theobroma grandiflorum) ao invés do tradicional Cacau (Theobroma cacao). O Cupulate possui registro no Brasil pela Embrapa de 1990, e possui muitas semelhanças com o chocolate, como textura, gosto e calorias, exceto pelo aroma, que pode ser um pouco mais adocicado e intenso do que o chocolate tradicional.

Cada cervejaria deu seu toque especial na criação da Cupulate Porter”, comenta Paulo Cavalcanti, cervejeiro da Bodebrown e um dos idealizadores do projeto.
A experiência da Amazon Beer com ingredientes típicos da Amazônia foi combinada ao expertise da De Bora com cervejas Porter e o toque de inovação da Bodebrown, resultando neste bebida única”.


A previsão de chegada nos pontos de venda é para o final de março.

27 fevereiro, 2015

Cervejaria Way Beer: Novidades no Festival Brasileiro da Cerveja 2015


Continuando com a série de novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora chegou a vez da cervejaria Way Beer, de Curitiba (PR).

Entre algumas novidades, três foram adiantadas para o All Beers:
- Way Cider IPA que leva 45% de maçã e 55% malte em sua receita, 60 IBU (Unidade de Amargor) e 6,7% de teor alcoólico.
- Way Saque IPA: Leva na receita 45% de arroz, levedura de saque, single Hop do lúpulo Sorachi Ace, 60 IBU (Unidade de Amargor) e 6,5% de teor alcoólico.
- Way Wood Blended Beer, se resume em um blend de cervejas que estão maturando no barril. Com as proporções adequadas, uma nova cerveja é criada. O blend para Blumenau será surpresa.

Hitachino Nest Dai-Dai chega no Brasil


Chega na próxima semana mais um rótulo da cervejaria japonesa, Hitachino Nest, a Dai-Dai, uma Orange IPA com 6,2% de teor alcoólico. Ela é feita com um tipo de laranja chamada Mandarin, encontrada nas montanhas que ficam ao lago da cervejaria. Essa laranja também é conhecida como Fukure Mikan, que significa "laranja da fortuna e felicidade"

A cerveja chega no início da próxima semana nos pontos de venda em todo Brasil, via importadora Lorch.
Além da Dai-Dai, chegam os outros estilos que já eram encontrados no Brasil, menos a Hitachino Nest Nipponia.

Cervejaria Weird Barrel: Novidades no Festival Brasileiro da Cerveja 2015


Continuando com a série de novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora chegou a vez da cervejaria Weird Barrel, de Ribeirão Preto (SP).

Pela primeira vez no evento, os piratas chegam com uma novidade, a Weird Barrel Bad Luck, uma fruit beer com frutas vermelhas.


Os piratas acreditavam que ter uma mulher abordo do navio trazia má sorte, resolveram então colocar isso a prova e fazer uma cerveja especial para as Piratas da Weird Barrel, assim nasce o terceiro rótulo da cervejaria e que será servido pela primeira vez em Blumenau (SC).

26 fevereiro, 2015

Degustação: Brewdog Pumpkin Head (Escócia)


Novidade chegando no Brasil e degustada pelo All Beers no Brewdog Bar São Paulo, a Pumpkin Head.
Uma pumpkin ale com 5,1% de teor alcoólico e que leva cravo, gengibre, canela e pimenta da jamaica na receita.

No visual, abóbora, turva, com creme claro de boa formação e duração.
No aroma, cravo e abóbora bem destacados. No paladar, corpo leve, o adocicado da abóbora fica bem evidente e uma certa ardência no final do gole, talvez da pimenta ou canela. O aftertaste é adocicado.
Para os que gostam do estilo, uma boa pedida! Boa pumpkin!

Fernanda Meybom: Coluna 09 – 2ª Edição do Concurso de Rótulos Randy Mosher


Durante o Festival Brasileiro da Cerveja de 2014 aconteceu a primeira edição do Concurso Randy Mosher de Design de Rótulos. O prêmio, idealizado pela Cervejaria Colorado, visa valorizar as criações nacionais de rótulos de cerveja que têm uma proximidade cada vez maior com artistas e desenhistas de todo o mundo.
Em 2015, acontecerá a segunda edição do concurso e as inscrições estão abertas no site da Cervejaria Colorado.

Conversei com Randy Mosher sobre o lançamento de seus novos livros (lembra que já falei um pouco sobre eles aqui) e aproveitei para perguntar sobre o concurso de rótulos.

Pra quem não sabe, Randy tem formação profissional na área de Design Gráfico, a qual atua até hoje fazendo o design de rótulos de cervejas, como por exemplo, alguns da Cervejaria Colorado e também, elaborando a parte gráfica de seus livros.

Questionei sobre como ele se sente a respeito do concurso de rótulos de cerveja que leva o seu nome e a resposta, em tradução livre foi:
"É claro que eu me sinto extremamente honrado por isso. Tem sido um enorme prazer vir ao Brasil e conhecer pessoas fabulosas por aqui. Eu amo a energia e este espírito de comunidade dos brasileiros e sou extremamente grato pela maravilhosa hospitalidade que todos têm demonstrado". 


Mais sobre a entrevista que fiz com o Randy Mosher e seus novos livros nos próximos posts, aguardem!

Lembrando que Randy Mosher estará no mês de março em Blumenau para ser jurado do concurso de rótulos que leva seu nome e também do
Concurso Brasileiro de Cervejas.

Cheers!

Veja as outras colunas de Fernanda Meybom.

Novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015: Cervejaria Seasons


Continuando com a série de novidades do Festival Brasileiro da Cerveja 2015, agora chegou a vez da cervejaria Seasons, de Porto Alegre.

Conversamos com Leonardo Sewald, proprietário da Seasons que nos adiantou algumas novidades.

Uma prévia da Seasons Dubbel Dragon será apresentada em primeira mão no festival, uma dubbel que será oficialmente lançada no inverno deste ano.
A Seasons BasiliCow é outra novidade para Blumenau,  uma receita de witbier com muito manjericão.

Além da cerveja, o artista responsável por todas as vacas (mascote da Seasons), fará um live painting no estande durante o festival.

O Festival Brasileiro da Cerveja acontece nos dias 11, 12, 13 e 14 de março, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC).

25 fevereiro, 2015

Dama Bier Fest 2015


Já sabe o que vai fazer no próximo sábado (28/02)?
Que tal uma viagem até Piracicaba, interior paulista e curtir o Dama Bier Fest 2015?

Gastronomia, música ao vivo e claro, cerveja! Além dos 7 estilos de cerveja da Dama Bier, algumas cervejarias também foram convidadas para festa, como Invicta, Wals, Way, Weird Barrel, Seasons e Tupiniquim.

A Dama Bier vai apresentar duas novidades no sábado, a A Dama Y'iara, uma colaborativa com a Cervejaria Nacional e a Dama Reserva, uma cerveja produzida em comemoração dos 5 anos da Dama Bier.

Confirme sua presença na página do evento.
Compre seu ingresso aqui.

Serviço:
Dama Bier Fest 2015

Local: Avenida Rio das Pedras 104 - Piracicaba
Data: 28 de fevereiro de 2015 (sábado)
Horário: 11h - 20h
Piracicaba, SP

Degustação: Wensky Malina


Degustação do rótulo Wensky Malina, cervejaria de Araucária (PR).
Uma fruit beer com base de wit, com 4,2% de teor alcoólico. Como curiosidade, Malina significa framboesa em polonês.

Avermelhada no visual, turva, creme rosa de boa formação e duração. Boa carbonatação.
No aroma, a framboesa toma conta! No paladar, corpo leve, refrescante e fácil de beber. Assim como no aroma, a framboesa é o destaque e deixa um aftertaste adocicado. Uma leve acidez é perceptível.
Boa cerveja da Wensky!

10º Beer Weekend do Brewdog Bar São Paulo, preparado?


O Beer Weekend chega em sua décima edição no Brewdog Bar São Paulo e já caiu no gosto dos paulistanos.
Além de novas cervejas artesanais, música e comida na varanda da casa, a edição dos dias 28/02 e 01/03, terá a participação de Ciro e Ricardo Bicudo, da FOLK ink Label, que participam pintando uma das paredes do bar e também vendendo zines, camisetas estampadas exclusivas, abridores de garrafas pintados à mão e sacolas de sarja numeradas.

Serão lançados dois novos chopes, que acabam de chegar ao Brasil: o BrewDog India Pale Weizen, parceria com a cervejaria Alemã Weihenstephan, e a BrewDog PumpkinHead, feito com abóbora, pimenta da jamaica, anis estrelado, canela, noz-moscada, gengibre e cravo.

Nas torneiras de chope, as opções são: Colorado Cauim, Coruja Extra Viva, Invicta Saison à Trois, Weird Barrel Naughty Grog Black IPA BA Rum, Coruja Coice, BrewDogs This.Is.Lager, Brixton Porter, Dead Pony Pale Ale, Evil Twin Freudian Slip, Evil Twin Ryan and The Beaster Bunny, entre outras.

Somente no sábado Checho Gonzales, da Comedoria Gonzales, serve seus Chicharrones, costelinhas de porco com rodelas de milho verde e salsa picante de tomate, e seu Cebiche de peixe com manga em suco de gengibre com shoyu, enquanto o Chucrê Churros Gourmet oferece Churros Espanhóis com cobertura de Nutella ou Doce de Leite (05 unidades).

Participa dos dois dias de evento o Tigre Cego, bar da Vila Madalena que preparará um sanduíche artesanal de Briket de boi, assado por 10h e servido desfiado com cebolas caramelizadas no vinho tinto e provolone defumado, e o Bunny Chow (R$15), sanduíche vegetariano tradicional da África do Sul feito de curry de feijão, batata, ervilha torta e molho de tomate. Outra atração, o Vinil Burger estará presente com sua grelha giratória servindo o clássico hambúrguer de 130g com cebola caramelizada, cebola desidratada, bacon e picles, acrescidos de cheddar ou mussarela.

O bar também oferece dois novos pratos de seu cardápio, ideais para petiscar: Chilli com chips de Mandioquinha, Cará e Batata Doce e a porção de Guacamole, Sour Cream e Salsa com chips. Além deles, completam a oferta de sobremesas os picolés de frutas brasileiras da Frutos do Brasil.

No som, o grupo Qualcasa Jazz toca até as 19h em ambos os dias. A entrada é gratuita.


All Beers no 5º Beer Weekend do Brewdog Bar São Paulo from All Beers on Vimeo.

Serviço:
BrewDog Bar e Bottle Shop
Endereço: Rua dos Coropés, 41, Pinheiros
Telefone: 11 3032-4007
Confirme sua presença no evento.

24 fevereiro, 2015

Bodebrown lança Tripel Montfort envelhecida em barrica de Carvalho


Um dos grandes sucessos da Bodebrown, a cerveja Belgium Tripel Montfort ganha uma edição limitada, envelhecida por 12 meses em barricas de carvalho norte-americano, anteriormente utilizadas em vinhos Merlot, dentro da série “Wood Aged Series”.
Ela já pode ser adquirida no site da cervejaria a partir desta quarta-feira (25/2).

Foram produzidas apenas 3 mil garrafas, todas safradas, numeradas e com a assinatura dos irmãos Paulo e Samuel Cavalcanti, fundadores da cervejaria curitibana. Com grande potencial de guarda, de até 10 anos, ela tem indicação de ser consumida a partir de 2019.

Esta é a terceira criação da cervejaria dentro da “Wood Aged Series”. Antes da Tripel Montfort, a Double Perigosa e a Wee Heavy ganharam versão especial passando por diferentes tipos de madeira, barril de vinho cabernet sauvignon em carvalho e o da cachaça Weberhaus em amburana.

Com 10 graus de álcool, a Tripel é uma cerveja balanceada, que leva cascas de laranja e possui baixo amargor. Ao passar pelas barricas de carvalho, usadas em vinhos da Serra Gaúcha, ganha corpo e estrutura, ideais para a guarda.

All Beers no Heineken Up the Roof 2015 - Garden Edition


Chegamos na última semana do Heineken Up the Roof 2015 - Garden Edition, se você ainda não foi, entre no facebook e garanta sua presença.

O All Beers esteve no último sábado para acompanhar a movimentação no topo do Edifício Martinelli, com discotecagem internacional de Daniel Hunt (Ladytron).

Veja algumas fotos e o vídeo no final do post.






Veja o vídeo do All Beers no Heineken Up the Roof 2015:


Heineken Up The Roof - Garden Edition 2015 from All Beers on Vimeo.

23 fevereiro, 2015

Degustação: Brewdog India Pale Weizen (Escócia)


Degustação da cerveja colaborativa entre Brewdog (Escócia) e Weihenstephan (Alemanha), India Pale Weizen. A cerveja foi degustada no Brewdog Bar São Paulo e chegou essa semana no Brasil via importadora Tarantino/Interfood.

Com 6,2% de teor alcoólico e 65 IBUs (Unidade de Amargor), as duas cervejarias juntaram seus estilos clássicos para produzir uma cerveja única, basicamente uma weizen lupulada.
No visual, amarela, turva, creme claro de boa formação e média duração.
No aroma, o estilo alemão tomou conta, banana e algo herbal ficaram mais destacados. No paladar, corpo leve, amargor presente que permaneceu no aftertaste. Refrescante e muito bem feita.
Resumindo, lembra uma cerveja de trigo no aroma e uma IPA no paladar. Boa!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...